Ricardo Bánffy escreveu:
> Esse era exatamente meu ponto. Quebradeiras são um fato da vida e são
> um elemento importante de auto-regulação de qualquer mercado.
> 
> São como extinções em massa - daquela em que os dinossauros morreram e
> nós mamíferos nos demos bem ninguém reclama.
> 
> Evidentemente alguém vai desconsiderar o artigo na Forbes, uma vez que
> ela é um veículo da imprensa de massa a soldo dos grandes interesses.

Esse comentário do Banffy é muito perspicaz e inteligente, porém, alguém
pode ser também e considerar, sim, o artigo da Forbes, para ler nas
entrelinhas como as abóboras dos grandes interesses vão -- ou querem ir
-- se acomodando na carruagem da crise.

A propósito, sobre esse acomodar das abóboras, daquele outro site
alhures desprezado uma boa (e curta) análise pode ser encontrada em
http://solari.com/blog/?p=818&ref=patrick.net
> 
> 2009/4/21 Cláudio Sampaio <pat...@gmail.com>:
>> Será que as quebradeiras não apenas cumprem um papel importante na economia,
>> como são essenciais para o funcionamento do capitalismo contemporâneo?
> 


-- 
-------------------------------------------
prof. Pedro Antonio Dourado de Rezende /\
Computacao - Universidade de Brasilia /__\
tcp: Libertatis quid superest digitis serva
http://www.cic.unb.br/docentes/pedro/sd.htm
-------------------------------------------
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a