On Feb  2, 2010, Denis Galvão <denisgal...@gmail.com> wrote:

> On 30/01/2010, at 01:52, Alexandre Oliva wrote:

>> Infelizmente, vários telefones, TVs, consoles de jogos e tantos outros
>> computadores disfarçados estão seguindo os mesmos passos opressores.

> Passos opressores? Será que não estaríamos exagerando?

Acho que não.  Toda restrição artificial e arbitrária é opressora.

Você parece achar normal alguém ditar o que você pode ou não fazer para
melhor atender aos interesses desse alguém, em detrimento dos seus.  Eu
não acho.  É só uma versão limitada de escravidão.  O fato de ela ser
limitada não a torna mais aceitável.

Imagine o fabricante do console de jogos decidindo quais jogos você pode
jogar, e quando/quanto pode jogá-los.  Nem precisa imaginar muito, isso
já acontece hoje.

Imagine o fabricante do telefone celular decidindo quais telefones você
pode chamar, de quem você pode receber mensagens de texto, quais
programas utilitários vai poder instalar nele, quais canções e vídeos
vai poder armazenar nele e ouvir ou ver através dele.

Imagine o fabricante da televisão decidindo quais programas você pode
assistir.  Não porque a TV não pegue esse ou aquele canal, mas porque o
fabricante quer cobrar mais pela TV que exiba determinados programas.

É esse o caminho que estão propondo.  E nós é que estamos exagerando?

> Este seu paráqgrafo deixa claro algo para mim. Porque "Tramóiontina" e
> não Tramontina?

Porque a Tramontina nunca fez algo parecido, que eu saiba.

Na história hipotética que contei, quem fez estava armando, tramando
contra o consumidor.  Daí o nome fictício, com referência a um inocente
fabricante de talheres que, segundo sua lógica, não estaria fazendo nada
de errado em entrar também no mercado de abridores de envelopes,
impedindo os compradores de suas facas de usá-las para abrir envelopes,
e os compradores de abridores de envelopes para abrir facas, ainda que
seja o mesmíssimo produto com embalagens diferentes.

Imagine se alguém tentasse vender pra você um computador com um servidor
de e-mail instalado, dizendo “você não pode instalar nenhum outro
programa nele”.  Aí, no outro dia, você precisa de um servidor de DNS,
eles vendem outro computador, com servidor de DNS instalado, com a mesma
restrição.  Logo depois, você precisa ligar uma impressora, um disco
externo, um roteador sem fio, e pra cada um deles você precisa comprar
um computador diferente, bloqueado por tivoização e por contrato.  Você
acha isso bonito?

-- 
Alexandre Oliva, freedom fighter    http://FSFLA.org/~lxoliva/
You must be the change you wish to see in the world. -- Gandhi
Be Free! -- http://FSFLA.org/   FSF Latin America board member
Free Software Evangelist      Red Hat Brazil Compiler Engineer
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

Responder a