2009/10/15 rafael <rafaelcro...@gmail.com>:
> Ricardo Bánffy escreveu:
>
> Há uma enorme diferença entre proibir que se viaje a um destino
> específico como parte de um extremamente ineficaz embargo econômico e
> proibir de se viajar a qualquer lugar que se queira ou precise.
>
>
> qual?

No primeiro você pode ir a qualquer lugar, até mesmo fixar residência
em outro país, desde que não saia diretamente dos EUA em direção a
Cuba. No segundo você não pode sair do seu país, ponto.

Eu entendo precisar pedir autorização para _entrar_ em outro país que
não é o da minha cidadania - eu posso não ser bem-vindo, por exemplo -
mas achar normal e correto ter que pedir autorização pra _sair_ do meu
próprio país é o fim da picada. E se eu não gostar mais do meu país? E
se eu quiser mudar de ares?

Preciso mesmo dizer a diferença entre uma coisa e outra?

> Um cidadão americano que queira mesmo ir especificamente a Cuba tem
> como. Um cubano que queira sair de Cuba nem tanto.
>
>
> Mentira. Mesmo cidadão estadunidenses de origem cubana com família em Cuba
> não pode ir dos EUA a Cuba. O que as pessoas fazer é driblar isso passando
> pelo Canadá ou pelo México.
>
> http://wikitravel.org/en/Americans_in_Cuba

Não é exatamente um enorme transtorno ir ao Canadá ou ao México antes
de ir a Cuba para violar um embargo que quase ninguém respeita de
qualquer modo. Pelo menos é possível.


-- 
Ricardo Bánffy
http://www.dieblinkenlights.com
http://twitter.com/rbanffy
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

Responder a