Concordo plenamente com o Peter. Estou usando o Ubuntu 9.04 e estou realmente "assustado" com o desempenho dele, inclusive no quesito Internet. E olha que eu uso um micromodem da TIM.

E um colega meu que usa WEBCAM já me disse que o USB é o grande companheiro do Ubuntu: se conectar qualquer dispositivo USB o bichinho reconhece, se configura e trabalha.

Quanto ao Kurumin, também fiquei bastante triste quando ele foi descontinuado. Mas o Morimot tinha todo o direito, pois o nível de contribuição dele foi inegável.

Fortes abraços a todos,

 

-- Marcus Vinicius --

"Havendo suficientes colaboradores,

Qualquer problema é passível de solução"

Eric S. Raymond A Catedral e o Bazar "

 

O passado é apenas um recurso para o presente"

Clave de Clau

 

"Ninguém é tão pobre que não possa dar um abraço;

e Ninguém é tão rico que não necessite de um abraço. Anônimo



Em 24/06/2009 11:16, Peter Senna Tschudin < peter.se...@gmail.com > escreveu:


Tem um problema de cultura nos integradores aqui no Brasil. Talvez isso afete integradores fora do país também mas só tenho contato com os integradores daqui.

Os integradores não fazem uma pesquisa sobre qual distribuição é mais usada e tentam aprender com isso. Tudo que é o mais usado tem duas vantagens: é mais barato e funciona de forma satisfatória.

Vejam um ranking de distribuições em: http://www.distrowatch.com/

Existem algumas distribuições Linux que são boas para usuário final, mas os integradores querem usar algo exclusivo, que só o integrador X possua. Imagina entregar um computador com Kurumin... Isso é ruim para o usuário final e para o Linux.

O que poderia ser melhor para o usuário final do que ter Ubuntu no computador ou notebook? O Ubuntu é uma das me lhores opções para o usuário final por causa do esforço da comunidade nos detalhes. Eu usei Ubuntu nos últimos 18 meses e agora voltei para o Fedora. O Fedora é ótimo para mim mas o Ubuntu é melhor para os não informatas. O Ubuntu é o melhor para entrar na briga com o Windows.

Pablo, eu não recomendaria nada de diferente de Ubuntu para um usuário final. Não recomendaria nunca um BSD like. Defendo que o primeiro contato do usuário com o mundo não MS tem que ser muito bom e acho que o Ubuntu é o que está melhor preparado para oferecer uma experiência legal para o usuário. Para nós não ter nem MSN nem WEBCAM pode ser algo sem importância mas para muita gente o PC não tem utilidade sem isso. O Ubuntu sabe das necessidades dos usuários finais e tenta resolver esses problemas. Fiquei impressionado quando conectei meu celular em um PC rodando Ubuntu e o Network Manager perguntou se minha operadora 3G era a Tim, a Vivo, a Claro ou a Brt... Aposto ( sem saber :-) ) que o seu PCBSD não faz isso out of the box.

Abraço!



2009/6/24 Claudia Archer <claudiarc...@gmail.com>
Caro,

Bom dia!

Já comprei 2 notes com linux, um em 2006 da amazon pc (não lembro a distro) e outro esse mês da philco (distro FENIX), o que observei nas duas ocasiões é que por melhor que seja a distro a instalção não é bem feita, por isso sugiro reinstalar e ver se não resolve todos os seus problemas.



2009/6/23 Takashi Tome <taka...@cpqd.com.br>
Car*s,
Acabo de ler um artigo, que falava sobre a (ainda) primazia do Win sobre o Linux, em termos de market share. A análise é que o Linux ainda encontra dificuldades no mercado de usuários domésticos.
Sei que muitos de vcs podem ficar irados, mas não é essa a minha intenção. Eu só quero ajudar. Afinal, sou usuário, faz tempo, do OO, MediaWiki, etc, e gosto muito deles.
Bom, o fato é que eu comprei, finalmente, um PC com Linux, uns meses atrás. A minha sensação foi de... decepção: Era ergonomicamente ruim de usar, embora a interface (Kurumin) parecesse muito boa. Depois de penar por algum tempo, porque estou acostumado com "o outro", e a lógica do Linux me era muito nova, vi que tinha 2 problemas - e é pra relatar sobre isso que vos escrevo.
1) O mouse tem comportamento irregular. No Windows, a gente consegue controlar facilmente o ganho do cursor, para adaptá-lo ao movimento de nossa mão. Mas eu não estava conseguindo fazer esse ajuste no meu PC. Até que um dia...
um dia, acidentalmente, descobri qual era o problema: era o próprio mouse! (o hardware). O problema é que, como comprei o micro "em conta", a loja (que é uma grande loja) me vendeu com uns acessórios de 3a. categoria. Putz! Fico pensando em quantos usuários incautos, que estão comprando micros com configuração igual à minha, não estão xingando o Linux, quando na verdade o problema é com o HW, não com o SW...
2) O outro problema que estou tendo é com o Linux mesmo. No Windows, estou acostumado a instalar/desinstalar programas usando a própria interface gráfica. No Linux, tenho que me logar como administrador, aí acabo perdendo as facilidades da interface gráfica. Eu entendo a cautela dessa separação de identidades usuário/administrador, mas para a maioria dos usuários que estão acostumados com o jeito windows de fazer as coisas, essa limitação é um aborrecimento, não um ganho. Gostaria de poder fazer tudo pela interface gráfica...
Bom, como eu disse, estou escrevendo isso apenas no intuito de ajudar, pois respeito bastante o trabalho de todos vcs.
[]s
Takashi




--
Claudia Archer

"...nós não somos livres para deixar de ser livres" (Jean-Paul Sartre)
Linux counter #327048


_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil


_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a