2008/7/16 Marcelo D'Elia Branco <[EMAIL PROTECTED]>:

>  Em Qua, 2008-07-16 às 10:00 -0300, Ricardo Bánffy escreveu:
>
> Continuo sem perceber o que há de tão condenável no trabalho da Scopus
>
>  A pergunta foi simples: com a aprovação do Projeto Azeredo/Mercadande, os
> negócios da Scopus crescem, diminuem ou não mudam em nada?
>


Digamos que cada provedor seja livre para implementar os controles. Para
"certificar" que as implementações atendam os requisitos, é preciso que
alguém faça algum tipo de validação/homologação. Ou isso, ou os provedores
já usariam uma solução previamente homologada.

De um jeito ou de outro (tecnicamente), existe espaço para peixe (se houver
um) se alguma parte do desenvolvimento da infra-estrutura necessária ficar
dependente de algum serviço terceirizado do governo.

Então acredito que a informação que você precisa não é somente técnica, mas
é preciso conhecer o peixe. Só então é possível dizer se as mudanças nas
regras implicarão num espetáculo do crescimento da scopus. Tecnicamente não
há necessidade, mas politicamente pode haver (já que a parte política pode
gerar demanda técnica).


-- 
Glauber Machado Rodrigues
PSL-MA

jabber: [EMAIL PROTECTED]

música livre é bem melhor:
http://www.jamendo.com
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a