2008/7/4 Fernanda G Weiden <[EMAIL PROTECTED]>:
>> Crimes virtuais são:
>> - quebra de chaves privadas
>
> Eu não acho que isso seja crime, a não ser que a informação que eu
> obtive por fazer isso seja usada para cometer um crime. Se eu me
> divirto na minha casa quebrando chaves privadas por quebrar chaves
> privadas, o problema é meu e só meu. Se eu uso isso para roubar outras
> pessoas, aí sim isso é um crime, de roubo.

Ok, então "Uso de chave privada de outrém" que acaba entrando no crime
de falsidade ideológico. Seria basicamente eu usar o seu CPF para
falar que me chamo Fernanda e depois sair tocando o terror. Talvez, a
quebra realmente não é crime (apesar de que o acesso à chave privada
sim seria, pois a idéia é justamente que ela É propriedade privada).

>
>> - acesso à áreas restritas
>
> Depende se a gente vai colocar domínios da internet como propriedade
> privada. Eu não acho que seja. Se o sistema permite que eu acesse ele,
> por vias formais ou informais, é funcionalidade do software. Se não
> quer se sujeitar a ela ou não use software, ou contrate bons
> engenheiros.

Se você acessa uma área restrita através de mecanismo que não é o de
autenticação definido, é crime. É como pular a cerca do vizinho, vc
não deveria estar lá, e mesmo que não tenha feito nada, não deveria
estar lá. Então, sites seriam sim propriedades privadas, assim como
são os domínios (o domínio é meu, legalmente e tudo mais, isso vc nem
precisa questionar a menos que seja o da marca da sua empresa como
cocacola.com.br). Veja que domínio e site são coisas distintas. Eu
posso ter meu site em um domínio de terceiros, por exemplo. Meu site
tem uma área pública, que é como o saguão de um prédio comercial
(praticamente qq pessoa pode entrar), mas entrar na área de
contabilidade da minha empresa, isso nem a pau, pelo menos não sem a
devida autorização (ou seja, seu login e senha).

Invasão deve ser considerado crime ao meu ver. A desculpa de "a pessoa
deixou a chave na porta" não é um convite para você entrar na minha
casa.

Façamos assim: vou entrar no seu site hoje à noite - se você tiver - e
alterar as páginas e tudo. Depois vc me diz o seu grau de felicidade.

>> - interrupção de prestação de serviço on-line sem autorização
>
> Acho que só neste eu concordo com vc ;)

Talvez porque eu não tinha me expressado completamente acima.

>> Gostaria realmente de saber qual é o "grande lance" que tanto falam
>> dos crimes virtuais, porque são crimes do mesmo jeito e são crimes
>> cometidos por pessoas.
>
> É a mesma coisa que distribuir camisetas de um time de futebol
> qualquer e dizer que o PSL Brasil vai disputar o próximo campeonato
> brasileiro. Não é nossa área, então deixe que os profissionais o
> façam, eu me contento por torcer. No caso desse estúpido projeto de
> lei, é a mesma coisa, colocar um bando de políticos (e não falo no
> sentido pejorativo) a discutir questões que eles não tem conhecimento,
> só vai dar merda.

Não é nossa área, mas na hora que fizerem a primeira prisão o que vai
acontecer? Não acha que já vai ser um pouco tarde demais para
discutir? Para dizer "ei, mas isso nem deveria ser crime".

Não é porque a legislação é feita por legisladores e aplicada pela
justiça que não nos cabe como população sujeita a ela questioná-la
ainda enquanto não surgida. São comportamentos de omissão sobre a
discussão como esse que permitem AI 5 da vida...

-- 
=================================
Pablo Santiago Sánchez
Análise e Desenvolvimento de Sistemas Web
Zend Certified Engineer #ZEND006757
[EMAIL PROTECTED]
(61) 9975-0883
http://www.tiblog.com.br
"Quidquid latine dictum sit, altum viditur"
=================================
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a