Em 17/02/09, Glauber Machado Rodrigues
(Ananda)<glauber.rodrig...@gmail.com> escreveu:
>
> 2009/2/17 Pablo Sánchez <phack...@gmail.com>
> >
> > Não é
> > porque eu quero convencer as pessoas que matar é certo que eu posso
> > sair matando a torto e a direito, da mesma forma não é porque eu quero
> > convencer que compartilhamento não é pirataria que eu vou sair
> > compartilhando.
>
> Em qual país?
> http://www.planalto.gov.br/CCIVIL/Leis/2003/L10.695.htm

? Não entendi o porque do link, uma vez que o que eu queria dizer é
que não é porque uma coisa é errada que eu posso sair fazendo até
convencer as pessoas que é certo. Matar foi só um exemplo de coisa que
eu não posso fazer, e que sair fazendo não vai tornar ela certa. Por
um acaso no código civil está escrito que eu posso matar? Existe o
perdão em caso de legítima defesa, mas aí sou eu quem tenho que provar
que realmente foi assim, pois isso não desfaz o fato de que matei.


> > Mas não é violando a lei, e sim trazendo pessoas para seu lado pelas
> > vias corretas, como as pessoas que já andam compartilhando seu
> > trabalho de forma livre. O que se precisa é convencer mais pessoas
> > sobre o benefício de se compartilhar o que se tem... Isso me lembra
> > uma outra pessoa que tentou e morreu na cruz...
> >
> >
>
> Cada caso é um caso. Pelo menos no Brasil, ao que parece, a cópia de 1
> exemplar para uso privado sem fins lucrativos não é crime, pelo que parece.

"Pelo que parece" é muito vago. Você não pode se basear no que
disseram em uma lista de discussão apenas, é preciso encontrar onde
está escrito isso, porque, "pelo que parece" isso mudou em 1998...

> > A propriedade intelectual não é o problema! Quem criou tem direito
> > sobre a criação! A questão é compartilhar sua criação, que é o que o
> > Software Livre prega: compartilhamento sim, mas ilegalidade não.
>
> Eu não acredito que a situação atual exija recorrer à ilegalidade, está mais
> para uma questão de conscientização. Uma dessas coisas é definir bem o
> conceito do que é ou não pirataria.

Então estamos lascados, porque para todo mundo hacker é um pirata de
computador... se não conseguimos nem desvencilhar essa imagem, o que
dirá convencer as pessoas sobre o que é ou não pirataria? O conceito
conhecido hoje é "copiar é crime". Está em toda a contracapa de
livros...

> Mas não estou certo de que sempre seguir todas as leis cegamente seja
> indicado em todos os casos. Neste momento, no Brasil, a lei está como ela
> deveria está. Mas não sei se sempre será assim.
>
>
> > Você
> > não pode violentar uma pessoa para se apoderar do dinheiro que ele
> > tem, assim como não pode pegar a criação dela sem a devida permissão.
> > O caminho é convencer as pessoas a compartilhar, mas não dar uma de
> > Robin Hood e achar que porque está pegando de alguém que não quer
> > compartilhar o certo é você.
> >
> >
>
> Com certeza não. Mas você também não pode queimar a floresta de sherwood com
> o pretexto de prender os bandidos que estão nela.
>
> > E nesse caso, de quem é a culpa? Da gravadora ou da pessoa burra?
> >
> >
>
> Você ta chamando a pessoa de burra pq eu chamei lá em cima (de brincadeira),
> ou você realmente acha isso?

Como você apagou a referência, ficou meio difícil a leitura por outras
pessoas, mas eu me referia ao que você disse (no caso, o músico ou
autor que vende seus direitos).


> > Sabia que se você passa por um acidente, mesmo que não o tenha
> > cometido, e não presta os primeiros socorros, por lei isso é crime? Só
> > que ninguém vai ficar anotando as placas dos carros que passam batido.
> >
> >
>
> Na verdade você só precisa avisar às autoridades, e em casos onde não haja
> risco à própria vida. Mesmo assim, não é como se você pudesse passar pelo
> acidente sem fazer nada nem justificar para ninguém:
>    http://pt.wikipedia.org/wiki/Omiss%C3%A3o_de_socorro
>
> Nesse caso o que está em jogo é um valor inquestionável: a vida de outra
> pessoa.
>
> Mas aí falar que os clientes p2p estão praticando um crime omissivo, é outra
> estória.

Era outra história mesmo, estava contestando outra afirmação, mas
novamente, "apagou-se o que era doce" (eu sei que é "acabou-se").



-- 
=================================
Pablo Santiago Sánchez
Análise e Desenvolvimento de Sistemas Web
Zend Certified Engineer #ZEND006757
phack...@gmail.com
(61) 9975-0883
http://www.corephp.com.br
"Quidquid latine dictum sit, altum viditur"
=================================
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a