Ok, Michael,
Se posso escolher, irei entre 10- 12 hs, o tempo urge.
Até amanhã,
Merci.
Abs,
Ada

2008/7/6 Michael Freitas Mohallem <[EMAIL PROTECTED]>:

>  Oi Ada, fico por lá o dia todo, veja quando é melhor pra vc. As vezes
> saio para reuniões por ali, mas volto logo. Prefiro entre 10 -12 ou 14-19.
>
> Abs
>
> ------------------------------
> *De:* Ada Lemos [mailto:[EMAIL PROTECTED]
> *Enviada:* dom 6/7/2008 20:53
> *Para:* Michael Freitas Mohallem
> *Cc:* [EMAIL PROTECTED]; Felipe Augusto van de Wiel; Deivi Kuhn;
> Omar Kaminski; Projeto Software Livre BRASIL; [EMAIL PROTECTED]
>
> *Assunto:* Re: URGENTE: Re: [PSL-Brasil] [Fwd: Folha de SP: Baixar arquivo
> na Internet pode virar crime]
>
> Michael,
>
> Antes de mais nada, muitíssimo obrigada por nos responder ainda, hj, final
> de semana e de domingo.
>
> Vc me respondeu aqui em termos de processualística regimental o que estava
> tão fortemente angustiada pra saber e lho perguntara. A mágica milagrosa foi
> Azeredo aceitar apresentar as emendas como relator de plenário que é. Se ele
> vai cumprir com esta apresetação, é meio caminho andado e parabéns a quem
> convenceu Azeredo de fazê-lo. Se ele apresentar emendas como relator direto
> no relatório, terá concordado com o mérito.
>
> Bom, se é assim,menos mal, ou menos impossível, poderá até consguir-se
> aumento do grau de milagre, de repente. Neste caso, segunda, amanhã, irei ao
> seu encontro, assim que consiga fazer umas cosas urgentes pela manhã cedo. A
> que hs ficaria melhor pra vc???? Logo após o almoço estaria bom ou antes
> dele???? Acho qto antes melhor.
>
> Repito-lhe: Vc me respondeu o que lhe perguntei. As filigranas regimentais
> precisamos delas se se fizer necessário, com está, de repente....elas vão
> até para as calendas... embora seje bom termos tudo na ponta da língua.
>
> Concordo com vc q o Senado é muito conservador para algumas coisas, mas ele
> tb sabe ousar qdo é fundamenta, eles não cometem haraquiri,autofagial. Tem
> lá seus ritos q nem sempre são compeensíveis e compeendidos por muitos e, às
> vezes, eu q estou tão acostumada as indiosincrassias do Senado e senadores,
> perco a paciência, imagina quem não está !!!!!
>
> QQr coisa meu cel é 61 81514602.
>
> Temos de correr, e cá pra nós, tenho menos medo do Azeredo encrencar do que
> de Portugal, seu assessor.
> Obrigada por suas informções.Adoraria saborear milagres bem milagosos neste
> caso
>
> Aguardo o seu oferecimento de horario - amanhã - para nos encontrarmos,
> Boa noite!
> Abs,
> Ada
>
>
>
>
>
>
>
> 2008/7/6 Michael Freitas Mohallem <[EMAIL PROTECTED]>:
>
>>  Cara Ada,
>>
>> sugiro nos concentrarmos no debate de mérito, já que o tempo é curto.
>> Claro que podemos discutir artigos do regimento, mas é debate secundário. De
>> qualquer forma, numa breve explicação: o prazo para emendas era dia 03/07,
>> mas não apresentamos as emendas formalmente pois o Azeredo, relator de
>> Planário, concordou em acatá-las como emendas de relator, diretamente no
>> parecer a ser votado. De qualquer modo, por ser substitutivo, o projeto
>> deverá passar por votação em turno suplementar, e nesse momento poderemos
>> fazer as emendas ou DVS (destaque para votação em separado). Mas acredito
>> que tudo se construirá com acordo (a não ser que nãao seja possível compor,
>> como fizemos até aqui.
>>
>> A nossa versão ideal de projeto era enxutíssima em relação a este, era bem
>> mais branda e não tinha trantos crimes. Chegamos nessa versão depois de
>> muito debate. Por isso, quando fazem as críticas, devem considerar que o
>> congresso é composição. A vesão idal para nós - tomo a liberdade de me
>> colocar deste lado, acreditem ou não - não será aprovada com a atual
>> composição ideológica do Congresso. Felizmente a versão ideal do Azeredo
>> também não. Mas o acordo implica alguma concessão).
>>
>> Com relação à parte final do seu email, não temos muito bem mapeado o
>> cenário de apoio, mas tendo como base as votações nas comissões, a base do
>> governo está com o Mercadante e oposição integralmente com Azeredo. Logo, se
>> houver acordo, vota-se tranquilamente, mas sem acordo não dá para dizer. No
>> voto a voto pode prevalecer a versão mais consevadora (parecer da CCT -
>> posso enviar se quiserem - alterado pelas emendas do Mercadante na CAE).
>> Não temos muita dúvida que em matéria penal o Senado é muito conservador.
>> Basta lembrar da PEC da redução da maioridade penal e outras matérias.
>>
>> Aguardo sua visita, se puder fazê-la. Se não puder, fique sempre à vontade
>> de escrever emails ou telefonar (vale para todos, claro). Não é favor a
>> ninguém. Meu trabalho é também receber as críticas e debater com quem quer
>> que se interesse.
>>
>> Abraço, Michael.
>>
>>
>> ------------------------------
>> *De:* Ada Lemos [mailto:[EMAIL PROTECTED]
>> *Enviada:* sex 4/7/2008 22:44
>> *Para:* Michael Freitas Mohallem; [EMAIL PROTECTED]; Felipe
>> Augusto van de Wiel; Deivi Kuhn; Omar Kaminski
>> *Cc:* Projeto Software Livre BRASIL
>> *Assunto:* Re: URGENTE: Re: [PSL-Brasil] [Fwd: Folha de SP: Baixar
>> arquivo na Internet pode virar crime]
>>
>>   Caros, Michael, em especial,
>>
>>  O tamanho da mensagem é grande demais, então a estou cortando para meu
>> texto chegar a todos eu o Faw, ela não passe.
>> Vamos ao ponto mais nevrálgico em primeiro lugar.
>>  *Preciso entender o seguinte o que disse Michael:
>> *
>> *- "Abaixo as novas redações (em discussão) dos caputs dos polêmicos
>> 285-A e 285-B.
>>
>> Art. 285-A. Acessar rede de computadores, dispositivo de comunicação
>> ou sistema informatizado, protegidos por restrição expressa de acesso:
>>
>> Art. 285-B. Obter ou transferir, sem autorização ou em desconformidade
>> com autorização do legítimo titular da rede de computadores,
>> dispositivo de comunicação ou sistema informatizado, protegidos por
>> restrição expressa de acesso, dado ou informação neles disponível."
>> *
>> Segundo nos diz Michael  temos novas redações(em discussão) em dois pontos
>> acima mostrados. Onde estas modificações entram???? Estou perguntando em
>> termos regimentais.Qdo o PLC voltar para a sua casa de origem???
>> Não estou entendendo e nada entendi qdo me disseram que estava sendo
>> modificado texto de algo e nenhuma emenda foi apresentada até o últimos
>> instante no prazo estipulado. Teremos emendas apresentadas direto no
>> Plenário???
>> Preciso, antes de mais nada, entender a processualística a ser adotada.
>>
>> Em seguida, quero deixar bem claro de que respeito tremendamente a
>> assessoria do senado e muitos assessores de senadores. A assessoria do
>> senado tem profissionais de enorme gabarito em suas especialidades ou
>> generalistas especialistas. Sou amiga de vários e há anos e anos. Sei
>> valorizá-los e apreciá-los.Aprendo demais com muitos deles. Tem assessores
>> que não são de carreira e que são õtimos, excelentes, tretou e relou corro
>> atrás de concursados e ou não para dirimir dúvidas que tenho. Não tenho
>> nenhum salto alto e nem me acho, mesmo porque não temos o saber completo e o
>> tempo todo e acho bom em excesso trabalhar em equipe, com competências
>> complementares. Morro de achar bom isto..
>>
>> Quero saber, no entanto, a quem se referia Mercadante sobre passar pelo
>> crivo da assessoria do Senado e quem ouviria. Assim como parecerismos da
>> FGV-Rio "pode e deve" ser avaliadas e é passível disto, tb quero saber Quais
>> são os assessores do senado que avaliarão tais estudos e suas credenciais,
>> mesmo porque sei o Qto Portugal dificultou o diálogo, foi prepotente, etc.e
>> se ele faz parte da lista de assessores a serem ouvidos.
>>
>> Estive conversando com Mercadante e eu tb lho pedi para levar este assunto
>> para a CAE qdo o mesmo ainda estava na CCJ e Toninho Malvadeza nem havia
>> sido internado no hospital, onde veio a falecer.Falei com ele nos
>> corredores, nas comissões. Estive no gabinete dele e inclusive lho pedi para
>> mandar as informações para o seu irmão Cel Oliva e ele mo prometeu em
>> fazê-lo, afinal Cel Oliva é muito bem preparaddo e tb tem boa
>> assessoria.Nesta feita o Prof Pedro Rezende estava comigo. Mercadante não
>> posso dizer que é meu amigo, como são muitos outros senadores e senadoras,
>> mas nos conhecemos de longa data e de trabalhos importantes em que tivemos
>> em trincheiras bem juntos, como a CPI do PC;Collor, qdo, realmente, nos
>> conhecemos.
>> Talvez, tenha sido eu a primeira a falar com Mercadante e a lhe fazer tal
>> pedido, basta conferir com ele.
>> Sempre achei-o muito qualificado como são seus irmãos e o pai, quem me
>> abriu a biblioteca da ESG para eu estudar enqto fazia mestrado na UFRJ na
>> Urca em comunicação e ele era o chefão de lá.
>>
>> Já cansei de ver pareceres, arranca-se pareceres pra tudo e de todos os
>> gostos e ângulos. Sei que o pessoal da FGV-Rio não faz parecer feito muitos,
>> eles são criteriosos, mesmo o sendo, acho que o SENADO tem profissionais
>> ultra qualificado para destrinchar tal estudo e não sou contra isto, pelo
>> contrário até.
>> O que me ficou patente porem, de longe, com as poucas informações que me
>> chegaram, inclusive pela Folha,
>> foi que Mercadante *não recebeu o estudo da FGV-Rio como algo pronto e
>> acabado pra ser
>>  usado em uma* *reformulação líquida e certa* *como se esperava,*
>>  e muito provavelmente, não mais possível de ser feita, no momento e no
>> senado. Como não corri atrás de nosso regimentalistas.... estou até aqui a
>> perguntar-lhe Michael sobre isto, ou seja sobre a processualística
>> regimental a ser adotada - caso - se faça modificações em dois pontos
>> nevrálgicos do texto mãe.
>>
>> Se Mercadante falou à Folha como disse e eu assinalei, ele demonstrou de
>> que não estava assim tão propenso a agir em consonância com o estudo da FGV.
>> Ex apresentar emendas no prazo e fazer articulações em prol de suas
>> aprovações.Ele não se comprometeu de maneira nehuma com o apresentado pela
>> FGV e com quem a secundou.Escolha dele.
>>
>> Achei que os doutos da FGV-Rio deram uma de bobos ao falarem com Elvira
>> Lobato, pensando que uma matéria feita por ela, com o prestígio que tem,
>> alertaria Mercadante e outros, fazendo até constrangementos pelo saber que
>> tem obrigação de ter e que este saber não seria alvo de questionamentos como
>> fez Mercadante.Eu não teria procurado a imprensa.
>> Acho que dei evidência em meus textos de que os critiquei construtivamente
>> poristo, talvez até tenha sido um pouquinho irônica com eles um tantinho.Qdo
>> li a matéria na Folha, *GELEI* e perdi a fé de que poderíamos ter um
>> delta X pra melhorar a questão mais crucial.
>>
>> Não sou do PT, mas convivo de boa com ele, é claro e voto em seus
>> candidatos e isto nem interessa porque, costumo dizer que sou é democrata e
>> muito cidadã, sei fazer escolhas e não é por conta de partidos que tenho
>> intimidade com as duas casas do Congresso já de mais de 30 anos.E sei "como"
>> as coisas se dão por lá, onde tenho vários e vários ótimos interlocutores e
>> amigos. Estou sempre por lá.
>>  Então, compreendo certas entrelinhas ditas por assessore e senadores,
>> coomo entendi a cara do povo qdo andei tocando neste PL, esses dias.Tb tive
>> informações e as analisei para meu uso.Vi que a maré não estava para peixe.
>> Deram-me exemplos que me fizeram compreender os efeitos da CPI da
>> Pedofilia e muito mais, bem mais.
>> Não fui é ao gabinete do Mercadante, fui em outros e em comissões,
>> secretaria geral da mesa.
>>
>> Vou lhe visitar Michael, faço questão de ir, conheço bem o gabinete de
>> vcs, que aliás, já foi até do FHC, tina sido do Montoro e fica ao lado do
>> Suplicy, este sim meu amigo tb de décadas. Respeito muito Mercadante, ele
>> sabe disto. Vou falar com ele tb.Conversar com homem inteligente é comigo
>> mesmo.
>>
>> Não deixe Michael, por favor, de me explicar, por favor, por favor, por
>> favor, sobre a condução do processo em termos de ritos no que tange às
>> modificações (em discussão) de dois pontos do relatório, que não recebeu
>> emendas e irá, em breve para o Plenário.Como vcs pretendem fazer???
>> Repito-lhe a pergunta:
>> - Serão emendas ao/de/no plenário???Mercadante está fazendo as devidas
>> costuras?? Convenceu quem a seguir esta trajetória??Combinou com
>> Garibaldi???Como tudo isto está sendo tratado????
>>
>> Não sou regimentalistas e não sou porque me acho preguiçosa demais pra ver
>> filigranas onde muitas vezes moram o perigo do regimento,bom é ter
>> regimentalistas por perto ensinando-me, aliás conheço ótimos profissionais
>> desta área e qdo preciso corro atrás de mais de um, porque só um, não dá, é
>> preciso ouvir mais de um, sempre.
>>  Então, pelo que sei, me lembro e sem fazer consulta aos mestres do
>> regimentos, ou dos regimentos, é finito o processo, a não ser....ir ao
>> plenário em gestos, extremamente, de riscos, que muitas vezes até vale a
>> pena fazer a ousadia, mas para tal, precisa ter tudo *meticulosamente*bem 
>> urdido e se compormeter até a alma com absolutamente tudo, ou seja ficar
>> por conta full time. Corrija-me se eu estiver errada, por favor, no que
>> tange ao que acabei de dizer.
>> Mercadante está pronto pra arcar com tamanho trabalho e comprometimento
>> com esta causa????
>> Ideli vai ajudá-lo?? O restante do PT, idem?? Fecharam questão???? Outros
>> aliados entrarão na luta??? Isto já está acertado??? Garibaldi vai ajudar???
>>
>> Abs,
>> Ada
>>
>>
>>
>>
>> 2008/7/4 Felipe Augusto van de Wiel <[EMAIL PROTECTED]>:
>>
>>> Encaminhando mensagem.
>>>
>>> ---------- Forwarded message ----------
>>> From: "Michael Freitas Mohallem" <[EMAIL PROTECTED]>
>>> To: "--Everton GnuLinux" <[EMAIL PROTECTED]>, "Projeto Software
>>> Livre BRASIL" <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
>>> Date: Fri, 4 Jul 2008 18:38:03 -0300
>>> Subject: RES: URGENTE: Re: [PSL-Brasil] [Fwd: Folha de SP: Baixar
>>> arquivo na Internet pode virar crime]
>>> Olá a todos,
>>>
>>> Talvez eu não devesse responder ao email, mas como me encaminharam
>>> para conhecimento da discussão, aproveito para pontuar duas ou três
>>> coisas.
>>>
>>> Com relação ao projeto, ainda que grosseiramente se generalize a
>>> posição de todos os parlamentares (como se todos fossem incapazes de
>>> compreender a iluminada posição dos críticos), importante lembrar que
>>> o projeto caminhava a passos largos no Senado, quando, a pedido da
>>> ABRANET e dos assessores do PT e do Mercadante, brecamos a tramitação
>>> para reabrir a discussão através do pedido do Mercadante para que
>>> tramitasse também pela CAE, da qual é presidente (na qual
>>> originalmente não passaria).
>>>
>>>
>>>
>>
>
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a