2008/7/31 Pablo Sánchez <[EMAIL PROTECTED]>

> Por mais que os patches não sejam enviados ao projeto principal em nome da
>> entidade do governo, ainda podem ser enviados pelos indivídos que fizeram as
>> alterações. Será que nem isso acontece?
>> <http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil>
>
>
> Infelizmente, não é bem assim... Os indivíduos, se fizeram a alteração sob
> encomenda, não são os detentores dos direitos autorais da alteração feita.
> Assim, se o órgão não for redistribuir o binário, pela própria GPL ele não
> tem a obrigação legal de devolver o que foi desenvolvido sobre. E como o
> direito não é do desenvolvedor, ele também não pode submeter as alterações
> feitas.
>
> A discussão sobre isso seria enorme, pois há muitas barreiras existentes no
> modelo legal atual...
>

Mas isso pode explicar algumas coisas. Por exemplo, quando o govervo toma a
iniciativa de desenvolver um sistema de SL por completo, ele pode
disponibilizar num portal, e tudo mais.

Mas quando ele apenas altera, quem pode tomar a iniciativa de puplicar o
patch? Como isso acontece, como é possível verificar as contribuições do
governo, etc, etc...

Acho que o que acaba acontecendo é que se alguém publica alguma coisa, é a
propria pessoa que fez a alteração. Como a finalidade do governo não é
devolver nada, esses mecanismos acabam sem muita definição. Talvez por isso
vemos o resultado das iniciativas 100% governo, mas não vemos contribuição
com projetos externos.


-- 
Glauber Machado Rodrigues
PSL-MA

jabber: [EMAIL PROTECTED]

música livre é bem melhor:
http://www.jamendo.com
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a