Em 17/02/09, Filipe Saraiva<filip.sara...@gmail.com> escreveu:
> Ué, não era pra ser subversivo (em tese)? E por que isso não incluiría a
> subversão de qualquer direito autoral?
>
> Ou seja, por que não plagiar também? Ah, mas daí é diferente...?
>
> "La originalidad es un plagio no detectado"?
>
> Ou "copiar de um é pesquisa, de vários é plágio"?
>
> Bem, acontece que a discussão estava na questão do p2p. Lá não existe
> plágio, ao menos até onde sei. Nunca ví um "Matrix" compartilhado em que o
> cara tirou os créditos dos irmãos Wachowski e colocou "Diretected by Zézinho
> e Joãozinho".

Created and Edited by Silva Bro's.

> Mas, se a questão é o plágio, que é a apropriação da autoria de uma obra que
> não é sua como se fosse sua, não é algo que acho que dure muito na Internet.
> Como você vai subverter a função autor de uma obra famosa e achar que isso
> irá durar muito tempo? Se puder citar casos, agradeceria, pois eu desconheço
> realmente.

Em um desses portais de Linux da vida tem um tutorial de como fazer um
LiveCD customizado com FreeBSD. O artigo é um copia-cola de um e-mail
que enviei à lista do FUG - FreeBSD Users Group, com data posterior ao
meu post. Mandei e-mail para os admins do site, e nada foi feito. Não
sou famoso, mas o fdp usurpou meu post, e nem sequer fez menção ao
post. Sinceramente, perdi a vontade de postar cmaterial depois disso..

> Agora, se você está confundindo plágio com recombinação, que seria utilizar
> muitas fontes para fazer algo novo - como os samples - não vejo nada de
> errado nisso. É algo que já é comum a muito tempo: a Internet e a difusão do
> uso de computadores apenas potencializou a prática.
>
> 2009/2/17 Fabianne Balvedi <f...@estudiolivre.org>
>
> > 2009/2/17 Pablo Sánchez <phack...@gmail.com>:
> >
> > > Em 16/02/09, Filipe Saraiva<filip.sara...@gmail.com>
> escreveu:
> > >> Olá a t...@s,
> > >
> > > Olá... chamando a gente de "todas"? E os homens? Ficam de fora?
> >
> > Há!
> >
> > Sei que o Marcelo já explicou, mas falae, como você se sentiu sendo
> excluído?
> >
> > Porque as mulheres tem sido excluídas pelas linguas latinas machistas
> > desde sempre!
> >
> > Ruim se sentir de fora, né?
> >
> > :))
> >
> > Queria ver se a regra gramatical mudasse para que o coletivo
> > fosse pronunciado sempre no feminino...
> >
> > Mas sacomé, é que nem o aborto. Se homem engravidasse
> > sua legalidade já tava resolvida faz tempo!
> >
> > (mas me desculpem pelo off-topic, é que realmente não consegui resistir)
> >
> > --
> > Fabianne Balvedi
> > GNU/Linux User #286985
> > http://fabs.tk
> > "Liberdade
> > Vento onde tudo cabe"
> > Paulo Leminski
> >
> >
> >
> > _______________________________________________
> > PSL-Brasil mailing list
> > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> >
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > Regras da lista:
> >
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> >
>
>
>
> --
> Filipe Saraiva
> **************************************
> Meu blog:
> http://www.liberdadenafronteira.blogspot.com/
>
> Bacharelando em Ciências da Computação
> Universidade Federal do Piauí
>
> Diretor de Inclusão Digital
> Executiva Nacional dos Estudantes de Computação - ENEC
>
> Projeto Software Livre - Piauí - PSL-PI
>
>
>
>
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
>


-- 
=================================
Pablo Santiago Sánchez
Análise e Desenvolvimento de Sistemas Web
Zend Certified Engineer #ZEND006757
phack...@gmail.com
(61) 9975-0883
http://www.corephp.com.br
"Quidquid latine dictum sit, altum viditur"
=================================
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a