2010/3/15 Alexandre Oliva <lxol...@fsfla.org>:
> Só pra saber, quantas vezes você recebeu informação a respeito dele e de
> como o povo de lá o percebe, sem ser através dos olhos corruptos da
> grande imprensa norte-americana (loucos para transformar a Venezuela
> noutro Iraque) ou de seus similares nacionais?

Chávez é um grande comunicador e muitos venezuelanos, em particular os
mais humildes, gostam dele. É uma característica comum entre todos os
populistas. Ele joga pra torcida. Se marcar um gol, terá sido
coincidência.

> Eu estive lá, eu falei com gente na rua, falei com gente contra e a
> favor, e me chamaram a atenção três coisas lá: a miséria, o sentimento
> das pessoas de que elas estão trabalhando juntas para superá-la

Minha esposa esteve na Venezuela e teve uma percepção diferente. No
caso dela, a empresa para a qual ela foi prestar consultoria teve os
preços dos insumos aumentados aribitrariamente pelo governo e teve que
anunciar, durante a estada dela, que isso afetaria os lucros e a
participação nos resultados dos operários. No programa de TV de Chávez
(um "Domingão do Presidentão") ele dizia, com todas as letras, para
que os operários não acreditassem nas desculpas dos empresários, que
estariam embolsando os lucros enquanto diziam estar tendo prejuízos.

Isso cria uma tensão de classes quase palpável.

> O Chavez pode ter um montão de defeitos, mas alguma coisa certa os caras
> lá tão fazendo, enquanto a gente parece que continua errando feio.

O risco é fazer alguma coisa certa, pequenininha em algum cantinho,
enquanto fazem coisas muito mais importantes muito errado. Limitar a
liberdade da imprensa é um sinal bem alarmante.

> Talvez peitar o PiG de lá e o de fora seja parte importante do acerto.

Controlar a mídia é controlar o que se percebe como verdade. Isso está
na cartilha de qualquer proto-ditador. Desculpem-me os chavistas, mas
ele tem toda a pinta de um.

> Ou será que é melhor deixar a matriz construir bases militares, como fez
> o Urrible?  Por que será que iam querer bases militares tão próximas do
> Chavez, do Morales, do Correa e do da Silva, se só tem miséria nesses
> países?

Isso é uma falsa contradição. Há uma enorme gama de comportamentos
aceitáveis para líderes nacionais entre ceder território para bases
militares dos EUA (você trai seu viés ideológico chamando-os de
"matriz") e se tornar um ditador populista que usa as ameaças externas
- reais ou imaginárias - como desculpa para aumentar os próprios
poderes.

O nosso, "o Silva", até que está razoavelmente longe dos extremos. Eu
prefiro assim, embora ele não me inspire muita confiança.


-- 
Ricardo Bánffy
http://www.dieblinkenlights.com
http://twitter.com/rbanffy
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

Responder a