2009/4/17 Koji Pereira <kojieume...@gmail.com>

> Mas você não acha que é interessante de ser gratuito para a pessoa comum?
> Vejo que ninguém mais quer pagar por música e por isso há tanta pirataria.
> Acho que cobrar apenas para uso comercial pode ser uma saída.
>

Dependo de onde você quer chegar. Se a sua meta é acabar com a pirataria,
talvez aumentar a acessibilidade do material a preços mais justos resolveria
o problema.

Se você quer fomentar o compartilhamento de música, o modelo do jamendo
parece bom o bastante.

Mas se você quer difundir a idéia de copyleft, o ideal seria um modelo que
viabilizasse o copyleft completo. Com a música, não há muito problema com o
copyleft parcial. Mas se as pessoas passarem a pensar nesse tipo de
licenciamento para o software, por exemplo, isso é um retrocesso. Seria o
equivalente às licenças de software que são liberadas para uso privado, mas
é preciso licenciar para uso comercial, sem fontes, sem muita liberdade.

Então o pessoal do software (que já está bem adiantado nesse modelo) não
deve se empolgar muito com a "liberdade" que o jamendo está trazendo para a
música. Mas o pessoal dá música deve considerar um grande avanço.

-- 
Glauber Machado Rodrigues
PSL-MA

jabber: glau...@jabber-br.org

música livre é bem melhor:
http://www.jamendo.com
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a