2010/2/5 Denis Galvao <denisgal...@gmail.com>

> Eu não queria, mas vou falar...
>
> Quando lançam o iPad choram porque é cheio de restrições e jogada de
> marketing e etc.
>
> Quando abrem o SymbianOS choram taxando a atitude da Nokia.
>

> É disso que eu estou falando amigos.
>
> Tlvz a reação correta seria, q bom a Nokia abriu o código de um de
> seus softwares, estamos ganhando força!
>

Eu não sei o que achar dessa notícia. Se for realmente uma atitude
desesperada, e ela resolveu liberar o código apenas como último recurso, eu
tenho coisas melhores para comemorar. O SL não é um time que eu torço por
esporte.

Eu realmente não me importo se o SL ganha ou perde força. Realmente, eu não
me importo. O que me importa é a motivação desse movimento. De acordo com
sua motivação eu vou me preocupar se ele deve ganhar ou perder poder.

Isso é meio subjetivo, mas eu vou tentar explicar porque eu penso assim:

Eu realmente não acho que existam coisas boas ou ruins. Não entenda isso em
termos de yin-yang, não estou dizendo que nem tudo é totalmente bom nem
totalmente mau. Estou dizendo que não existem quantidades bontade ou maldade
em nada: objetos, atitudes, nada.

Acredito apenas em forças e objetivos. O que entendemos por bom ou mau, ao
meu ver, é apenas a propriedade que determinados eventos têm de nos
aproximar ou afastar do que queremos. Se nos ajuda é bom, se atrapalha, é
mal. As pessoas que são consideradas boas são aquelas cujo plano de
favorecimento inclui mais pessoas além de si próprias. Quanto mais pessoas
incluídas no plano, mais bondosas as pessoas são consideradas.

Então existem as forças, que podem ser fortes ou fracas na medida da sua
capacidade de influenciar eventos. Como não existe bondade e maldade em
nada, tudo que tem poder de potencializar o bem, também tem o poder de
potencializar o mal. Pelo menos para mim, isso explica muita coisa.

Já que o software livre é uma força poderosa, eu me preocupo se os objetivos
dos operadores dessas forças  incluem os planos de mais pessoas, inclusive o
meu. O simples fato de mais uma pessoa operar a força do software livre não
é suficiente para me fazer feliz, resta saber suas motivações.

Acredito que o Pablo tenha pensado nesses termos quando comentou a notícia.


-- 
Existe mais de uma maneira de chegar lá

Glauber Machado Rodrigues

skype: glauber.rodrigues
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

Responder a