2008/6/17 Marcelo Akira <[EMAIL PROTECTED]>:

> Isso é bom, como disseram, temos que inverter o significado ruim de
> hacker mal-interpretado pela mídia.
>

Penso que reverter o significado ruim do nome seria algo facilmente
alcançado pelos hackers caso fosse relevante.

Ao que parece, o bom e velho hacker não se importa em ser mal compreendido.
Hackers já se reuniram para vários feitos, mas nunca ouvi falar de nenhuma
movimentação hacker para "limpar o nome que a mídia sujou".

"Especificamente, a cultura hacker é o que os antropologistas chamam
> de cultura de doação. Você ganha status e reputação não por dominar
> outras pessoas, nem por ser bonito, nem por ter coisas que as pessoas
> querem, mas sim por doar coisas. Especificamente, por doar seu tempo,
> sua criatividade, e os resultados de sua habilidade."
>

E fora que o hacker só é hacker no aperreio. Se você der recursos a um
hacker ele vira um engenheiro, ou um "não-fez-mais-que-a-obrigação", como
você mesmo falou. Se um cara é hacker de psp e a sony contrata ele, ele
automaticamente deixa de ser hacker de psp, vira um insider.

Por esse motivo, não acho que alguém publicar as próprias músicas seja coisa
de hacker, apesar de ter seus méritos. Reimplementar um sistema UNIX
completo para poder ter acesso ao código fonte de um sistema UNIX, isso sim
é hardcore. Chamá-lo de "Isso não é o UNIX" dá o tom de "não se leve tão a
sério" indispensável na cultura hacker.

Acho que chamar qualquer trabalho de trabalho de hacker, sem a devida
fundamentação, diminiu o Software Livre. O Sofware Livre, como toda obra
hacker, tem uma beleza e profundidade que faz balançar o coração de hackers
poderosos, que são atraídos por nada mais que a oportunidade de dar aquela
hackeada e viver feliz.

Quem defende o SL deve defender os rigores do selo "feito por hackers". Esse
selo faz toda a diferença, é sagrado. Por mais que pareça que qualquer um
vai e fuça, e que o SL é feito por qualquer um, são hackers que continuam
mandando na parada, decidindo o que entra e o que sai. Senão vira uma
porcaria.

Imagine a repercussão negativa:

A: O SL é feito por hackers!
B: O Gilberto Gil?
A: Deve ser... o cara é o porta-voz deles, deve mandar em alguma coisa.
B: Mas o cara só sabe navegar na internet e jogar guitar hero. Isso não deve
prestar...
A: E você pensou que eu estava falando bem quando disse que era feito por
hackers? Isso aí é feito por qualquer um, um c* de gato... larga isso aí,
está perdendo o teu tempo.


-- 
Glauber Machado Rodrigues
PSL-MA

jabber: [EMAIL PROTECTED]

Opções desconhecidas do gcc:
gcc --bend-finger=padre_quevedo
O que faz:
dobra o dedo do Padre Quevedo durante a execução do código compilado.

Não uso termos em latim, mas poderia:
http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Latin_phrases_(full)

A ignorância é um mecanismo que capacita um tomate a saber de tudo.


"Que os fontes estejam com você..."
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a