(*) Sobre o evento na UTN

Relevante aqui é a estrutura da discussão. Qualquer argumento que não
questionar a estrutura da discussão, será uma perda de tempo, porque
podemos fazer concluível qualquer absurdo salvo que aceitemos as
premisas apropriadas.

Defino `universidade' como um lugar onde pessoas se reúnem para
desenvolverem a si e suas comunidades --- no mínimo intelectualmente.
Não tenho interesse em discutir nem mesmo como tal lugar é
financiado. São as pessoas que lá convivem que me interessam.

Se, seja quais forem os motivos na superfície do problema, não se pode
garantir a liberdade das pessoas, que tais motivos sejam eliminados.
Sejam eles um contrato, uma lei, ou qualquer outro. Não importa a
legalidade do contrato, ou a sensatez comercial do programa educação
corporativo.

Não aceito que uma entidade assine um contrato que garanta sua própria
opressão. Independente do porquê que permiti, à partir do momento que
percebo a realidade onde me encontro, e percebo que ela me oprime,
rejeito imediatamente qualquer estrutura que aceite direta ou
indiretamente esta opressão.

Este último parágrafo vem propositalmente na primeira pessoa, e a
mensagem propositalmente sem qualquer citação prévia. Esse é um tópico
onde convencer as pessoas é contrário ao objetivo desejado. Que as
pessoas convençam a si próprias, ou jamais entenderemos o que
desejamos da palavra `liberdade.'

(*) Os documentos 

Relevante também são os contratos assinados e a legislação da
universidade. Não podemos realmente julgar o evento sem os verdadeiros
fatos. Alguém possui cópias dos documentos em questão? Pode jogar no
meu e-mail, por favor? Obrigado.

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

Responder a