O pessoal da Solar, na Argentina, tem uma proposta parecida:
http://www.queridocandidato.org.ar/

Abraços!


2009/8/15 isab...@northxsouth.com <isab...@northxsouth.com>

> Aproximando de epoca de eleicao, que tal criar um site listando
> politicos que possuem software livre como proposta?
> Ou melhor, criar as duas listas, quem favorece software proprietario e
> quem favorece sofware livre ?
>
> É uma forma de precionar, divulgamos o site para as comunidades e a
> pessoa pode tomar sua propria decisao sobre em quem votar.
>
> Abracos,
> Isabela
>
>
> Silas Silva wrote:
> > On Fri, Aug 14, 2009 at 02:37:55PM -0300, Anahuac wrote:
> >
> >>> Então a defesa de que devemos excluir os debates partidários na lista
> >>> é muito acertada. Assim dá para a gente conversar com todos os
> >>> partidos - com qualquer deles que estiver "dando as cartas" no
> >>> momento.
> >>>
> >> Concordo com praticamente tudo o que você escreveu acima.  A lástima é
> >> você engrossar a fila dos que insistem em desviar o tema original
> >> desta Thread: o governo de São Paulo - PSDB - abriu as pernas para a
> >> Microsoft!
> >>
> >
> > Salve senhores.
> >
> > Muito complicado a posição de muitos governos da utilização dos recursos
> > públicos para os mais diversos programas: educação, administração
> > pública, inclusão digital, etc.
> >
> > Especialmente em educação e inclusão digital, a utilização do software
> > proprietário é ainda mais lamentável. Somente o software livre pode ser
> > utilizado com esse intuito, com seu modelo de desenvolvimento voluntário
> > e social, e com a possibilidade de ser modificado para atender às
> > exigências do usuário. Penso em pouquíssimos casos onde o software
> > proprietário ainda é necessário, e talvez seja falta de informação de
> > minha parte o conhecimento de soluções livres nestas áreas. Ora, não é
> > de hoje que o governo do PSDB, em especial (mas não exclusivamente),
> > beneficia a maligna de Redmond.
> >
> > Agora, arriscando-me a voltar para o debate sobre partidarismo ou não
> > (sem colocar tudo isso em uma nova thread), as políticas relacionadas à
> > adoção de software livre na esfera pública, passam diretamente pela
> > tomada de decisão dos que ocupam os cargos dessa esfera. Isto e aquilo
> > são duas faces da mesma moeda e fragmentar a discussão em torno de um ou
> > de outro eixo só radicalizará ou despolitizará a questão.
> >
> > Neste caso, para evitar maus entendidos, que se dê nome aos bois, pois
> > não dá pra ficar fazendo críticas ao vento. Os culpados devem ser
> > apontados.
> >
> > Por favor, não confundam apartidarismo e anti-partidarismo.
> >
> > Um abraço.
> >
> >
>
>
> --
> isabela fernandes bagueros
>
> 415.887.7690 tel
> 415.283.5285 cel
>
> san francisco, california
> http://www.northxsouth.com/
> north by south international
>
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil
>



-- 
Two things are infinite: the universe and human stupidity...and I'm not sure
about the universe.
- Albert Einstein
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

Responder a