2008/7/31 Olival Gomes Barboza Júnior <[EMAIL PROTECTED]>

>
> Em 31/07/2008, às 07:35, Glauber Machado Rodrigues (Ananda) escreveu:
>
>  Mas acho que o seu ponto é quando ao invés de integrar uma comunidade
>> produtora de software, o governo passar a investir dinheiro apenas em
>> projetos dos peixes de quem está no governo. Nesse caso, ao invés de evitar
>> a reinvenção da roda e seguir o modelo que garante a qualidade do software,
>> produz algo que beneficia artificialmente um grupo e afeta o desenvolvimento
>> de uma comunidade. Mesmo assim, nesse caso, ainda é melhor que SP, devido a
>> superioridade da licença.
>>
>
> Sim, um pouco do que eu disse passa de certa forma pelo que você colocou
> acima. E não creio que o simples fato da licença ser considerada "livre"
> realmente compense o desperdício de recursos públicos.


Agora eu entendi. Você está falando do ponto de vista do desperdício de
dinheiro. Entre disperdiçar dinheiro com SL e disperdiçar com SP, do ponto
de vista do desperdício apenas, não há diferença. A questão também é saber
avaliar se o investimento em SL agregará ou não valor. Antes de poder prever
isso, eu diria que é mais seguro investir em SL, pois na pior das hipótes o
sistema é um doador de orgãos compatível.


-- 
Glauber Machado Rodrigues
PSL-MA

jabber: [EMAIL PROTECTED]

música livre é bem melhor:
http://www.jamendo.com
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a