2010/3/25 Pablo Sánchez <phack...@gmail.com>:
> Em 25 de março de 2010 11:58, Marco Carnut <k...@tempest.com.br> escreveu:
>> Pablo,
>>
>>> Hummm.. com essa discussão fiquei com uma coisa na cabeça: a licença
>>> do MacOS diz explicitamente que ele só pode ser executado em Hardware
>>> vendido pela Apple. Essa cláusula não forçaria a venda casada do
>>> Software com o Hardware? Quer dizer, eu posso comprar o Hardware e
>>> rodar qualquer OS nele, mas se eu comprar o Software, sou proibido de
>>> executar o mesmo em Hardware não Apple, mesmo que as especificações
>>> técnicas sejam as mesmas.
>>
>> Não sei avaliar se isso juridicamente se sustenta -- vou deixar esta
>> questão para os advogados da lista. :)
>
> Por isso mandei para a lista, não tenho condições de responder esta
> dúvida também.
>
>> Mas meus $0.02 são apenas para seguir sua linha de raciocínio e
>> engrossar o angu: se isso é verdade, torna-se ilegal rodar o MacOS
>> em máquinas virtuais, digamos, num VMWare rodando em um PC não-Apple,
>> o que me parece um tremendo contra-senso.
>
> Sim, torna-se. Ninguém disse que era ilegal virtualizar o MacOS
> Server, que é suportado pelo VMWare, mas ninguém disse também que era
> legal virtualizar ele em hardware não Apple.
>
> http://www.apple.com/legal/sla/
>
> Vou dar uma lida em algumas das licenças. Acho melhor fundamentar a
> discussão no que está escrito, e não nas nossas suposições e rumores
> que vi há tempos na internet...

Sim, a licença determina mesmo que só pode ser executado em hardware
Apple, ou seja, mesmo virtualizado, só pode ser em Apple.

"2. Permitted License Uses and Restrictions.
A. Single Use License. Subject to the terms and conditions of this
License, unless you have purchased a Family Pack or Upgrade license
for the Apple Software,
you are granted a limited non-exclusive license to install, use and
run one (1) copy of the Apple Software on a single Apple-branded
computer at a time. "

Isso basicamente vai contra a legislação brasileira (aliás, também vai
contra a legislação brasileira contratos em outras línguas, sem
tradução juramentada, não é mesmo?).

Eis uma brecha para quem quiser processar a Apple do Brasil. ;-)



-- 
=================================
Pablo Santiago Sánchez
phack...@gmail.com
(61) 9975-0883
http://www.sansis.com.br
"Quidquid latine dictum sit, altum viditur"
=================================
_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

Responder a