2009/1/2 Felipe Augusto van de Wiel (faw) <f...@funlabs.org>:

[...]

On 02-01-2009 14:45, Fabianne Balvedi wrote:
>> Ok, mas desde quando usar o copyright a nosso favor significa
>> ater-se a apenas um conjunto de licenças?
>
>        Isso depende da sua estratégia, se você quer que os trabalhos
> possam interagir ou possam ser mesclados, você vai escolher um grupo
> de licenças compatíveis, não me refiro exclusivamente à CC aqui, me
> refiro à estratégia de quem vai ter que lidar com trabalhos sob
> várias licenças diferentes, neste caso, o próprio DMB poderá ter
> problemas já que o regulamento parece permitir qualquer licença CC-BY,
> ou seja, CC-BY-NC.

Pois é, a CC-BY-NC está sendo revista justamente porque
não define bem o que é comercial e o que não é.
Por exemplo: um blog com google ads é comercial?

A própria CC admite a confusão, tanto que fez
um questionário pesquisando sobre o assunto:

http://www.creativecommons.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=111&Itemid=1


[...]

>        Não há problema em ter opções/alternativas, mas já passamos
> das milhares de licenças e isso tende a aumentar cada vez mais, por
> isso a recomendação de se ater às licenças que são reconhecidamente
> sólidas.

Ok, se temos milhares, pra que se restringir
apenas ao conjunto das CC? ;-)


[...]

>        Por isso acho que você tem que reclamar nos canais corretos,
> o Everton divulgou a notícia aqui, mas você deveria contatar a
> organização da Campus Party (e provavelmente o próprio maddog) e
> conversar sobre a possibilidade de adicionar outras licenças. Como
> eu disse, pode ser que seja parte da estratégia que todas as
> licenças sejam CC-BY.

Bem, o Everton, o Mário e o Marcelo me responderam por aqui mesmo
acenando com a possibilidade de se aceitar outras licenças,
mas talvez não agora por ser em cima da hora.

Ou seja, o canal me pareceu funcionar, uma vez que varias pessoas
envolvidas com a CP assinam esta lista e o assunto tem
a ver com o escopo dela também.


>        Em última análise, por mais duro que isso possa soar, é o
> Desafio deles, eles julgaram que essas licenças eram boas,
> criticar é parte do processo, mas eles não precisam garantir que
> todas as licenças de arte livre do mundo estejam disponíveis se
> eles não quiserem. :-)

Não precisam, mas restringir demais também reduz
consideravelmente o público alvo.

abraço,


-- 
Fabianne Balvedi
GNU/Linux User #286985
http://fabs.tk
"Liberdade
Vento onde tudo cabe"
Paulo Leminski
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a