Em Qua, 2008-10-01 às 13:56 -0300, Omar Kaminski escreveu:

> Em vista do projeto de lei sobre software livre do deputado Walter Pinheiro 
> estar parado na Câmara há quase 10 anos - e por consequência os 6 
> apensados -, uma interpretação possível é haver algum desinteresse, 
> desistência, incapacidade, falta de oportunidade de levar adiante por parte 
> dos ativistas e dos políticos. Aí surgiu o do Azeredo, foi gerada uma 
> interpretação de perigo - embora o projeto contra a pedofilia seja ao meu 
> ver mais imediatista e perigoso no sentido de cercear as liberdades e 
> instituir o vigilantismo em prol do combate aos pedófilos -, e migrou-se do 
> ativismo pelo software livre (um tanto quanto esquecido, portanto) para o 
> ativismo contra o projeto do Azeredo, tudo em nome da nobre liberdade.


é que se o projeto do Pinheiro*  não for aprovado ele não ameaça a
democracia no Brasil.
é uma questão óbvia de prioridade.
Mas n sei pq tu quer contrapor a defesa de um código civil X Projeto do
Deputado Pinheiro?

*(q deve estar desatualizado...talvez fora de contexto...pois foi
escrito a quase 10 anos e nós ajudamos a escrever)

> Já que se fala em "lei civil", por que não continuar lutando justamente pela 
> lei civil em prol do software livre? Ou melhor, por que se deixou de lutar 
> (já há algum tempo, ao menos na esfera legislativa federal), partindo para 
> outra frente?


tu já manifestou algumas vezes aqui ser contrário a um código civil para
a Internet.
Respeito a tua opinião, mas penso diferente.
Várias organizações do terceiro setor também estão defendendo esta
bandeira de um Código Civil Já!


[]s


_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a