Alguns esclarecimentos para quem não conhece o caso espanhol:

- O modelo é injusto pq, criminaliza antecipadamente todo comprador de
dispositivos de armazenamentos digitais como "pirata" e cobra o "canon"
independente deste utilizar o dispositivo para armazenar teses de
mestrado, fotos dos filhos, ou qq coisa.
 A grana vai toda para a SGAE (Sociedade Geral dos Autores Espanhois
-o ECAD deles)!!!

- o modelo do Canon espanhol é injusto também, pq a arrecadação é feita
pela SGAE. A SGAE é muito mais poderosa do que o pobre e ECAD...tem um
poder de lobye capaz de indicar e influenciar governos...tem sedes
faraônicas nas principais cidades espanholas e tem uma rede de
cobradores que cobra até em festinhas de  igrejas...e tem uma "gestapo"
que em qualquer conferência ou debate de software livre tem um cara
deles anotando tudo.

- o Canon não é um imposto legal estipulado por lei...ou um imposto que
vai pro governo. É um acordo da indústria repassado diretamente para a
SGAE. Quem paga é o consumidor!!! no caso do CD ou DVD virgem chega a
quase 50% do valor pago pelo consumidor.

- Hoje a principal renda da SGAE n é + a arrecadação dos direitos
autorais, mas o que arracada do Canon (receita da SGAE com o Canon
aumentou de de 31 para 114 milhões de euros entre 2002 e 2004 -um
crescimento de 267%).



_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a