Olá Rafael, qual o local da realização desses eventos?
É só ir para lá, ou temos de pedir convites, ou outra coisa?
Grato,
Kikuchi.

Rafael Evangelista escreveu:
Caros, peço licença para repassar o convite.

[]
rafael


A Rede Livre e Coletivo Digital gostariam de convidá-lo(a) para um ciclo de debates sobre tecnologia, política e cultura. Dando continuidade aos debates iniciados em agosto, serão realizadas duas novas mesas na PUC-SP, nos dias 15/9 e 17/9. Os eventos começarão às 19:00h, e a entrada é franca.

O seminário está sendo realizado pelo Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais da PUC/SP, junto às ONGs Coletivo Digital e Rede Livre. O evento tem o apoio da Fundação Ford.

Logo abaixo, enviamos a programação dos dois encontros que encerram o ciclo. A imagem do convite segue anexa.

***

15 de setembro - 19:00h

3.0 - Tecnologia, mercado e novos modelos de produção

- Sérgio Amadeu (Casper Líbero)

- Ladislau Dowbor (PUC-SP)

- Vagner Diniz (World Wide Web Consortium/W3C Brasil)

É cada vez maior a participação do comércio de bens intangíveis na economia dos países. Fatia esta que, considerada a dificuldade que em se medir o mercado informal, pode, em verdade, ser ainda maior. Nos países industrializados, os números impressionam: mais de 60% do PIB estadunidense refere-se a bens simbólicos. Que tipo de oportunidade essa mudança (é uma mudança?) oferece para uma maior distribuição da riqueza?

Quais novas estratégias estão sendo formuladas pelo grande capital para garantir que o valor não lhe escape das mãos? Que táticas podem ser adotadas pelos movimentos sociais de modo a poderem usufruir da comunicação e da cultura e, ainda por cima, alterarem as relações de produção estabelecidas?

17 de setembro - 19:00h

4.0 - Tecnologias do conhecimento e produção colaborativa

- Rafael Evangelista (Unicamp)

- Marco Antonio Almeida (USP Ribeirão Preto)

- Aaron Shaw (Universidade de Berkeley/EUA)

O movimento software livre estruturou-se, no Brasil, de forma atípica com relação ao resto do mundo. Aprofundou-se nas questões políticas, envolveu-se com partidos e inseriu membros importantes em instâncias governamentais. Politizou a tecnologia e influenciou movimentos próximos, como o da cultura livre.

Porém, nos últimos anos, o cenário político e a infra-estrutura tecnológica mudaram. Alguns governos estão revertendo a adoção de tecnologias livres e empresas desenvolveram novas estratégias para usarem de tecnologias livres, auferirem lucros e contribuírem pouco.

Qual a contribuição de metodologias produtivas como a do software livre para o debate político-social? Que novos desafios essas novas configurações enfrentam na atualidade?

Realização: PUC/SP
Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Coletivo Digital | Rede Livre

Apoio:
Ford Foundation
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil



_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a