2010/2/20 Ricardo Bánffy <rban...@gmail.com>:

>
> Falar em acesso universal em um país em que uma fração enorme da
> população não tem como comprar um computador é um tanto quanto
> curioso. E, dos que tem como comprá-lo, uma pequena fração deles o usa
> para se informar e uma fração menor ainda o usa como uma ferramenta
> para cultivar uma democracia mais direta.
>

Então .. só pra tomar cuidado antes de fal,r e ajudar a gente a se embasar:
o "não tem como comprar um computador" á bastante senso comum, pra
todo mundo, não é?
Bojm, uma vez estive nu,a residência numa vila na periferia de
Aracaju... a casa e as pessoas bastante, ams bastante simples mesmo --
o público que "não tem como comprar computador" que agetne diz...na
vila faltavam algumas coisas  de infraestrutura básica -- mas na casa
tinha dois computadores.
Não sei qual era a conexão à internet lá - talvez fosse discada.

Os adolescentes da cas, faziam o mesmoq eu os adolescentes de classe
média: Orkut e MSN.
Então, faz sentido sim, falar em acesso universal, quando voc epode
falar em um computador que custa 20 X de R$25.00 .
E oq eu agetne tem que dar um jeitod epensar é como transformar a
participação nas redes sociais mais "pop" - (msn/orkut) em algo que
seja proveitoso e importante para esses adolescentes, suas familia,
comunidades, para a economia e para o país.- Essa é a parte difícil.
mesmo que o desktop seja "linux", essa continua sendo a parte difícil.
(e por favor, não me pre-julguem por er escrito "proveitoso" ali - a
definição de "proveitoso" nesse contexto está em aberto também)


   js
  -><-
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

Responder a