Entendi Joao e pelo que vejo parece uma guerra sem data para fim. E difcil
entrarna cabeca de empresarios que podemos lucrar com software livre somente
cobrando pelos servicos prestados e nao pelo software.

Em 4 de março de 2010 14:24, Joao S. O. Bueno <gwid...@mpc.com.br> escreveu:

> Pessoal --
>
> estou notando uma confusão grande entreo que é patente de software e o
> que é código livre.
>
> Ambas as coisas são do campo artifical de "Propriedade Intelectual".
> As licenças tem a ver com direito de autor: essa nós conseguimos
> subverter e usar a nosso favor, quando queremos um mundo em que não se
> empregeu uma grande quantidde de esforço parar criar escassez
> artificial de recursos culturais.  - que é o mundo do licencimento
> privativo.
>
> Já "Patentes" são algo tão perverso, e tão mais perverso quando
> aplicado a bens culturais, como algorítmos de software, que levadas ao
> pé da letra simplesmente impediriam o desenvolvimento de _qualquer_
> software em países em que patentes de software são válidas: a patente
> [s spbre uma idéia de como fazer, não sobre o "como é feito".
>
> Então, se alguém patenteia um "métodoe  processo para exibir
> automaticamente ao usuário miniaturas de fotos quando um dispositivo
> periférico é ligado ao PC" - você não pode fazer nenhum programa que
> faça isso sem violar essa patente.
>
> Não adianta você começar a fazer um programa do zero - estará violandoa
> patente.
>
> No Brasil, estritametne falando, patentes de software não são válidas.
> No entanto as grande s emrpesas de software tem continuamente minado
> isso patenteando softwares comg raus variados de subterfurgio, para,
> em algum momento querer clama-las como válidas (esse é oprocesso que
> ocorreu nos EUA) - os subterfurgios variam de simplesmetne tentar
> aprovar a patente na cara dura, a dizer que ela está em maior ou menor
> grau acoplada a um dispositivo físico.
>
> Então, de fato, ninguem vai ver uma distribuição GNU/Linux ou
> Android/Linux totalmentelivre de patentes, por que o conceito é tão
> falho, que qualquer peça de software infringe potencialmente várias
> patentes.
> Só que é tão inviável e subjetiva a classificação que a coisa vai
> passando, exceto para algumas patentes mais "high profile", por
> exmeplo as idéias para algum estilo de codificação de vídeo ou de
> áudio - de tal forma que seja impossível decodificar algusn tipos de
> arquivo multmídia sme implementar o algoritmo descrito na patente -
> daí os formatos multimidia com prolbemas de patente De novo, esse
> problema de patentes não afeta o Brasil, mas háuma rpessão
> internacional crescente para que todos os países passem a adotar o
> modelo que favorece as multi-mega-empresas - que tem dinheiro para ter
> um departamento jurídico para tratar de patentes.
>
>
>   js
>  -><-
>  2010/3/4 cristiano furtado <cristianofurtad...@gmail.com>:
> > Eu gostaria de ver sinceramente uma empresa que esteja utilizando uma
> versão
> > linux 100% livre de patentes até para servir como exemplo. Não conheço
> > nenhuma.
> >
> > Em 4 de março de 2010 11:11, Joao S. O. Bueno <gwid...@mpc.com.br>
> escreveu:
> >>
> >> 2010/3/4 cristiano furtado <cristianofurtad...@gmail.com>:
> >> > O ruim de tudo atualmente é encontrar notebooks ou Pcs que possamos
> >> > utilizar
> >> > 100% Livre. Uma vez no Latinoware vi o Oliva tentando conseguir senão
> me
> >> > falha a memoria um modem para acesso que houvesse driver livre :).
> Vemos
> >> > inclusive que todo mundo precisa acessar a uma rede 3G ou wireless e
> >> > ainda a
> >> > grande maioria não tem drive free. Alguem ja tentou fazer um
> >> > levantamento de
> >> > notebooks que funcionam 100% com drivers livres de patentes?
> >>
> >> No Braisl,100% dos drivers são livres de patentes.
> >> E nos EUA, Japão, etc..100% dos drivers vão implementar dezenas de
> >> técnicas patenteadas.
> >>
> >> Patentes de software são um problema a parte - a questão é o
> >> licenciamento do software ser livre ou não.
> >> _______________________________________________
> >> PSL-Brasil mailing list
> >> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> >> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> >> Regras da lista:
> >>
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> >> SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
> >> http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil
> >
> >
> >
> > --
> > -------------
> > Atenciosamente,
> >
> >
> > Cristiano Furtado dos Santos
> > Analista de sistemas Unix
> > Salvador - Bahia
> >
> > http://www.ekaaty.org
> > Ekaaty Linux Educacional um novo futuro para educação no Brasil.
> >
> >
> > _______________________________________________
> > PSL-Brasil mailing list
> > PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> > http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> > Regras da lista:
> > http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> > SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
> > http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil
> >
> >
> _______________________________________________
> PSL-Brasil mailing list
> PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
> Regras da lista:
> http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
> SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
> http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil
>



-- 
-------------
Atenciosamente,


Cristiano Furtado dos Santos
Analista de sistemas Unix
Salvador - Bahia

http://www.ekaaty.org
Ekaaty Linux Educacional um novo futuro para educação no Brasil.
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

Responder a