On Wed, 2010-02-24 at 17:55 -0300, Pablo Sánchez wrote:
> Em 24 de fevereiro de 2010 17:52, Ricardo Bánffy <rban...@gmail.com> escreveu:
> > No caso da iniciativa privada, um mercado competitivo é uma das coisas mais
> > impiedosas que a humanidade concebeu. Estatais estão imunes a "pressões
> > evolutivas" como essas.
> 
> Justamente, porque o fim delas é o investimento social, e não financeiro. ;-)

Elas tem que ser eficientes mesmo assim. Se o objetivo é fazer sistemas
de informação, o que interessa é que seja cobrado um valor justo, que os
sistemas sejam bons, etc. Não interessa se a DATAPREV tem "função
social", ela durante muito tempo foi incrivelmente ineficiente (se bem
que recebia quase nada, então o custo benefício podia ser bom). Quem
sofria com isso eram os beneficiários do INSS.

A questão é quem proveria a melhor banda larga com a verba disponível e
as fibras no longo prazo? As empresas que já estão aí de
telecomunicações para cumprir normas da Anatel? A Telebrás? Ou talvez
novas empresas junto com as empresas já existentes com o incentivo
adequado?

Um abraço,

Luciana Fujii

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

Responder a