"O sistema TELEBRÀS e as Teles (como a EMBRATEL) nunca deram prejuízo, pelo
contrário. Sempre foram empresas altamente lucrativas."

Citation and stats needed.

2010/2/23 Marcelo D'Elia Branco <marc...@softwarelivre.org>

> Citando Ricardo Bánffy <rban...@gmail.com>:
>
> A título de esclarecimento:
>
>
>  uma estatal que vai
>
>> acabar, mais dia menos dia, sendo privatizada depois de décadas de
>> prejuízos
>>
>
> O sistema TELEBRÀS e as Teles (como a EMBRATEL) nunca deram prejuízo, pelo
> contrário. Sempre foram empresas altamente lucrativas.
> A EMBRATEL, por exemplo, quando foi prvatizada pelo FHC era a 5 empresa de
> Telecom mais lucrativa do mundo. Os serviços do sistema Telebrás (com
> exceção do Rio - Telerj) tinham indicadores internacionais de qualidade de
> serviços comparáveis ao primeiro mundo. Claro que tínhamos uma demanda
> reprimida e um tempo de instalação dos serviços MUUUIIITTO alto devido ao
> modêlo de susbídio cruzado que vigorava na época. O sistema TELEBRÁS nunca
> foi acusado de ser um cabide de emprego...mesmo na campanha pela
> privatização. Os argumentos para privatizar eram outros.
>
> Claro que o modêlo daquela época (monopólio estatal) não se aplica mais pq
> os serviços e o modêlo de negócios das operadoras em todo mundo mudaram
> muito. Quando o sistema TELEBRÁS foi privatizado, com exceção dos EUA, nos
> demais países do mundo também se convivia com o monopólio Estatal. A
> privatização aqui seguiu uma onda mundial chamada "desregulamentação".
>
> O problema agora é que o monopólio estatal foi substituido pelo monopólio
> privado. Praticamente não existe concorrência...
>
> Eu sou, atualmente, contra a reestatização do setor. Mas não vejo problema
> que o Estado (ou Estados e municípios) também tenham alternativas públicas
> que convivam com o setor privado. O município de Piraí é um exemplo
> internacional de inclusão digital e a alternatia adotada foi do município
> oferecer praticamente todos os serviços de Telecom. Em Porto Alegre também
> temos a INFOVIA da PROCEMPA (empresa municipal) oferecendo serviços de
> telecom e convivendo com a iniciativa privada sem problemas.
>
> Eu não conheço ainda o modêlo e as atribuições da possível nova TELEBRÁS
> para sair dando patada contra ou dando apoio irrestrito.
>
> Por isso, eu acho que o debate aqui está sendo feito mais em cima de visões
> ideológicas do que em cima do fato concreto.
>
>
>
> Marcelo
>
>
>
>
> -------------------------------------------------------------
> Associacao Software Livre.Org - http://www.softwarelivre.org/
>
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil
>
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

Responder a