Cinco instituições do meio acadêmico vão colaborar para a melhoria do ecossistema do Software Público. O Centro Federal de Educação Tecnológica de Campos (RJ), a Universidade Federal de Lavras (MG), a Universidade Federal de Santa Catarina (SC), a Universidade de Brasília (DF) e a Faculdade Jesus Maria José (DF) estão se preparando para cooperar com as soluções disponibilizadas no Portal do Software Público Brasileiro.

A primeira parceria começou por iniciativa do professor Rogério Atem, do CEFET de Campos. O professor conheceu o modelo estruturado pelo conceito do software público e convidou o coordenador do Portal, Corinto Meffe, para realizar uma apresentação da experiência na China [1]. Em função da repercussão positiva diante de professores de outros países, Rogério apresentou uma proposta para a direção do CEFET Campos, com o propósito de inserir as soluções do Portal nos cursos de graduação e pós-graduação do CEFET.

Em seguida, outras instituições acadêmicas demonstraram interesse em ingressar no modelo de desenvolvimento colaborativo. A Universidade Federal de Lavras se antecipou e resolveu desenvolver já para este ano, dentro do modelo de produção, um novo módulo para um dos projetos disponibilizados no Portal: o InVesalius.

As outras soluções beneficiadas serão o KyaPanel e o I3GEO. O KyaPanel será testado dentro da Faculdade Jesus Maria José para avaliação técnica das suas funcionalidades e o I3GEO, será utilizado em ambiente de teste do CEFET de Campos, para analisar o possível uso da solução nas prefeituras da região norte-fluminense.

Nas três experiências práticas a intenção do meio acadêmico será de familiarizar os alunos com o mundo das comunidades virtuais e de aumentar a motivação do uso das ferramentas de colaboração.

Para organizar a interlocução com as Universidades será criada uma área, dentro do Portal, para o cadastro das instituições de ensino, dos projetos e dos alunos. Assim, o ambiente, além de aumentar a interação entre os alunos, professores e as comunidades, vai também guardar todo histórico de colaboração dos participantes dos projetos.

O modelo de colaboração tem um grau de inovação significativo, pois os projetos desenvolvidos terão uma aderência direta ao Portal, possibilitando que um projeto de graduação, por exemplo, seja acompanhado pelos professores, orientadores, outros alunos e a própria comunidade. Uma outra característica é que tais projetos vão alcançar uma aderência maior com as necessidades da sociedade.

A Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação - SLTI, do Ministério do Planejamento, vai assinar um Acordo de Cooperação com o CEFET Campos. O documento vai servir de base para o ingresso de outras instituições do meio acadêmico.

[1] Experiência do Software Público faz parte de Sessão Premiada na China
http://www.softwarepublico.gov.br/web/one-entry?entry%5fid=2063341 <http://www.softwarepublico.gov.br/web/one-entry?entry_id=2063341>


Fonte: Portal do Software Público


Assista:

Debate sobre o Software Livre que foi realizado na Tv Câmara nesta semana, quando presidente do Serpro cita o Portal do Software Público como Referência http://www.softwarepublico.gov.br/web/one-entry?entry%5fid=5645961 <http://www.softwarepublico.gov.br/web/one-entry?entry_id=5645961>


Leia Também:

SEFAZ do Amazonas conhece iniciativas do Software Público
http://www.softwarepublico.gov.br/web/one-entry?entry%5fid=5644396 <http://www.softwarepublico.gov.br/web/one-entry?entry_id=5644396>

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a