2009/2/3 Lincoln de Sousa <linc...@minaslivre.org>:
> On Tue, Feb 03, 2009 at 11:41:25AM -0200, Ricardo Bánffy wrote:
>> 2009/2/3 Alexandre Oliva <lxol...@fsfla.org>:
>> > O que limita nosso avanço hoje é a inércia.
>>
>> De acordo. Mas, para que possamos vencê-la, temos que oferecer algo
>> que tenha mais valor usável, não menos. Não adianta ter programas de
>> manipulação algébrica ou de rendering 3D se tudo o que o cara precisa
>> é um front-end do SAP e justamente isso não tem.
(...)
> Reforçando meu argumento acima, se ele não encontrar um software livre
> que faça o trabalho que ele precisa, ele pode simplesmente pagar
> alguém pra fazer o trabalho e liberar o programa pro resto do mundo!

Eu conheço umas duas ou três empresas que poderiam bancar isso.

> Opa, esse ponto eu acho que vai além da questão filosófica do software
> livre. compra um produto e vem outro sem você ter pedido? Isso é venda
> casada, além de ser um software proprietário, o consumidor está sendo
> lesado ou no mínimo estão deixando a sua liberdade de escolha de lado.

Venda casada seria se o produto fosse cobrado. Se a "funcionalidade
adicional" veio "de brinde", parece mais complicado.

> Ps.: Apesar de não instalar um windows desde 98, eu concordo que eu
> não achei muito difícil, mas perde de longe para a instalação de um
> Debian em facilidade =)

Verdade. Eu instalei o beta do Windows 7 outro dia (há que se conhecer
seus competidores) e posso falar que, embora tenha melhorado desde o
tempo do XP, não melhorou tanto assim e não chega aos pés do que foi a
minha última instalação de Fedora ou de Ubuntu. A máquina boota umas
três ou quatro vezes no processo. Tosco.
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a