Ok, e agora temos o seguinte: quem vai defender a tecnologia como mero
instrumento social sem necessidade de uma legislação específica para
crimes cometidos com ela? Sem a necessidade de uma intervenção estatal
para monitoramento das atividades realizadas através dela? Sem a caça
a crianças e adolescentes que iriam parar no CAJE simplesmente por
terem baixado uma música que nem sabiam ser ilegal ou não? E quem vai
conseguir mostrar que a usura por 50 anos de obra criada é um exagero,
e que o software deve justamente ter seu desenvolvimento e evolução
estimulados, ao invés de dar uma garantia de lucro praticamente
vitalícia através de patentes e direitos autorais? Colocar isso dentro
de um PV que seria focado no meio ambiente, de um PT que seria focado
nos trabalhadores, e em outros partidos cujas metas não são essas é um
processo por demais lento. Pode dar certo, mas até lá, qual será o
estrago causado por leis loucas, insanas e injustas que precisam de
uma revisão? Porque para conseguir mudá-las temos que infringí-las, ao
invés de jogar da forma correta? Porque ter que chegar à condição de
cometer crimes para criar a discussão, porque não levar a discussão a
plenário antes de ser taxado como criminoso?

Em 05/03/09, Julian Carlo Fagotti<jul...@celepar.pr.gov.br> escreveu:
> Usando a prerrrogativa do Millor Fernandes: Livre pensar é só pensar!
>
> Pode se montar partidos sobre qualquer bandeira. Tudo é uma questão de
> conjuntura e coerência. Mas a maioria dos nossos partidos são arranjos sem
> causas. A conjuntura pra formar partido formais, legendas, não me parece
> muito propícia. A criação partidáriano Brasil é muito burocratizada e os
> inúmeros partidos arranjandos criou uma situação que o TRE e o próprio
> congresso estão dificultantod a criação de novas legendas. Mas pode se
> pensar numa força política, que possa atuar em vários partidos.
> No caso o PV quando surgiu foi importante para o país, ainda que não se
> viabilizasse como alternativa de poder. Mas consefguiu interferir no poder.
> Todos os partidos hoje tem uma discurso ecológico. Todos os estados tem
> secretaria de meio ambiente, e algumas prefeituras também. Se não me engano
> o Zequinha Sarney foi o primeiro ministro do meio ambiente no Brasil. Foi
> mais importante para a idéia de ecologia do que para os militantes da área.
> Dentor do PT firmaram-se com este discurso, por exemplo o mártir Chico
> Mendes, a Marina Silva, o Gabeira foi do PT e depois voltou para o PV e
> agora anda namorando o PSDB, que deve ter alguns quadros verdes, mas não
> lembro agora. Ainda que a relação entre ecologia e o dia a dia das empresas
> é um desafio, quase todo mundo tenha no mínimo consciência sobre o tema.
> No caso dos direitos autorais, software, no meio, que impactam diretamente
> no desenvolvimento dos países, temos três fatores que dificultam: A
> pirataria exercida como ilegalidade; a mídia vinculada ao modelo de direitos
> autorias, com gravadoras, produção de filmes e etc., o baixo acesso ás
> tecnologias da informaçao no país, de delimitam um público para o assunto.
> Ainda que seja um público potencial considerável; o caráter ainda pouco
> industrializado da economia brasileira. Grande parte da população tem suas
> relações de emprego com setores longe detas discussões, ainda que pelo
> consumo possa ser atingido pelo assunto.
>
>
>
> Em 05/03/2009 às 09:31 horas,
> psl-brasil@listas.softwarelivre.org escreveu:
> É a lógica não foi exposta muito corretamente inicialmente, mas depois
> o Everton explicou melhor. Dá uma lida no último e-mail dele.
>
> Em 04/03/09, Henrique Andrade escreveu:
> > Nessa lógica ninguém mais apoiaria a defesa do meio-ambiente após a
> fundação
> > do PV....
> >
> > 2009/3/4 Ricardo Bánffy
> > > 2009/3/4 Everton Rodrigues :
> > >
> > >
> > > > Pablo,
> > > >
> > > > Montar partido de nada adianta. Já temos inúmeros partidos no Brasil.
> O
> > que
> > > > precisamos é colaborar para acrescentar esses temas nos partidos que
> tem
> > no
> > > > Brasil. Eu e um grupo de pessoas estamos tentando colocar esse tema no
> > > > partido que sou militante.
> > >
> > > É uma alternativa interessante - dá menos trabalho, dor-de-cabeça e
> > > elimina o risco de associar o PSL a um partido específico.
> > >
> > >
> > > --
> > > Ricardo Bánffy
> > > http://www.dieblinkenlights.com
> > > _______________________________________________
> > >
> > >
> > >
> > > PSL-Brasil mailing list
> > > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> > >
> >
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > > Regras da lista:
> > >
> >
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> > >
> >
> >
> > _______________________________________________
> > PSL-Brasil mailing list
> > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> >
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > Regras da lista:
> >
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> >
>
>
> --
> ================================Pablo Santiago Sánchez
> Análise e Desenvolvimento de Sistemas Web
> Zend Certified Engineer #ZEND006757
> phack...@gmail.com
> (61) 9975-0883
> http://www.corephp.com.br
> "Quidquid latine dictum sit, altum viditur"
> ================================_______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
>
>
>
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
>


-- 
=================================
Pablo Santiago Sánchez
Análise e Desenvolvimento de Sistemas Web
Zend Certified Engineer #ZEND006757
phack...@gmail.com
(61) 9975-0883
http://www.corephp.com.br
"Quidquid latine dictum sit, altum viditur"
=================================
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a