Complementando::

Recados podem ser dados e não são ardis, em tese
Recados de posicionamentos. Nada ilegítimo, em si.
Parlamentares podem mandar recados ao presidente.
Ninguem pode é mentir, fazer chantagens, uso indevido, criminoso, etc.
Políticos parlamentam entre si e com a sociedade, asim deveria ser.
Disse no meu texto ontem, que blefar e ai ser um ardil noutro sentido, mais
próximo do usado pelo Oliva, que é...deixa pra lá...
Bem, eu tomei a coisa como algo legítimo da ação entre o executivo máximo,
que detém prerrogativas e responsabilidades e o outro poder.
Não fui pra veia ilegítima da coisa, pois é acreditar que Lula seria muito
menos do que é, e eu o acho grande.
Era o que tinha ra acrescentar pra ser mais clara
Abs,
Ada

2008/7/8 Ada Lemos <[EMAIL PROTECTED]>:

> Oliva, Pedro e demais,
>
> Jurei pra mim, que não iria mais ficar me apresentando aqui falando deste
> assunto e deste PLC, e, tb, não ria mais trabalhar nele, a não ser no Ada e
> seus afiliados. Cansei muito a minha beleza, a ponto de já ter me
> pronunciado aqui sobre tal, tb em PVT com alguns, em especial com Marcelo
> Branco. Na minha idade, tenho de saber me posicionar e fazer escolhas e não
> dar uma de banana, bobona, desavisada, aérea, etc, etc, e muito menos servir
> de bucha de canhão,
> etc e quetais. Procuro sem pre não usar as pessoas e não admito ser usada,
> entre outras coisas, e, ademais, não quero que "SE" algo vier a dar errado
> neste assunto que ora se mexe com ele e como se faz, não quero nem ganhar
> louros se der certo, nem ter ônus, se houver perdas.
> Tô fóra e estou mesmo fóra.
> Não posso articular, enfim fazer nada "SE" outros que estão mexendo com
> todo este PLC não confiam em mim, nada me dizem, e me deixa feito barata
> tonta, tentando fazer algo sempre com paúra de enfrentar algo que, sem
> querer, posso acertar, como botar tudo a perder.
> aos 62 anos não posso e não vou me expor e expor o objetivo sendo tudo como
> se apresenta, está e é.
> Desisto e ainda mais por conta desta história do VETO e do tanto que isto
> me encheu a mais.
> Diz-se que a minha experiência é valiosa, entrementes é esta assertiva pura
> parolagem e nada verdadeira, porque não me ouvem em nada. Pura demagogia,
> infelizmente.
> A última coisa que falei e falei muito a sério porque é seríssimo demais,
> foi sobre o VETO.
> Chegou a ter uma pessoa que me procurou pra me pedir pra me resguardar e
> não ser tão minuciosa na minha resposta, mas se o fui, foi por amor a vcs e
> em respeito a todos, de um modo geral. Não posso ser farsante e não clara
> Não estudei tanto, apesar de nunca ter tido como defender teses, mas não
> estudei pouco e ou estudo, pra não saber o suficiente sobre OS PRESSUPOSTOS,
> sejem os do tipo, vamos dizer assim, lógicos, psicológicos e semânticos,
> para cometer barbaridade em leitura e entendimento das mesmas
> Estude e estudo muito sobre comunicação, liguagem, et, subjascentes,
> explícitas, e tudo o mais.
> Então meus caros, e por Vc a quem tando prezo e quero bem, Oliva, o que
> mais pesou para mim da fala do Pedro foi muito do que vc apontou no seu
> texto, a seguir :
>
> - *"Agora, pode ser que você tenha levado isso em conta em ninguém lá em
> cima use desse tipo de ardil
> *.  Você com certeza sabe disso melhor do
> que eu.  Mas achei melhor apontar esse pensamento, só pro caso de você
> estar se agarrando a um mal entendido."
> , embora tenha achado que o tivesse deixado claríssimo no meu texto
> Mas, vamos lá, de novo
> Vejamos:
> - *"Agora, pode ser que você tenha levado isso em conta em ninguém lá em
> cima use desse tipo de ardil*.ou recado com diplomacia, *SEM o pleno
> consentimento de Lula, enfim do Presidente da República, porque se o fizer
> por moto próprio, pode dar um angú terrível, sobretudo porque algo assim,
> Lula só tem um caminho: É cumprir ou Cumprir o prometido
> E quem pode prometer, neste nível algo, só mesmo Lula e com seu
> conhecimento pleno e consetido
> *
> Preciso falar mais???
> Quer ver???
> Duvideodó que um Cezar Alvarez e ou Gilberto Carvalho desse uma de
> recadeiro sem o mando, o aval do Chefe
> Duvideodó. Posso até me enganar, mas.... acho que não.
>
> Se quem usou do"artfício" ou ardil segundo vc Oliva, não for algum desses
> doi e ou um minstro próximo e doramal político, a credibilidade do RECADO,
> pode não ter efeito por falta de autoridade. Tem gente que não é ministro,
> mas, sabidamente, gosa da confiança do primeiro mandatário,pode ser
> embaixador e ser confiável suas credenciais.
>
> Entrementes, um senador, mesmo líder, dizer ao Azeredo que se ele insistir
> em permanecer duro em suas posições e não levar as 5 emendas como relatór no
> plenário, que fará com que Lula vete isto e aquilo,será mera especulação de
> poder fazer isto virar realidade, então...não se pode fiar nisto ai, pode
> até é conflagar mais.
>
> O que entendi *pela redação* é que foi recado autorizado.
>
> Se recado fosse dado na Câmara pode ter efeito diferente no Senado, o
> Senado é mais complicado.
> Mesmo Azeredo hj com Aécio estar fazendo campanhas prum mesmo canditado a
> prefeito de Beagá com os petistas e outros da base deste governo e ou
> Azeredo ser do Parlamento do Mercosul junto com Mercadante e eles se deem
> bem, e melhor hj, existe um outro delta x ai que não fecha a conta assim
> facinho, em termos de "RECEBER" recados, um Azeredo, ou seja
> Existem as lideranças partidárias, o Azeredo é do PSDB, cujo líder não dá
> chances, haja vista o que ocorreu na votação da CPMF
> Tasso namorou o PT, aécinho, etc, de repente, qdo tudo aparentemente, esta
> va acertado, aconteceu uma espetacular virada, Artur virgílio se associou
> não com os seus, mas com o DEM e acabou com a CPMF
>
> Quem é do ramo sabe, que "RECADOS" se não como falei ontem no meu texto, é
> risco n'água, tiro no
>  pé pra não mencionar outro lugar, etc.
>
> Respondi esta porque foi o OLIVA quem se dirigiu a mim e me pediu pra , no
> mínimo refletir.
> Estou vendo que Pedro mandou e-mail, pelo aviso, q vejop, mas não leio.
> POr maior mérito que o texto do Pedro possa ter.
> Nada mais direi aqui, nada vou responder e falar.
> Este assunto todinho só nos meus trabalhos no Ada Digital e afiliados.
> Fui.
> Bjs,
> Ada
>
> 2008/7/8 Alexandre Oliva <[EMAIL PROTECTED]>:
>
> On Jul  8, 2008, "Ada Lemos" <[EMAIL PROTECTED]> wrote:
>>
>> > Se Lula com seus principais auxiliares chegaram a este ponto e
>> definição, ou
>> > seja de mandar "RECADO", significa completa adesão à causa e repito,
>> decsão
>> > de fazer cumprir o recado e da parte dele.
>> > Seríssimo isso ai.
>> > E como vc merece minha fé...
>> > Teci loas e fechei o expediente.
>> > Poderia ser diferente???
>>
>> Tem uma suposição aí que não sei se vc questionou ou levou em conta,
>> mas que pode não ser verdadeira: de que o recado veio do Lula.
>>
>> Pelo que Pedro escreveu, *alguém* está ameaçando que, se eles não
>> se comportarem, o Lula pode vetar.
>>
>> Pode muito bem ser uma ameaça vazia, fazendo mera referência à
>> prerrogativa do presidente, ao invés de um recado dele de fato.
>>
>> Agora, pode ser que você tenha levado isso em conta em ninguém lá em
>> cima use desse tipo de ardil.  Você com certeza sabe disso melhor do
>> que eu.  Mas achei melhor apontar esse pensamento, só pro caso de você
>> estar se agarrando a um mal entendido.
>>
>> Bjks,
>>
>> --
>> Alexandre Oliva         
>> http://www.lsd.ic.unicamp.br/~oliva/<http://www.lsd.ic.unicamp.br/%7Eoliva/>
>> Free Software Evangelist  [EMAIL PROTECTED], gnu.org}
>> FSFLA Board Member       ¡Sé Libre! => http://www.fsfla.org/
>> Red Hat Compiler Engineer   [EMAIL PROTECTED], gcc.gnu.org}
>>
>
>
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a