2009/3/20 Cláudio Sampaio <pat...@gmail.com>

> 2009/3/19 mvbsoares <mvbsoa...@uol.com.br>
>
>>
>> 2. ...
>> b) You must cause any work that you distribute or publish, that in whole
>> or in part contains or is derived from the Program or any part thereof, to
>> be licensed as a whole ***at no charge to all third parties*** under the
>> terms of this License."
>> (...) Asteriscos meus
>>
>> Para mim está muito claro que a GPLv2 especifica que você ***não pode
>> vender os códigos-fontes***.
>>
> *THIRD* parties. Não pode cobrar a redistribuição para TERCEIROS, mas pode
> sim cobrar para os SEGUNDOS (o receptor do software). O "third parties" é
> para evitar que a pessoa exija ser paga em cascata, só isso. Não há nada de
> novo aqui.
>

Como também isso não diz nada sobre "vender o código-fonte", fala do
cobrança do licenciamento sob a GPL para terceiros do que foi distribuído.
Se eu distribui para você eu não posso cobrar para licenciar o software na
GPL para terceiros.

No caso do Software licenciado GPL o distribuidor não vende o código-fonte
se não incluir no preço de venda os custos com a produção ou aquisição do
código-fonte. Se ele não incluir os custos, ele está "dando". Se eu te
"vendo" uma casa com os móveis dentro e só cobro o valor dos móveis, na
verdade eu estou te "dando" a casa e vendendo os móveis.

Exemplo, algo assim:

http://www.linuxmall.com.br/index.php?product_id=5006

Segundo a GPL:
http://www.magnux.org/doc/GPL-pt_BR.txt
"""

3. Você pode copiar e distribuir o Programa (ou trabalho baseado
nele, conforme descrito na Seção 2) em código-objeto ou em forma
executável sob os termos das Seções 1 e 2 acima, desde que você
faça um dos seguintes:
t
    a) O acompanhe com o código-fonte completo e em forma acessível
    por máquinas, que tem que ser distribuído sob os termos das Seções
    1 e 2 acima e em meio normalmente utilizado para o intercâmbio de
    software; ou,

    b) O acompanhe com uma oferta escrita, válida por pelo menos três
    anos, de fornecer a qualquer um, com um custo não superior ao
    custo de distribuição física do material, uma cópia do
    código-fonte completo e em forma acessível por máquinas, que tem
    que ser distribuído sob os termos das Seções 1 e 2 acima e em meio
    normalmente utilizado para o intercâmbio de software; ou,

    c) O acompanhe com a informação que você recebeu em relação à
    oferta de distribuição do código-fonte correspondente. (Esta
    alternativa é permitida somente em distribuição não comerciais, e
    apenas se você recebeu o programa em forma de código-objeto ou
    executável, com oferta de acordo com a Subseção b acima.)

"""

É um canal de distribuição[1] diferente do convencional, já que o CMV[2]
inclui apenas o custo para a produção e transferência física da cópia, e não
o custo de aquisição do software sendo distribuído, ou de licenciamento,
etc.

Num canal de distribuição convencional (usado pelo modelo proprietário), o
CMV vai aumentando ao longo do percurso para chegar ao consumidor final, e
já chega no distribuidor como mercadoria.

No modelo do SL, a cópia não chega no distribuidor como mercadoria. Quem é
chamado de "distribuidor" é o mesmo quem produz a cópia. Para o distribuidor
de SL, o CD que ele produz é mais como um produto do que como uma
mercadoria:

 mercadoria
* sf *(*mercador*+*ia*1)* 1* Aquilo que é objeto de compra ou venda.*
2*Aquilo que se comprou e que se expõe à venda.
**

produto
* sm* (*lat productu*)* 1* Aquilo que é produzido; resultado da produção.
Já um CD do windows é tratado como produto para quem o fabrica, e como
mercadoria para quem o distribui (e vende o serviço de distribuição). O
preço final do CD do windows vai incluir o custo que o distribuidor teve em
adquirir cada cópia.

No cado do windows, se eu estou pagando mais do que o custo da cópia, então
o que eu estou pagando? Estou pagando por um licenciamento. É isso que é
revertido no copyleft e é justamente isso que eu não posso cobrar quando
distribuo um software GPL, não posso cobrar para fornecer os direitos que eu
recebi com o licenciamento da minha cópia, não posso cobrar pelo que eu
paguei para conseguir a minha cópia. Só posso cobrar por produzir outra
cópia, de acordo com os meus custos de distribuição física.

Alguém me corrija se eu falei besteira =D

---
links

[1] Canais de distribuição:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Distribui%C3%A7%C3%A3o_(Log%C3%ADstica)#Canais_de_Distribui.C3.A7.C3.A3o

[2] Custo da mercadoria vendida (CMV):
     http://www.portaldecontabilidade.com.br/guia/custovendas.htm

[3] Custo dos produtos vendidos:
   http://www.portaldecontabilidade.com.br/guia/custovendas.htm

-- 
Glauber Machado Rodrigues
PSL-MA

jabber: glau...@jabber-br.org

música livre é bem melhor:
http://www.jamendo.com
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a