>
> Falar em acesso universal em um país em que uma fração enorme da
> população não tem como comprar um computador é um tanto quanto
> curioso. E, dos que tem como comprá-lo, uma pequena fração deles o usa
> para se informar e uma fração menor ainda o usa como uma ferramenta
> para cultivar uma democracia mais direta.
>

O problema é que não ter(condições) como comprar, não significa que elas não
comprem, uma grande fração não tem a menor educação financeira, e a falta de
educação financeira não se restringe a classe D,E ou F...
Elas compram um computador, mas continuam a não aproveitar o potencial
informativo e esclarecedor para democracia que a internet possui, muita gnt
tem acesso a internet, e talvez nem saiba quem é o tal ARRUDA.
 No Pará existe o http://www.navegapara.pa.gov.br/ , vocês conhecem, estou
citando pois estamos falando de Plano Nacional de Banda Larga...


Em 22 de fevereiro de 2010 10:46, Julian Carlo Fagotti <
jul...@celepar.pr.gov.br> escreveu:

> Agência Reguladoras X Estatal
>
> As Composições das Agências Reguladoras feitas junto com as privatizações
> tem uma participação muito grande da próprias teles e poucos mecanismos de
> participação dos consumidores.
> Essa idéia de Agência Regulador forte era proposta do José Genuíno (PT-SP).
> Mas era moda privatizar, e rápido. Deu as agências que temos hoje. Creiom
> que os modelos de estatais possam ser tão aperfeiçoados quanto os modelos
> privados. O trabalho do Mazoni na Celepar é uma prova disso.
> Temos que lembrar que foi feita duas coisas ao mesmo tempo e o pessoal
> mistura as bolas. Foi quebrado o monopólio, e foi privatizado. Deixamos de
> viver um monopólio estatal para viver um truste privado.
> Uma estatal, que será também ser orientada pelas condições da Agência
> Reguladora é um elemento de copetitividade que pode quebrar o truste.
>
>
>
>
> Em 20/02/2010 às 10:51 horas, psl-bra...@listas.softwarelivre.orgescreveu:
>
> 2010/2/19 isabela :
>
> > Soh para completar esse email do julian;
> >
> > O PIG fica fazendo isso porque sabe que com internet acessivel para toda
> a
> > populacao do pais vai fazer com que aquelas pessoas passivas que ficavam
> > grudadas no sofa assistindo novela apos novela, virarem agentes ativos de
> > comunicacao que terao  acesso a uma fonte infinita de informacao.. nao
> > apenas as do PIG
>
> Falar em acesso universal em um país em que uma fração enorme da
> população não tem como comprar um computador é um tanto quanto
> curioso. E, dos que tem como comprá-lo, uma pequena fração deles o usa
> para se informar e uma fração menor ainda o usa como uma ferramenta
> para cultivar uma democracia mais direta.
>
> Precisamos tomar cuidado com isso - democracias representativas servem
> para que escolhamos representantes/especialistas que devem estudar a
> fundo as questões sobre as quais devem decidir em nosso nome, porque
> muitos de nós não tem tempo ou bagagem para decidir sobre algumas
> coisas. Eu, por exemplo, cometeria barbeiragens atrozes no campo da
> educação se deixassem essas decisões para mim. Democracias diretas
> também significam que quem não sabe do que está falando tem o mesmo
> tanto de voz, quando não mais, do que quem sabe. Isso é perigoso. Quem
> discordar, que atire o primeiro ditador populista.
>
> > Por isso atacam CONFECOM, PNDH3, plano nacional de banda larga etc....
>
> São questões muito diferentes, atacadas por motivos diferentes por
> populações compostas de grupos diferentes. Eu, por exemplo, detesto a
> idéia de mais uma estatal pra fazer o que concessionárias deveriam ser
> obrigadas a fazer. Também detesto quando alguém quer legislar sobre o
> que pode e o que não pode ser opinado.
>
> Ou, como dizem, eu posso não concordar com sua opinião, mas vou brigar
> pelo seu direito de manifestá-la. Eu espero o mesmo de você e de todos
> os outros nesse grupo.
>
> > (o plano nacional de banda larga rola tambem um ataque porque estao
> correndo
> > o risco de ficarem sem uma fatia do bolo - ou seria melhor dizer o bolo
> > todo?? - se for feito por uma estatal e nao pelas multinacionais que o
> PIG
> > adora e que mandam o dinheiro todo pra fora do pais ao inves de
> investirem
> > no servico no Brasil)
>
> De novo, isso não seria melhor resolvido por uma agência regulatória?
>
>
>
>
> --
> Ricardo Bánffy
> http://www.dieblinkenlights.com
> http://twitter.com/rbanffy
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil
>
>
>
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil
>
>


-- 
Alex Barros
Engenharia da Computação
UFPa
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

Responder a