Open source faz todo sentido dentro de um processo evolutivo da indústria de
software, trata-se da comoditização daquilo que deve ser ubíquo mesmo. E
trás qualidade para todo o processo.

Já quanto ao software livre, como apregoado pela FSF eu ainda não estou
convencido da sua viabilidade plena. Ele subverte demais a cadeia da valor
de uma indústria rica e já consilidada, transferindo por exemplo fontes de
receita importantes para negócios "externos" como a publicidade (e não
apenas para serviços em TI). Sem falar que sua sustentação filosófica é um
tanto utópica demais.

Mas é claro que o software livre tem funcionado como uma força importante de
transformação do mercado de TI como um todo e não pode ser desperezado.
Contribuindo até mesmo para a viabilidade (através da massificação) das
soluções open source. Seja através de licenças virais como a GPL, da
mobilização de ótimos desenvolvedores em torno de projetos importantes de
software livre ou do engajamento e evangalização de atores igualmente
importantes da indústria e das comunidades de usuários.

Porém eu acredito que o ponto principal para uma indústria de software
saudável sempre estará relacionado com a livre competição. Distorções e
deformações como o monopólio em torno de um único sistema operacional é mais
nocivo para todos (a longo prazo até mesmo para a empresa dona deste sitema)
do que o fato deste sistema em questão ser livre, aberto ou proprietário.
Exatemente por isso é possĩvel que tanta gente aceite os argumentos
fundamentais do Stallman sem qualquer pudor ou desejo sincero de avaliá-los
com maior pragmatismo.

2008/12/9 Ricardo Bánffy <[EMAIL PROTECTED]>

> Não sei se eu diria que SL é uma tendência. Para os usuários da ponta,
> que não entendem nada de computador, "vender o peixe" do software
> livre é difícil pacas.
>
> 2008/12/9 Laudivan Freire de Almeida <[EMAIL PROTECTED]>:
> > Outra, talvez não tenha sido claro, eu apenas expressei apoio à mensagem
> do
> > Olival(se consultei bem meus arquivos) e o que queria demonstrar é que é
> muito
> > cedo para julgar qualquer ação da MS com base em um simples questionário,
> > que na verdade, as boas ou más intenções da MS não vão fazer muita
> diferença
> > se interpretarmos o SL como tendência como eu mesmo disse:
> >> Se ela vai ou não se adaptar, azar o dela, afinal SL é uma tendência.
> >
> > Puts, isso é chato mesmo!
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
>



-- 
ANTONIO FONSECA
GTalk: [EMAIL PROTECTED]
MSN Live: [EMAIL PROTECTED]
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a