Bem, o PSL não discute democratização de acesso a cultura? Novos modelos de
negócios baseados na Internet?

Acho que o fato de uma empresa como a editora da Playboy disponibilizar todo
o conteúdo produzido em sua história na Internet é uma forma de percebermos
como as "indústrias culturais" estão se adaptando a um novo modelo de
negócios que nasce com a rede, principalmente após uma maior disponibilidade
de banda larga - que, infelizmente, ainda é um luxo para algumas poucas
classes sociais mais abastadas.

Ah, sim... iremos mudar o foco da discussão se a Playboy é cultura ou não?
Tudo bem, só peço que não façam nenhum trocadilho com "cultura"...
heehehe...

2009/3/21 Ricardo Bánffy <rban...@gmail.com>

> Boa sorte com o Silverlight.
>
> Se for pela pornografia, garanto que há fontes mais... ricas ã
> disposição na web.
>
> 2009/3/20 Yuri Robinson <yso...@gmail.com>:
> > Software Livre???
> >
> > Caramba!!!!
> >
> > Um monte de mulher pelada!!!
> >
> >
> > E que se dane o software livre nesta hora!!!
>
>
> --
> Ricardo Bánffy
> http://www.dieblinkenlights.com
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
>



-- 
Filipe Saraiva
**************************************
Meu blog: http://www.liberdadenafronteira.blogspot.com/

Bacharelando em Ciências da Computação
Universidade Federal do Piauí

Diretor de Inclusão Digital
Executiva Nacional dos Estudantes de Computação - ENEC

Projeto Software Livre - Piauí - PSL-PI
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a