Em 26 de fevereiro de 2010 00:17, Cláudio Sampaio <pat...@gmail.com> escreveu:

> Eu acho muito bom que algumas pessoas nos dêem suas opiniões. Se a opinião
> for relevante, qual o problema? Tem gente que é dada a opinar, quem disse
> que existe um limite arbitrário acima do qual elas são indesejadas? Achei
> essa sua colocação bastante rude. A lista vai estabelecer uma quota de
> contribuições, né? Imagina se isso fosse aplicado a outros escopos, como um
> sujeito que envia muitos patches pra um projeto ter suas contribuições
> barradas com uma quota máxima de linhas de código.
> Patola

Patola, apenas para não polemizar, vou apenas deixar mais claro ainda
o que eu disse:
Não existe cota de mensagens (óbvio), e nem eu estou propondo nenhum
tipo de limite. Até onde eu sei, ninguém está propondo isso e nem a
lista terá essa cota.
Com excessão das regras da lista constantes naquele link que eu
enviei, a minha mensagem expressa minha opinião sobre o assunto.

Abraços,

-- 
Paulo Henrique de Lima Santana
www.phls.com.br
Tel. (41) 9638-1897
icq: 86344835 msn: phl...@hotmail.com
GNU/Linux user: 228719  GPG ID: 0443C450
.
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

Responder a