2009/6/30 rafael <rafaelcro...@gmail.com>:
> É triste em um momento como esse ter que escutar comentários de cunho
> fascista nessa lista... Nem queria intervir, mas realmente fico
> sensibilizado com uma argumentação tão cara-de-pau...

Você quase godwinou esse thread. Para referência futura, você teria
que ter me chamado de nazista.

> Enquanto tivermos esses babacas aos quais o software livre é só um modelo
> novo de negócios pros espertos fazerem dinheiro fica difícil...

"Babaca" é uma ofensa nova pra mim. Não me lembro de ter sido chamado disso.

> Realmente... Dá pra ver que nosso amigo é muito inteligente... De repente é
> o povo desarmado, que quis se expressar num plebiscito que esta dando um
> golpe contra o exército formado na Escola das Américas, que cometeu inúmeras
> violações dos direitos humanos quando foi usado pelos EUA para intervir na
> Nicarágua. Junto dos coitados do exército estão as indústrias farmaceuticas,
> e uma parcela dos Republicanos através de figuras como Otto Reich..

O que diabo as indústrias farmacêuticas tem com isso?

> Você entende alguma coisa? Você entende que uma ordem nao é ilegal até ser
> julgada?

Péee. Errado. A ordem é claramente ilegal se ferir a letra da lei. A
lei aprovada pelo congresso proibia plebiscitos 180 dias antes de uma
eleição e o presidente Zelaya resolveu fazer um, ignorando a lei.
Isso, Rafael, é uma crise institucional.

> Que um presidente é o comandante em chefe das forças armadas. Que
> não há maior quebra de hierarquia que a insubordinação de um general.

Nenhum governo está acima da lei e é a obrigação maior de um militar é
defender a constituição e, se necessário, defendê-la de seu
presidente. Um militar não é obrigado a obedecer uma ordem ilegal. Ele
deve se recusar a obedecê-la e ser julgado por insubordinação por uma
corte marcial.

> Depois de tudo isso - de se indispor com o judiciário, o legislativo e
> as forças armadas,
>
> equeceu dizer: com os milionários, os narcotraficantes. a indústria
> farmacêuticas, as máfias

Curioso você achar que o voto que elegeu Zelaya seja mais legítimo e
representativo da vontade do povo que o voto que elegeu o congresso
que votou as leis que ele ignorou.

> Pra mim fica a lição que nenhum presidente está acima da lei.
>
> Isso, se ele esta contra os ricos ele fica rapidinho fora da lei e pode ser
> derrubado, certo?

Errado de novo: Se ele passar por cima das leis ele fica fora da lei.
Muito divertido você ficar aí dizendo que o presidente pode tudo,
desde que seja uma coisa popular ou contra os ricos. Lei é lei e tem
que ser igual para todos. Defender ações ilegais só porque elas são
populares (ou não) é hipocrisia.

> Esperar a poeira assentar e aceitar o golpe... ksksks

É uma questão interna de Honduras. Você quer ir lá pegar em armas? Ou
vai ficar daqui criticando atrás da segurança do seu computador?

> Isso, esse golpe serve para dar uma lição aos presidentes que queiram
> convocar consultas populares (não vinculante no caso)

Uma consulta popular não vinculante, mas com peso político. E ilegal,
porque o congresso votou uma lei que proibia esse tipo de consulta tão
perto de uma eleição.

Pro caso de você não ter entendido, lei eleitoral é coisa seríssima e,
se for para ser mudada, deve sê-lo livre de pressões políticas.

> ksks o mais ridículo é esse blog indicado. Se diz nacionalista e de
> esquerda. Mas reafirma a tese da pior direita de que o joão goulart foi o
> responsável por sua própria queda pois andava com a direita golpista. Acusar
> a vítima....

É fútil discutir o que teria acontecido se Jango tivesse feito isso ou
aquilo. O que aconteceu em 64 está bem registrado. Olhando daqui, de
2009, alguns dos erros cometidos antes do golpe ficam mais claros do
que na época.

Nada como o tempo para nos ajudar a entender o que aconteceu.

> Zelaya volta na quinta. O povo o espera!

E se ele conseguir o plebiscito, aprovar a re-eleição e se re-eleger
de novo, de novo e de novo pelos próximos 20 ou 30 anos? Ele vai ter
sido o que? Terá mostrado que o presidente hondurenho pode passar por
cima do legislativo e do judiciário. Isso faz dele o que?

Isso, Rafael, é um ditador.

Espero que Honduras tenha as leis e as instituições necessárias (e o
povo hondurenho a maturidade necessária) para lidar com isso.

-- 
Ricardo Bánffy
http://www.dieblinkenlights.com
http://twitter.com/rbanffy
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a