CONVENIO COM A TV CIDADE DE TAUBATÉ

A fundaçao CPqD assinou convênio com a TV CIDADE DE TAUBATÉ para auxiliar na contrução da plataforma da TV EXPERIMENTAL que visa atender todas as Tvs do Campo Público e ainda os mais de 2.500 Pontos de Cultura espalhados por todo o Brasil.




No último dia 15 de abril estivemos reunidos na sede da Fundação CPqD - Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações, localizada em Campinas - SP. Participando da reunião estavam Mário Jéfferson Leite Melo e Carlos Rogério Antunes da Silva, (TV Cidade Taubaté-SP); Célio Turino (ex Secretário de Cidadania Cultural); Mauro de Freitas (Ponto e Pontão de Cultura Opção Brasil, Mogi das Cruzes-SP); Manoel Correia (popular BIGNEL, do MINC) e por parte do CPqD estavam Alexandre Freire Osório (engenharia); Juliano Castilho Dall 'Antonia (Diretor Tecnologia de Serviços); Isidro Lopes da Silva Neto (Gerencia de Serviços e Aplicações Multimídia); Luiz Antonio Guimarães Rolim (Diretor de Inclusão TV Digital); Eliana DE Martino (Gerencia de Inovação em Tecnologia de Serviços); Nilsa Toyoko Azana (Diretora TV Digital - Sistemas de Desenvolvimento) entre outros diretores.

Como se percebe a alta cúpula de direção da CPqD estava presente para relatar o início de parceria que estava ocorrendo com uma TV COMUNITÁRIA que passava a integrar o grupo de PONTOS e PONTÕES DE CULTURA.

A TV CIDADE, no ano passado, concorreu como PONTÃO DE CULTURA com o projeto "CENTRAL DE MIDIA - PRODUÇÃO E DISTRIBUIÇÃO CULTURAL", que tem como escopo e meta principal auxiliar na troca de conteúdos do material de audiovisual produzido pelos 2.500 pontos de cultura existente em todo o país. A Fundação CPqD é detentora do projeto experimental GIGA, que visa construir uma plataforma voltada para este segmento.

CPqD - Visão Geral

O CPqD é uma fundação privada sem fins lucrativos voltada para a pesquisa e desenvolvimento em Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). Foi criado em 1976 como centro de pesquisa federal, tornando-se fundação privada em 1998. Localizado em Campinas, SP, possui mais de 1.200 funcionários, altamente capacitados.

Parcialmente financiadas por fundos governamentais de C&T, as pesquisas abrangem atividades voltadas para futuras transições tecnológicas e utilização de tecnologias visando ao atendimento de políticas públicas, em áreas como TV e Vídeo Digital, e Inclusão Digital.

São atributos fundamentais do CPqD, entre outros:

. contribuir com o Estado no exercício de seu papel junto à sociedade

. produzir efeitos multiplicadores na cadeia nacional de TICs

. contribuir para a inteligência nacional em TICs por meio de trabalhos de vanguarda






Projeto Giga

A Rede Giga é uma rede de dados experimental de alta velocidade, com objetivo de promover a inovação tecnológica em serviços de futura geração a partir da experimentação avançada.

O Projeto é executado pelo CPqD e financiado pelo Funttel/MC, através da Finep/MCT, em parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP/MCT/ME).

São parceiros do CPqD no Projeto Giga, entre outros:

.                  RNP

.                  Operadoras de Telecomunicações

.                  Governo Federal

.                  Indústrias

.                  Universidades

.                  Institutos de Pesquisa

.                  TVs Comunitárias

.                  TVs Educativas

O projeto atualmente encontra-se em sua segunda fase de execução. A Fase 1 (2003~2007) centralizou os trabalhos na estruturação da rede e no desenvolvimento de equipamentos ópticos, entre outros resultados.

A Fase 2, com início em 2009, tem como metas, entre outras, pesquisar a distribuição de mídias digitais, além de serviços de telemedicina e tele-educação, e TV Experimental.

O prazo para finalização das atividades da Fase 2 é em 2012.

TV Experimental

Uma das metas do projeto Giga denomina-se TV Experimental. O objetivo desta meta é o de pesquisar e desenvolver soluções inovadoras para distribuição, armazenamento, catalogação, busca e acesso a conteúdos audiovisuais, interativos ou não, em formato televisivo, usando a rede de alta velocidade como transporte.

Entre os benefícios esperados encontram-se:

. a definição de mecanismos para armazenamento e busca de conteúdos digitais interativos de modo a permitir a criação de repositórios integrados acessíveis ao usuário, criando um acervo que permite tanto a preservação como a disseminação cultural;

. a possibilidade de criação de uma grade de programação voltada a uma comunidade específica e de difusão de conteúdos gerados localmente, de modo a fomentar a inclusão integral dos indivíduos, que podem exercer o papel de consumidor e gerador de informações, fortalecendo a identidade cultural local, suas tradições, crenças e valores;

. a criação de conteúdos para consumo personalizado, explorando a característica de transmutabilidade dos conteúdos digitais;

. a convergência de serviços, que possibilitará a entrega dos diferentes tipos de mídia: voz, dados e vídeo através de diferentes tipos de terminais.

São parceiros do CPqD na execução dessa meta: TVs Educativas e TVs Comunitárias.

Parceria com as TVs Comunitárias

São objetivos da parceria, entre outros:

. a disponibilização de um repositório compartilhado de conteúdos audiovisuais, possibilitando o teste e aprimoramento das estruturas de armazenamento, distribuição e usufruto desses conteúdos. Os conteúdos serão disponibilizados pelas TVs parceiras e poderão ser por elas acessados e veiculados em suas grades de programação, em tempo real, pela rede Giga;

. o aprimoramento de soluções inovadoras para o mecanismo de catalogação e busca dos conteúdos armazenados.

Para o atendimento dos objetivos, o CPqD dará o suporte técnico necessário, além de ceder os equipamentos necessários e licenciar os softwares que serão desenvolvidos, sem ônus para as TVs Comunitárias.

Parceria com a TV Cidade

O projeto de Pontão de Cultura da TV Cidade, voltado para o levantamento e distribuição da produção audiovisual dos Pontos de Cultura espalhados pelo Brasil, é um grande estimulador para as pesquisas da meta de TV Experimental, por contribuir de forma incisiva para o pleno atingimento dos benefícios de preservação e disseminação cultural e de fortalecimento de identidades culturais locais.

Cremos que essa feliz parceria poderá se estender para além do âmbito do projeto Giga, pela expansão do uso das soluções inovadoras que irão advir do projeto e pelo aprofundamento das pesquisas, sempre com intuito de contribuir para a difusão da rica diversidade cultural brasileira, o que acreditamos funcionar também como estímulo à criação.

A POSSIVEL PARTICIPAÇÃO DO MINC NESTE PROCESSO.

O ex secretário Célio Turino ouviu todas as explicações dadas pelos cientistas da CPqD com a máxima atenção. Vislumbrou a materialização deste software em uma plataforma que vise possibilitar a criação de vários REPOSITÓRIOS em todo o território nacional, para compartilhamento de conteúdos produzidos pelos Pontos de Cultura. Disse de sua condição de não mais estar no governo, por conta da opção de buscar uma cadeira na Câmara dos Deputados, mas ressaltou que o projeto apresentado era por demais interessante. "Vejam vocês, a TV Cidade de Taubaté nem teve ainda o convênio publicado, mas já esta trabalhando no sentido de buscar soluções para valorizar a troca de informações entre todos os pontos de cultura deste país. Isto é importante e meritório, pois nos faz crer que ações como esta sejam o caminho para encontrarmos soluções que atendam esta necessidade que é real", disse entusiasmado Turino.

Já Manoel Correia (o BigNel), aproveitou sua estada para fazer uma verdadeira sabatina nos cientistas e técnicos que estavam ali presentes e os convidou a participar das discussoes que estão sendo realizadas pelos GTs de Inclusão Digital, inclusive o que irá ocorrer ainda este mês em São Paulo e um outro no Rio de Janeiro. "Acho uma proposta bastante interessante e que poderá Ser de fato um caminho seguro para criarmos esta plataforma de repositórios que contemplem todos os Pontos de Cultura. Mas temos que discutir com maior profusão esta questão e para isto, o envolvimento da CPqD nos encontros dos GTs de Inclusão Digital, vai permitir esclarecer todas as dúvidas", provocou Bignel.

----- Original Message ----- From: "Marcus Diogo" <mvdi...@sfiec.org.br>
To: "Projeto Software Livre BRASIL" <psl-brasil@listas.softwarelivre.org>
Sent: Monday, April 19, 2010 8:37 AM
Subject: Re: [PSL-Brasil] Julgada extinta ação para suspender licitação de notebooks para professores


Será que a ONG BrOffice.org poderá entrar com a ação? Se não me engano
na licitação tem pacotes office o que vai de contra o broffice.org.
Neste caso fica até fácil pois é pegar tudo que foi feito e dar entrada
com o nome da outra instituição.

Marcus


Ricardo Bánffy escreveu:
Duas perguntas para os advogados da lista: qual seria a via adequada
para a ASL parar a aquisição e quem seria parte legítima para usar um
mandado de segurança para parar a aquisição?

2010/4/16 Omar Kaminski <o...@kaminski.com>:


Por 4 votos a 3, o 11º Grupo Cível entendeu que a Associação Software Livre é parte ilegítima para impetrar Mandado de Segurança buscando a suspensão da
licitação de notebooks do programa "Professor Digital" da Secretaria de
Educação do Estado. Em razão disso, a ação foi julgada extinta sem
apreciação do mérito pelo Colegiado.





_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

--
Esta mensagem foi verificada pelo Serviço de Proteção
contra Vírus e Conteúdo Perigoso da VIVAX e acredita-se
que esteja livre de perigo.


--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

_______________________________________________
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil
SAIR DA LISTA ou trocar a senha:
http://listas.softwarelivre.org/mailman/options/psl-brasil

Responder a