Em 04/03/09, Ricardo Bánffy<rban...@gmail.com> escreveu:
> 2009/3/4 Pablo Sánchez <phack...@gmail.com>:
> >> os advogados de defesa também....
> >
> > Você não pode afirmar isso só porque eles foram contratados para isso.
> > Muitas vezes o advogado aceita o contrato só para ter o nome em
> > destaque na mídia internacional, ou ainda, pela glória da luta, mas
> > não necessariamente porque apóia a pessoa. Se fosse assim, advogado de
> > traficante ia ser a favor do tráfico? Advogado de pedófilo ia ter que
> > ser pedófilo também?
>
> Na verdade, a opinião pessoal do advogado não precisa ter qualquer
> correlação com a tese que ele defende. No tribunal a obrigação dele é
> defender o réu de todas as formas até o último recurso legal.
>
> Eu não esperaria menos de um advogado que fosse me defender.
>
> Agora uma dúvida completamente off-topic: quando um advogado pode se
> recusar a defender um réu? Existem regras para isso?

Você pode não aceitar um caso, não é como um médico recusar um
paciente. O problema mesmo que eu me lembre é quando você abandona o
caso no meio sem um motivo aceitável... Tem regras, só não me lembro
mais quais são...

-- 
=================================
Pablo Santiago Sánchez
Análise e Desenvolvimento de Sistemas Web
Zend Certified Engineer #ZEND006757
phack...@gmail.com
(61) 9975-0883
http://www.corephp.com.br
"Quidquid latine dictum sit, altum viditur"
=================================
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a