On Jan 17, 2009, Bruno Salgado <brunosalg...@gmail.com> wrote:

> Ok, vamos partir da premissa que o Software Livre não é compatível com
> o Capitalismo.

Discordo da premissa, mas vamos lá...

> E quando fazemos essa afirmação, subentende-se que o mesmo seja
> compatível com outro sistema de governo(pelo menos essa é minha
> expectativa...).

Não concordo que essa conclusão possa ser tirada da afirmação anterior.
Se a premissa da qual discordo fosse defensável, seria perfeitamente
possível que não fosse compatível com sistema algum.

A propósito, capitalismo é sistema econômico, não sistema de governo.
Que eu saiba, são duas variáveis independentes.

> 1. Com qual sistema de governo ele é compatível?

Respodendo à pergunta que está escrita:

Qualquer um que não exerça repressão sobre seus cidadãos, ou que não
dependa de cerceamento das liberdades sobre o software para exercê-la.

Respodendo à pergunta que eu acho que se pretendia fazer ('sistema
econômico' ao invés de 'de governo'):

Qualquer um que não dependa do desrespeito às liberdades dos usuários
para funcionar.  Não me ocorre nenhum que dependa, embora existam
partidários de diversos sistemas que escolhem estratégias compatíveis
com os sistemas que incorrem esse tipo de dependência.

> 1.1. Como funciona este sistema de governo e principalmente aonde está
> esta compatibilidade?

Vou me ater a 'sistema econômico'.

Sistema capitalista:

- consumidores conscientizados rejeitam, de forma coordenada ou não,
produtos que desrespeitem suas liberdades

- empreendedores respeitam as liberdades dos clientes pois sabem que, se
não as respeitarem, não terão sucesso no mercado

- empreendedores contratam desenvolvedores de software para aprimorar o
software e para prestar suporte aos seus clientes

- empreendedores que reúnam poder suficiente e decidam experimentar
desrespeitar os clientes abrem espaço para que seus concorrentes,
cooperando, tomem seu mercado, por causa da preferência dos consumidores


Sistemas comunista e socialista (*):

- computadores usados como meios de produção de software são propriedade
do estado, e desenvolvedores de software são funcionários do estado

- o estado tem controle sobre o software que utiliza, pois foi
desenvolvido internamente

- cidadãos podem adquirir software desenvolvido pelo estado

- em princípio, não há razão para o estado desrespeitar os cidadãos,
portanto o software adquirido torna-se livre para os cidadãos

- cidadãos que ousem utilizar seus próprios computadores para aprimorar
o software adquirido do estado têm seus computadores, agora utilizados
como meios de produção, "confiscados" pelo estado, recebendo-os de volta
juntamente com a remuneração para que continuem fazendo esse trabalho

(*) a diferença crucial, segundo me consta, não diz respeito à
propriedade dos meios de produção pelo estado, nem à propriedade privada
de outros tipos de bens, mas sim à diferença entre o que é
dado/remunerado aos cidadãos pelo estado: se de acordo com o trabalho
realizado (socialismo) ou de acordo com as necessidades individuais
(comunismo).

> 1.2. Em que países ou regiões tais sistemas estão em operação? Ou já
> estiveram em execução?

Parece-me que os sistemas econômicos adotados pelo mundo atualmente são
basicamente variações de combinações desses três, cada qual com suas
particularidades.

-- 
Alexandre Oliva           http://www.lsd.ic.unicamp.br/~oliva/
You must be the change you wish to see in the world. -- Gandhi
Be Free! -- http://FSFLA.org/   FSF Latin America board member
Free Software Evangelist      Red Hat Brazil Compiler Engineer
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a