Aqui em Curitiba inventaram um jeito de enrolar a lei.

Jogam o valor "normal" do ingresso lá pra cima, tipo R$ 100
Mas se vc for estudante ou doador de um 1 kg de alimento, paga meia
Quem não é estudante leva um 1 kg e paga o preço real (que é a meia)
Mas eles nunca conferem na entrada quem realmente levou o alimento.

Concordo que deve-se coibir a falsificação da carteirinha (claro), mas
a exclusividade que a UNE tinha na confecção era muito ruim. Quer
dizer, na verdade era bom pro PC do B :-) mas ruim para as entidades
estudantis como DCEs e Centros Acadêmicos.
Mas como tudo no Brasil, tem aqueles que fazem de jeito certo e tem
aqueles que conseguem dar um "jetinho" e falsificar. Os que fazem do
jeito certo acabam prejudicados.


-- 
Paulo Henrique de Lima Santana
www.phls.com.br
Tel. (41) 9638-1897
icq: 86344835 msn: [EMAIL PROTECTED]
Linux user 228719
.
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a