2009/3/25 Everton Rodrigues <ever...@softwarelivre.org>:
> Que modo? Temos que ver os contextos em que as coisas são colocadas. O
> contexto do MPB é criar um modelo de negócios mais justo para quem
> cria, produz e consume. O que queremos no MPB não é fazer download de
> músicas de quem não quer. Não estamos preocupados com isso. Entende?
> Queremos criar uma rede de quem quer liberar suas obras... Tu és
> contra a esse modo?

Por certo ninguém aqui é contra o partilhamento de músicas cujos
detentores dos direitos autorais incentivam seu partilhamento.

O que eu acho que pode valer a pena, dizendo um pouco de orelhada
porque não olhei de perto o site ou outros materiais do MPB, é que o
grupo de manifeste de forma enérgica e inequívoca contra o
compartilhamento de músicas cujos "donos" não querem compartilhar ou
estão impossibilitados de fazê-lo por questões contratuais. Isso
diminuiria a confusão e reduziria as chances do movimento ser
retratado como sendo um bando de adolescentes espinhentos que só está
interessado em baixar música de graça pela internet.



-- 
Ricardo Bánffy
http://www.dieblinkenlights.com
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a