On Saturday 18 July 2009, Omar Kaminski wrote:
> http://www.techcrunch.com/2009/06/16/want-the-kindle-source-code-you-can-ha
>ve-it/

"Impressive"

(Antes de mais nada: Omar, não é sobre esse e-mail específico, nem nada com 
você - minha resposta é um desabafo sobre o ponto em que chegamos,e talvez, um 
pouco mais de informação que eu pensei que todos aqui tivessem)

Estou realmente admirado pela desinformação, mesmo entre as pessoas aqui.

Acamaos de atingir um marco da nossa distopia cyberpunk real: 
O editor aperta um botão, e livros, legalemten adquiridos,q ue estavam a em 
"posse" dos leitores, são sumariamente apagados. 

Eu não escrevi anda mais elaborado por que achei que isso fosse chocante o 
suficiente para todos - é de fato dificil, quando se percebe a real extensão 
desse gesto - achar algo  para descrever o quanto isso é hediondo.

Então eu tomo o silêncio dos outros pela  mesma coisa - tão atônitos pelo ato 
em si que nada tem a acrescentar.
Mas essa resposta específica - o link para parte do software que roda no 
kindle - me mostra que talvez não seja assim: que provavelemente muitos, mesmo 
entre os participantes deste fórum, não tenham percebido o real alcance disso 
.

 Tem a ver com uma paradoxal continuidade da centralização dos meios de 
distribuição de informação - e consolidação desse poder em não só distribuição 
mas também no poder de apagar de volta oque já foi destruido, controalr quando 
e que trechos cada um pode ler/assistir de uma obra, e achar que isso e 
correto.

Talvez seja o moemnto apropriado apra dar uma olahda no conto de "ficção 
científica" de R. Stallman "The Right to Read" e perceber que estamos chegando 
lá -- bem rápido. Não só com todo o público geral que nem tem conhecimento do 
que se passa, mas também por conta da co-optação, mesmo das pessoas que sabem, 
em teoria, o que se passa, que vão em frente todas felizes com seus Orwelianos 
iPhones e outras engenhocas que permitem ao provedor original dO Software, 
apagr e revogar s direitos dos protadores do  aprelho, remotamente.



O fato é que é muito simbólico que isso tenha acontecido justamente com o 
1984.

http://www.gnu.org/philosophy/right-to-read.html
e a tradução aqui:
http://www.gnu.org/philosophy/right-to-read.pt-br.html
(Esta  tradução aliás foi minha primeira contribuição formal para o S.L. - 
mas o texto em inglês tem uns comentários do RMS de 2007 que não estão na 
tradução, entre os quais uma frase no mínimo interessante:

"The FTAA was effectively killed by Lula, President of Brazil, who rejected 
the DMCA requirement and others."

Seria bem legal, se não fosse o fato de que o pior da DMCA já está incorporado 
em nossa lei de direitos autorais,  e "fully operational".

  js
  -><-

> []s
>
>   ----- Original Message -----
>   From: Cláudio Sampaio
>   To: Projeto Software Livre BRASIL
>   Sent: Saturday, July 18, 2009 03:22
>   Subject: Re: [PSL-Brasil] Ironia: cópias de 1984 (e Revolução dos Bichos)
> removidas de Kindles, pela Amazon
>
>
>   2009/7/17 Ricardo Bánffy <rban...@gmail.com>
>
>     Oh... A ironia...
>
>    
> http://pogue.blogs.nytimes.com/2009/07/17/some-e-books-are-more-equal-than-
>others/
>
>     Pena que não exista nenhum outro leitor de e-books que:
>
>     - tenha teclado
>     - tenha um navegador
>     - acesse a internet (preferivelmente fora dos EUA também)
>
>     Não pode ser tão complicado fazer um, pode?
>
>   Well, WE FOUND it for you!
>
>   (Cliquem no link e irão entender...)
>
>   --
>   de nada vale
>   erguer mãos e olhos
>   para um céu tão longe,
>   para um deus tão longe
>   ou, quem sabe? para um céu vazio.
>
>   (Carlos Drummond de Andrade, "Coisa Miserável")


_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil

Responder a