Oi Glauber, muito obrigada pelas tuas palavras,
muitíssimo interessantes as tuas reflexões.

Só não entendi uma parte:

2009/3/1 Glauber Machado Rodrigues (Ananda) <glauber.rodrig...@gmail.com>:
[...]
> A cessação do  "compre consuma e empanturre-se" não será capaz de eliminar o
> surgimento do desejo, já que eles não podem estar gerando novos desejos.
> Eles apenas fazem a promessa de saciar desejos já existentes e bem antigos:


Eles quem?

Mas independente de quem, você não acha um passo importante
o simples cessar do "compre consuma e empanturre-se"?

No mais, gostei principalmente desta reflexão aqui:

"A diferença de uma sociedade da "gratuidade" para uma sociedade como
a nossa é que, como devido aos vários obstáculos entre nós e o objeto
do nosso desejo, é quase impossível analisar se a sensação de
satisfação desse desejo é ou não capaz de eliminar nosso sofrimento.

Como não temos o que queremos, somos impedidos de seguir adiante, e
permanecemos acreditado que a nossa infelicidade é devido a não termos
o que desejamos. Quem tem o que deseja é capaz de analisar o efeito de
ter o que se deseja muito mais facilmente do que quem não tem, e ver
que não é isso que o faz feliz."

Gratidão! :D


-- 
Fabianne Balvedi
GNU/Linux User #286985
http://fabs.tk
"Vem
Vencer
o automóvel
Vem
vem ser
o auto-móvel"
Paulo Esmanhoto
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a