Re: [naval] [off-topic] Do Androids Dream of Electric Sheep Moby Dick

1999-12-19 Por tôpico Dario Renato

Ednardo,

Quanto a Herman Melville, você pode encontrar umas edições recentes e
baratas lançadas pela editora Record - "Moby Dick", LPM - "Taipi" e Imago -
"Benito Cereno". Tem um lançamento mais antigo que ainda costumo ver em
livrarias com "Benito Cereno" e "Billy Budd" no mesmo livro, se der sorte...

Já o Philip K. Dick é mais complicado, mas a editora Francisco Alves tinha
alguma coisa ha alguns anos, além do "Caçador de Andróides", você pode
encontrar, também por esta editora, um dos meus favoritos: "Os Clãs da Lua
Alfa". Aconselho também "O Homem do Castelo Alto". Boa sorte na busca, e boa
leitura.

---

Dario


-Mensagem original-
De: Ednardo Ferreira [EMAIL PROTECTED]
Para: [EMAIL PROTECTED] [EMAIL PROTECTED]; [EMAIL PROTECTED]
[EMAIL PROTECTED]; [EMAIL PROTECTED] [EMAIL PROTECTED];
[EMAIL PROTECTED] [EMAIL PROTECTED]
Data: Sexta-feira, 17 de Dezembro de 1999 12:48
Assunto: [naval] [off-topic] Do Androids Dream of Electric Sheep  Moby Dick



Como fa do filme Blade Runner e do livro Moby Dick,
gostaria de saber se algum dos presentes nestas listas
sabe onde posso encontrar estas obras ou dicas de
sites onde poderia dar downloads dos mesmos.

Grato.
__
Do You Yahoo!?
Thousands of Stores.  Millions of Products.  All in one place.
Yahoo! Shopping: http://shopping.yahoo.com
==
Lista naval
Para sair desta lista mande mensagem para:
[EMAIL PROTECTED]
sem nada no Subject
e com o comando a seguir no corpo da msg:
"unsubscribe naval" (sem aspas)
==

==
Lista naval
Para sair desta lista mande mensagem para:
[EMAIL PROTECTED]
sem nada no Subject
e com o comando a seguir no corpo da msg:
"unsubscribe naval" (sem aspas)
==



Re: [naval] E-GROUPS (Quiz ( Atraso nas MSG))

1999-12-14 Por tôpico Dario Renato

É isso aí, eu gerencio uma lista fechada de trekking no e-groups e não
conheço
nenhum provedor de lista melhor. Pra falar a verdade, não sei por que o
Galante ainda gasta dinheiro com a Virtualand, os e-groups são de graça e
melhor ainda: DA PRA GANHAR DINHEIRO com a lista dependendo do numero de
assinantes e mensagens postadas. Dava até pra fazer um pé de meia e comprar
umas bugigangas pro pessoal com isso - (como o CFotW).  Agora, no caso de
mudar, talvez seja interessante flexibilizar um pouquinho a área de
interesse da lista. O pessoal de mercante, vela, aero, política, história,
etc. ia se sentir mais a vontade.


---
DR


- Original Message -
From: Fábio Morais Castro [EMAIL PROTECTED]
To: [EMAIL PROTECTED]
Sent: Monday, December 13, 1999 4:41 PM
Subject: Re: [naval] Quiz ( Atraso nas MSG)


 Dario Renato wrote:

  Parece que coisa é na Virtualand mesmo, mas o pior é enviar imagem,
putz!
  leva no mínimo dois dias pra ficha cair, e mais: será que a gente está
mesmo
  recebendo toda a correspondência? A lista perde até a credibilidade...

 Eu tenho uma idéia para acabar com estes problemas e acho que até o
Galante vai
 interessar. As listas da egroups(http://www.egroups.com) são bem mais
rápidas
 que a da virtuland. Aliás todas as listas gratuitas. Ela tem a vantagem de
ter
 um diretório com as menssagens antigas(até um ano) o que significa que
alguém
 que quem  tiver que sair um tempo da lista tem onde ler os email
atrasados. Não
 precisa nem estar na lista para ler os email. Se ficar sem email por um
tempo
 também não vai ter problema. Tem muita gente com dois email na lista por
causa
 disto.
 Pode ter a opção de só ser permitido enviar menssagem quem for assinante.

 A egroups não permite o envio de imagens o que é uma vantagem para quem
não quer
 receber email grande. Para quem quer receber imagens existe as listas da
 Onelist(http://www.onelist.com/). Dei uma olhada na lista Aerotech que
usava a
 Onelist e teve email de mais de 100k o que facilita muito para quem quer
mandar
 e receber imagens. A sugestão seria ter as duas listas. Quem quiser
imagens
 assina as duas. O Galante ia gostar pois são listas grátis. São grátis mas
vem
 com propaganda.

 Fábio Morais Castro

 ==
 Lista naval
 Para sair desta lista mande mensagem para:
 [EMAIL PROTECTED]
 sem nada no Subject
 e com o comando a seguir no corpo da msg:
 "unsubscribe naval" (sem aspas)
 ==


==
Lista naval
Para sair desta lista mande mensagem para:
[EMAIL PROTECTED]
sem nada no Subject
e com o comando a seguir no corpo da msg:
"unsubscribe naval" (sem aspas)
==



Re: [naval] Quiz ( Atraso nas MSG)

1999-12-11 Por tôpico Dario Renato

Estamos com um problema sério na postagem da lista. Eu também respondi a
esse quiz  - era uma dos raros navios modernos que eu conhecia :) - e até
agora minha resposta não chegou. O negócio é ter paciência que elas acabam
chegando. Eu já briguei com meu provedor, com o provedor da lista e até
(tentei) brigar com a Embratel, mas um joga a culpa no outro... já até me
cadastrei pelo hotmail, mas o problema é o mesmo.
Parece que coisa é na Virtualand mesmo, mas o pior é enviar imagem, putz!
leva no mínimo dois dias pra ficha cair, e mais: será que a gente está mesmo
recebendo toda a correspondência? A lista perde até a credibilidade...

---
DR

- Original Message -
From: Alexandre Fontoura [EMAIL PROTECTED]
To: [EMAIL PROTECTED]
Sent: Friday, December 10, 1999 1:06 AM
Subject: [naval] Quiz


Estou enviando esta msg pela segunda vez, pois eu enviei o reply ontem
(quarta à noite) e até hoje à noite (quinta) ela não havia aparecido na
lista.





==
Lista naval
Para sair desta lista mande mensagem para:
[EMAIL PROTECTED]
sem nada no Subject
e com o comando a seguir no corpo da msg:
"unsubscribe naval" (sem aspas)
==



Re: [naval] FDT Estaleiros no Brasil

1999-12-11 Por tôpico Dario Renato

Pedro,

Concordo que o dinheiro investido pelo governo é muito mal gerênciado. O
investimento na EMBRER foi um desperdício e prova disso é que a empresa só
deslanchou com capital e controle privado. Mas até que ponto o investimento
na produção agrícola seria melhor gerenciado? A dívida dos grandes
produtores é prova de que este capital, se investido de forma insensata no
campo seria igualmente um desperdício. A maior dificuldade de qualquer
governo é criar mecanismos de controle e gerenciamento de verbas. Vamos
inverter o tabuleiro um pouco: calcula-se que a estação espacial
internacional vai custar, ao todo, 100 bilhoes de dólares. Existem grandes
controvérsias com relação ao resultado deste investimento se comparado ao
infinitamente menor investimento em sondas e estações automáticas para fazer
a mesma coisa. Você mesmo concorda que o orçamento das forças armadas
americanas é estratosféricamente maior que o necessário e muito mal
gerenciado também, qual o motivo disto? Política. Assim como o foi também o
investimento na EMBRAER ou na Ferrovia do Aço ou nas usinas nucleares de
Angra. qual a vantagem de investir dinheiro que o governo não tem na
indústria naval? 40.000 mil empregos podem ser o exemplo de um bom motivo
político. Certo ou errado, não sei se não investir seria uma opção muito
melhor, não. Depende da ótica.

---
DR

- Original Message -
From: Pedro M. Calmon [EMAIL PROTECTED]
To: [EMAIL PROTECTED]
Sent: Thursday, December 09, 1999 12:55 AM
Subject: Re: [naval] FDT Estaleiros no Brasil


  Se em 1969, o governo não entrasse na jogada
  seguramente não seria nenhum pouco aconselhável a um
  grupo privado produzir aviões aqui, e hoje nada
  disto
  existiria. Foi subsidio? Claro que sim, valeu a
  pena?
  Tem brasileiros que acham que sim, outros que não.

Realmente Koslova, se nao fosse o investimento
 estatal, provavelmente, hoje nao teriamos a Embraer.
 Em 1969, nenhum grupo privado de san consciencia
 investiria em uma fabrica de avioes. A economia
 brasileira sempre cresceu dentro das chamadas "bolhas
 de desenvolvimento". O Brasil pegava dinheiro
 emprestado, esse dinheiro artificialmente criava uma
 classe media consumista, a bolha estourava e
 entravamos em um periodo recessivo. Esse ciclo se
 repetiu varias vezes durante o seculo vinte. Nessas
 circunstancias de crescimento nao sustentavel baseado
 nos gastos estatais, simplesmente nao oferecia um
 cenario favoravel para o desenvolvimento de uma
 industria aeronautica local. Devido a nossa
 concentracao de renda, apenas uma minoria podia voar
 de aviao. Isso significa que o mercado de aviacao
 civil no Brasil e' pequeno. Restava entao abastecer o
 governo (FAB), mas todo mundo sabe que so' empreiteira
 sobrevive tedo o governo com cliente exclusivo. Sendo
 assim, ninguem quis entrar nesse negocio. Mas pensando
 estrategicamente, o governo decidiu investir (o nosso
 dinheiro, e' claro) em um arriscado negocio o qual a
 iniciativa privada nao queria nem saber. Segundo eles,
 era importante e estrategico para uma potencia
 emergente como o Brasil, dominar os segredos da
 industria aeronautica.  Foi criada entao a EMBRAER e
 as suas agregadas (ITA, CTA, etc...) para dar ao
 Brasil o acesso a esse conhecimento estrategico do
 qual a nossa soberania nacional tanto dependia. Bom 30
 anos e varios bilhoes de dolares depois(nosso
 dinheiro), a EMBRAER se encontrava inchada,
 deficitaria e atolada na lama. De positivo, adquirimos
 o dominio das tecnologias de fabricacao de aeronaves.
 O beneficio que o descomunal investimento  no dominio
 dessa tecnologia "estrategica" trouxe para os
 boias-frias, favelados, meninos de rua, retirantes
 nordestinos, empregadas domesticas e sem-terras e'
 discutivel, mas pelo menos serviu para inchar o o
 nosso raquitico orgulho nacional. No final da
 historia, a EMBRAER foi vendida a um preco bem proximo
 do valor minimo do leilao, pois ninguem estava
 disposto a investir muito em um negocio tao arriscado.

   O curioso e' que recentemente, eu conduzi um estudo
 para uma rede de supermercados local sobre o potencial
 brasileiro para a exportacao e frutas tropicais. Me
 surpreendi ao descobrir que, se o governo brasileiro
 tivesse oferecido durante os anos 70, uma infima
 parcela do que foi gasto com a EMBRAER e suas
 agregadas a pequenos agricultores rurais no agreste
 nordestino (na forma de emprestimos, educacao e
 treinamento, instalacao de infra-estrututa e a
 construcao de uma unidade de tratamento sanitario), o
 Brasil hoje teria o dominio praticamente exclusivo do
 mercado internacional de frutas tropicais frescas
 (algo com o valor estimado em 17 bilhoes de dolares ao
 ano). Isso sem contar com o impacto social favoravel a
 nacao, na forma da manutencao de pequenas propriedades
 rurais, reducao no exodo rural, preservacao do meio
 ambiente, melhor distribuicao de renda, etc...
   Infelizmente a escolha que a nacao fez nao foi essa.
 Exportar caja', tamarindo e manga nao da' o mesmo
 status que 

[naval] Re: [naval] Históricos (era: nomes estranhos e MAIS: a MB no Tejo)

1999-12-11 Por tôpico Dario Renato

Não faz denguinho não, Luiz. :)
Os textos históricos estão entre os melhores assuntos da lista, é pena que
são raros. O problema é que as vezes nos falta maior profundidade no assunto
até para perguntar sobre algum detalhe ou fato referente. Veja você, eu
mandei várias fotos de veleiros clássicos e pouca gente perguntou alguma
coisa, mas eu sei que a turma gostaria de saber mais sobre alguns deles.
Assim, eu continuo mandando essas bobagens que eu entendo melhor e a lista
vai avançando com a troca de informações de quem sabe mais de alguma coisa
com quem sabe mais de outra. Não deixe de mandar seus "históricos" não, que
a gente se amarra.

Abração,

---
DR

- Original Message -
From: Luis Mendes [EMAIL PROTECTED]
To: [EMAIL PROTECTED]
Sent: Wednesday, December 08, 1999 4:16 PM
Subject: Re: [naval] nomes estranhos e MAIS: a MB no Tejo


 Finalmente um assunto "histórico" (já que quase ninguem ligou ao "assalto
a
 Conarky" - será que vale a pena continuar a enviar trabalhos similares?)

==
Lista naval
Para sair desta lista mande mensagem para:
[EMAIL PROTECTED]
sem nada no Subject
e com o comando a seguir no corpo da msg:
"unsubscribe naval" (sem aspas)
==



Re: [naval] Palinuro

1999-12-07 Por tôpico Dario Renato




Olha a mais um barco com 
tradio! Assim como a Creoula, esta barquetina de ao 
pescava bacalhau nos Great Banks, nessa poca se chamava Commandant 
Louis Richard e mais tarde Jean Marc Aline e navegava sob 
pavilho francs. Foi construda em 1933 por 
Anciens Chantiers Dubigeon, Nantes. Em 1950 passou a marinha italiana como 
Palinuro. 
Tem uma coisa que me chama a 
ateno neste barco, sua mastreao  rara 
nos dias de hoje: ao invs de traquete, tem o mastro grande mais 
prximo a proa, o mastro de lgar com vela latina na carangueja e 
um gavetope e na mezena uma vela latina e tambm um gavetope. Deve 
navegar no contra-vento que  uma beleza, coisa difcil em barcos 
com velas redondas. 

A pintura branca e preta, a que o Marcelo se referia, era 
tradicional nas fragatas britnicas. O Amerigo Vespucci, 
tambm tem este padro assim como Kuzenshtern, o T.S. 
Royalist e muitos outros apenas por tradio, fica bonito 
mesmo. Mas o caso do Amerigo Vespucci  mais interessante: seu 
desenho e sua armao foram muito inspiradas no wooden 
wall HMS St Vincent, navio de primeira linha do sculo 
XVIII que serviu at bem dentro do sculo XX como navio escola em 
Portsmouth. Vou at aproveitar a deixa e mandar umas pinturas lindas de 
fragatas e navios de guerra antigos que eu tenho aqui.

---

Dario

-Mensagem original-De: 
Dario Renato [EMAIL PROTECTED]Para: 
Dario Renato [EMAIL PROTECTED]Data: 
Tera-feira, 7 de Dezembro de 1999 18:35Assunto: En: 
[naval] Palinuro


- Original Message - 
From: Marcelo Lopes 

To: [EMAIL PROTECTED] 
Sent: Tuesday, December 07, 1999 11:01 AM
Subject: Re: [naval] Palinuro

Dario, conhecia este a, para mim agradavel surpresa, valeu 
Xoan, outra coisa Dario,  padro o casco italiano branco e 
preto, se for sabe porque ou  coincidencia

[ ]'s
Marcelo Lopes
Santos/SP

- Original Message - 
From: 
Xon 
A. Porto Saavedra 
To: naval 
Sent: Tuesday, December 07, 1999 
8:45 AM
Subject: [naval] Palinuro

Ola a todos,

Este  o Palinuro, buque-escola de 
suboficiais da marinha italiana, a foto est tomada em Ferrol, no 
mes de julho (ele estivo aqu xunto ao B/E Juan 
Sebastin de Elcano.


Un sado :-)

Xon Porto
Ferrol 
(Espanha)


Re: [naval] Veleiros - o maior de todos

1999-12-06 Por tôpico Dario Renato




O Preusen, navio de casco de ao com 440 ps 
(134m) de comprimento, cinco mastros, boca de 16m e 10m de pontal. tinha 
uma rea vlica de 18.300 metros quadrados e foi lanado em 
1902 pelo estaleiro JC Tecklenborg para a Companhia de Navegao 
Laeisz de Hamburgo - conhecida como 'das Fliegger 'P' Linnen'. Em boas 
condies de vento e mar o Preusen, podia desenvolver 17 
ns. 

Era um retrato da f de muitos armadores de que o vapor nunca iria 
substituir completamente seus grandes veleiros, pois um veleiro podia permanecer 
no mar por muito mais tempo que um vapor j que no necessitava de 
combustvel e o vento era grtis, eram menos suscetveis a 
danos causados por tempestades que podiam arrancar uma chapa plana das 
estruturas ou uma chamin. Vapores eram mais caros, sujos e at o 
advento da turbina eram terrivelmente lentos.


---
DR




-Mensagem original-De: ELIZABETH 
KOSLOVA [EMAIL PROTECTED]Para: [EMAIL PROTECTED] [EMAIL PROTECTED]Data: 
Sbado, 4 de Dezembro de 1999 13:30Assunto: [naval] 
VeleirosAproveitando o papo sobre navios escola a vela, 
qual omaior navio a vela ja construido? 
_Do You 
Yahoo!?Obtenga su direccin de correo-e gratis @yahoo.comen http://correo.espanol.yahoo.com==Lista 
navalPara sair desta lista mande mensagem para:[EMAIL PROTECTED]sem nada 
no Subjecte com o comando a seguir no corpo da msg:unsubscribe 
naval (sem aspas)== 



Re: [naval] Veleiros - o maior remanescente

1999-12-06 Por tôpico Dario Renato




O Sedov  atualmente o maior dos grandes veleiros sobreviventes. 
Navio escola da marinha mercante sovitica, no me foi 
possvel encontrar dados confiveis sobre sua atual 
situao.

Comprimento: 397ps (121m)
Boca: 20m
Deslocamento: 3476t
rea vlica: 4200m2

Construdo em 1920 pela F Krupp de Kiel, Alemanha para F A Vinnen de 
Bremem, mais tarde vendido para a Norddeutscher Lloyd. Foi tomado pelos 
soviticos no fim da guerra.




---
DR
-Mensagem original-De: ELIZABETH 
KOSLOVA [EMAIL PROTECTED]Para: [EMAIL PROTECTED] [EMAIL PROTECTED]Data: 
Sbado, 4 de Dezembro de 1999 13:30Assunto: [naval] 
VeleirosAproveitando o papo sobre navios escola a vela, 
qual omaior navio a vela ja construido? 
_Do You 
Yahoo!?Obtenga su direccin de correo-e gratis @yahoo.comen http://correo.espanol.yahoo.com==Lista 
navalPara sair desta lista mande mensagem para:[EMAIL PROTECTED]sem nada 
no Subjecte com o comando a seguir no corpo da msg:unsubscribe 
naval (sem aspas)== 



[naval] Shabab-Oman

1999-12-03 Por tôpico Dario Renato



Navio escola do Sultanato de 
Oman

Shabab-Oman




[naval] Dar Pomorza

1999-12-03 Por tôpico Dario Renato




Navio escola da marinha mercante 
polonesa

Dar Pomorza




[naval] Christian Radich

1999-12-03 Por tôpico Dario Renato



Navio escola da marinha mercante da 
Noruega

Christian Radich




[naval] Kaiwo Maru

1999-12-03 Por tôpico Dario Renato



Navio escola da marinha mercante do 
Japão

Kaiwo-Maru




[naval] Danmark

1999-12-03 Por tôpico Dario Renato



Navio escola da marinha mercante da 
Dinamarca

Danmark




[naval] Amerigo Vespucci

1999-12-03 Por tôpico Dario Renato



Navio escola da marinha 
italiana

Amerigo Vespucci




[naval] En: Capitan Miranda

1999-12-03 Por tôpico Dario Renato
Title: RE: [naval] En: Capitan Miranda




Cuauhtemoc - Águia Descendo

Bonito nome.


---
DR


  - Original Message - 
  From: 
  Marcelo Lopes 
  
  To: [EMAIL PROTECTED] 
  Sent: Thursday, December 02, 1999 10:15 
  AM
  Subject: Re: [naval] En: Capitan 
  Miranda
  
  Claro, pela bandeira tambem, mas o Capitan Miranda tem o casco preto, e 
  alem de tudo é visualmente menor que o Quathemoc (ainda não sei se é assim que 
  se escreve)
  
  [ ]'s
  Marcelo Lopes
  Santos/SP
  
  
- Original Message - 
From: 
Mario Luiz de 
Andrade Maia 
To: '[EMAIL PROTECTED] 
' 
Sent: Thursday, December 02, 1999 9:55 
AM
Subject: RE: [naval] En: Capitan 
Miranda

Eu não havia reparado, mas depois da mensagem do Marcelo, vi 
que a bandeira é mexicana (pelas cores). A uruguaia é listada de branco e 
azul claro.
[]s Mario Maia 
-Original Message- De: 
Marcelo Lopes 
Capitan Miranda, Dario, este nao é o Quatemhoc, ou sei lá 
como se escreve do México, o miranda é Uruguaio, e 
muito menor que este  se estiver errado, me desculpe  
[ ]'s Marcelo Lopes 
Santos/SP  
 - Original Message - 
From: Dario mailto:[EMAIL PROTECTED] 
Renato To: Lista Naval mailto:[EMAIL PROTECTED] 
Sent: Monday, November 29, 1999 12:21 PM 
Subject: Captn Miranda 
Navio escola da marinha do Uruguai, o  Capitan Miranda   



Re: [naval] En: Capitan Miranda

1999-12-03 Por tôpico Dario Renato
Title: RE: [naval] En: Capitan Miranda



Cuauhtemoc - Águia Descendo

Bonito nome.


---
DR

  - Original Message - 
  From: 
  Marcelo Lopes 
  
  To: [EMAIL PROTECTED] 
  Sent: Thursday, December 02, 1999 10:15 
  AM
  Subject: Re: [naval] En: Capitan 
  Miranda
  
  Claro, pela bandeira tambem, mas o Capitan Miranda tem o casco preto, e 
  alem de tudo é visualmente menor que o Quathemoc (ainda não sei se é assim que 
  se escreve)
  
  [ ]'s
  Marcelo Lopes
  Santos/SP
  
  
- Original Message - 
From: 
Mario Luiz de 
Andrade Maia 
To: '[EMAIL PROTECTED] 
' 
Sent: Thursday, December 02, 1999 9:55 
AM
Subject: RE: [naval] En: Capitan 
Miranda

Eu não havia reparado, mas depois da mensagem do Marcelo, vi 
que a bandeira é mexicana (pelas cores). A uruguaia é listada de branco e 
azul claro.
[]s Mario Maia 
-Original Message- De: 
Marcelo Lopes 
Capitan Miranda, Dario, este nao é o Quatemhoc, ou sei lá 
como se escreve do México, o miranda é Uruguaio, e 
muito menor que este  se estiver errado, me desculpe  
[ ]'s Marcelo Lopes 
Santos/SP  
 - Original Message - 
From: Dario mailto:[EMAIL PROTECTED] 
Renato To: Lista Naval mailto:[EMAIL PROTECTED] 
Sent: Monday, November 29, 1999 12:21 PM 
Subject: Captn Miranda 
Navio escola da marinha do Uruguai, o  Capitan Miranda   



[naval] En: Victory

1999-12-03 Por tôpico Dario Renato




- Original Message - 
From: Dario 
Renato 
To: Lista Naval 
Sent: Monday, November 29, 1999 12:21 PM
Subject: Victory

Veterano de Trafalgar e capitânea de 
Nelson

HMS Victory





[naval] En: Victory

1999-12-03 Por tôpico Dario Renato




- Original Message - 
From: Dario 
Renato 
To: Lista Naval 
Sent: Monday, November 29, 1999 12:21 PM
Subject: Victory

Veterano de Trafalgar e capitânea de 
Nelson

HMS Victory





[naval] En: Captn Miranda

1999-12-01 Por tôpico Dario Renato




- Original Message - 
From: Dario 
Renato 
To: Lista Naval 
Sent: Monday, November 29, 1999 12:21 PM
Subject: Captn Miranda

Navio escola da marinha do Uruguai, 
o

Capitan Miranda




Re: [naval] [off-topic] Tom Clancy - Poyer

1999-12-01 Por tôpico Dario Renato



É, eu já comprei o 'The Circle' do Poyer, mas tenho que 
confessar que ele ainda está na fila de espera pois estou com um montão de 
livros pra botar em dia, inclusive um tijolaço chamado "Africa - Biography of a 
continent" que é demais mas é pesado. Agora, a olhadinha que eu dei quando 
chegou o The Circle me deixou com água na boca. Estou é precisando de 
férias.

---
DR

  - Original Message - 
  From: 
  Alexandre Moraes de 
  Castro e Silva 
  To: [EMAIL PROTECTED] 
  Sent: Wednesday, December 01, 1999 8:58 
  AM
  Subject: Re: [naval] [off-topic] Tom 
  Clancy
  
  gente, eu já falei isso mil vezes e ninguem 
  deu a minima
  
  leiam DAVID POYER
  
  o clancy é um bundao. o poyer é que é tido como o grande 
  escritor naval do presente, o unico escritor vivo a ser ensinado na cadeira de 
  literatura maritima de annapolis... leiam...
  
  alexandre
  
-Mensagem original-De: 
Alexandre Fontoura [EMAIL PROTECTED]Para: 
[EMAIL PROTECTED] [EMAIL PROTECTED]Data: 
Quarta-feira, 1 de Dezembro de 1999 02:23Assunto: Re: [naval] 
[off-topic] Tom ClancyBruno Sampaio wrote: 
 Alexandre Fontoura: 
Sobre os filmes baseados nos livros de Tom Clancy com 
  Jack Ryan como  personagem principal, acrescentaria o Jogos 
  Patrióticos.  Agora, uma outra boa notícia, já começaram as 
  filmagens do novo filme da  série.  Será "A soma de todos 
  os medos", um dos melhores livros do Tom Clancy,  com Harrison 
  Ford novamente no papel do agente Jack Ryan.  O livro é tão bom 
  que li os dois volumes num só fim de semana. Um no  sábado e outro 
  no domingo...  -- 
   Poxa Alexandre, por 
  influência do pessoal aqui da lista eu comprei este tijolo. Achei uma 
  grande porcaria e provavelmente nunca mais eu vou ler um livro desse 
  sujeito. Era uma mendirada danada sem pé nem cabeça. Além disso, ele é 
  um puxa saco de marca maior dos EUA. Na minha opinião: NÃO COMPREM 
  ESTE LIVRO.Vc está falando especificamente do 
"A Soma de Todos os Medos"? Não sei qual foi a "mentirada danada sem pé nem 
cabeça" à qual vc se refere, Bruno. Os livros do Tom Clancy são 
muito bem fundamentados, pesquisados e plausíveis. Quanto ao fato de puxar o 
saco dos EUA, eu até concordo, mas acho natural que ele "puxe a brasa pra 
sardinha dele", sendo ele americano. Não tem mentirada no "A Soma de Todos 
os Medos" ou vc acha que, com a quantidade de ogivas nucleares que existem 
hoje no mundo, uma não poderia cair em mãos de um grupo terrorista e que 
esta venha a ser usada contra os EUA, como narrado no livro? O 
primeiro livro do Tom Clancy que li foi "Jogos Patrióticos" e o que me 
convenceu a lê-lo foi exatamente uma resenha sobre o livro, publicada na 
revista "Proceedings" do US Naval Institute, assinada por um 
contra-almirante, especialista em Contra-Inteligência Militar que disse que 
Tom Clancy impressiona principalmente por seu grau de informação sobre 
sistemas, táticas e armas militares. Ele citava, especificamente, que, na 
parte do livro na qual o personagem Jack Ryan analisa junto com especialista 
da CIA as fotos dos campos de treinamento terroristas no Norte da África 
obtidas por satélite, as capacidades descritas estã "muito próximas da 
realidade". Do mesmo modo, a propulsão Magneto-hidrodinâmica do submarino 
Outubro Vermelho, no Livro "A Caçada ao Outubro Vermelho" não só é plausível 
como os países desenvolvidos estão trabalhando nela neste instante. 
 Do mesmo gênero e 
  bons são os livros do Frederick Forsyth. Conheçe "Punho de Deus" 
?Conheço vários livros do Forsyth mas o "Punho de Deus" 
ainda não li. 

-- [ ]s __ Alexandre Fontoura 
Manaus (AM) mailto:[EMAIL PROTECTED] 
mailto:[EMAIL PROTECTED] 
ICQ #: 23526339 __ In a free world with 
no fences or walls, who needs Gates and Windows?  
  


[naval] En: Golden Hind

1999-12-01 Por tôpico Dario Renato




- Original Message - 
From: Dario 
Renato 
To: Lista Naval 
Sent: Monday, November 29, 1999 10:39 AM
Subject: Golden Hind

Réplica do corsário de Francis Drake, 
o

Golden Hind






[naval] Captn Miranda

1999-12-01 Por tôpico Dario Renato



Navio escola da marinha do Uruguai, 
o

Capitan Miranda




[naval] Victory

1999-12-01 Por tôpico Dario Renato



Veterano de Trafalgar e capitânea de 
Nelson

HMS Victory





Re: [naval] off-topic: minha monografia: intervencao dos EUA na Independencia Cubana

1999-11-30 Por tôpico Dario Renato

Alex,
Você sabe que tem em mim um grande admirador dos seus documentos. Nem
precisa perguntar, mande e mande o que mais você tiver. Eu passei a gostar
muito do que você escreve quando li aquele seu trabalho sobre a revolta da
armada intitulado "A Batalha Naval do Anhatomirim". Sem querer, exagerar
sinto que você pode se vir a se tornar um nome na comunidade acadêmica. Tens
talento cumpadi!

Abracao,

Dario
- Original Message -
From: Alexandre Moraes de Castro e Silva [EMAIL PROTECTED]
To: [EMAIL PROTECTED]
Sent: Monday, November 29, 1999 8:44 PM
Subject: [naval] off-topic: minha monografia: intervencao dos EUA na
Independencia Cubana


 caros navais

 finalmente ficou pronta minha monografia de graduação.  por vários
motivos,
 coloquei a guerra do paraguai on hold até o mestrado (quando e se eu
fizer)
 e escrevi a monografia sobre a intervenção dos eua na independencia de
cuba.
 ou seja, na guerra hispano-americana, que fez 100 anos ano passado.  para
 quem gosta de historia militar, tem bastante assunto.

 e tambem tem pros que gostam de meter o malho no tio sam.  eu nao faço
parte
 do time que acha que eles sao o diabo, mas escrevi a tese pq acho que eles
 se portaram bem mal nesse caso.

 a hipótese é a seguinte:

 muitos estudiosos dizem que a atuação dos EUA em 1898 (a independência de
 Cuba) foi algo detestável e que foi uma deturpação daqueles belos ideais
de
 1776, sob os quais nasceram os EUA.

 eu digo o contrário.  estudando o comportamento dos EUA tanto em 1776
quanto
 em 1898, eu concluo que 1898 foi justamente uma conquência lógica, uma
 aplicação prática dos ideais de 1776.

 está interessante e engraçado. e ficou curto pra uma monografia, cerca de
12
 mil palavras.

 quem quiser ver, eu teria o maior prazer em mostrar.

 Alexandre Moraes de Castro e Silva


 ==
 Lista naval
 Para sair desta lista mande mensagem para:
 [EMAIL PROTECTED]
 sem nada no Subject
 e com o comando a seguir no corpo da msg:
 "unsubscribe naval" (sem aspas)
 ==

==
Lista naval
Para sair desta lista mande mensagem para:
[EMAIL PROTECTED]
sem nada no Subject
e com o comando a seguir no corpo da msg:
"unsubscribe naval" (sem aspas)
==



[naval] Como de hábito...

1999-11-30 Por tôpico Dario Renato



Bem, mandei várias fotos de grandes veleiros sobreviventes mas 
elas ainda não chegaram. Já estou ficando acostumado com isso. Tem foto do HMS 
Victory de uma réplica maravilhosa do Gonden Hind... Um dia quando elas 
resolverem aparecer, vocês me digam o que acharam.

---
DR


[naval] Gloria

1999-11-29 Por tôpico Dario Renato



Primeiro exemplar fabricado pelo 
estaleiro Celaya de Bilbao, de uma série de quatro navios escola para marinhas 
sul americanas, o colombiano

Gloria




[naval] Guayas

1999-11-29 Por tôpico Dario Renato



Navio da série "Gloria" feito pelo 
estaleiro Celaya, desta vez para a marinha equatoriana, o

Guayas




[naval] Libertad

1999-11-29 Por tôpico Dario Renato



Fabricado pelos próprios argentinos em em 
1963, o navio escola de três mastros da ARA

Libertad




[naval] Re: [naval] off-topic Rasgação de seda - era MAA-1 Piranha.

1999-11-28 Por tôpico Dario Renato

You're wellcome!

Não é que eu estivesse sumido, estive viajando e acompanhando de longe a
lista. Estava só invisível. Não gosto de responder a lista fora das minhas
máquinas, porque perco a organização.
Mas voltando ao ponto, a sua participação tem dado um bom booster a lista. O
Galante tem estado meio enrolado mas você tem compensado muito bem, assim
como outros colegas. Só estou achando o Pedro Calmon meio quieto
ultimamente, deve estar com saudade do Fábio Olivieri. Alguns mais novos não
chegaram a ver os arranca-rabos que rolavam de vez em quando, eu sempre
achei muito legal.
Que é que há Pedrão, vamos levantar uma polêmica aí, rapaz!

---
DR


-Mensagem original-
De: ELIZABETH KOSLOVA [EMAIL PROTECTED]
Para: [EMAIL PROTECTED] [EMAIL PROTECTED]
Data: Sábado, 27 de Novembro de 1999 06:59
Assunto: Re: [naval] off-topic MAA-1 Piranha.


Obrigada pelo elogio Dario,

estava meio sumido, oque houve?



--- Dario Renato [EMAIL PROTECTED] escribió:
 Bonito. Sabe que esta sua análise é muito bem
 equilibrada? E tem também um
 mérito raro em textos de técnicos: é de fácil
 digestão. Ouvi uma vez que a
 compreensão do texto é diretamente proporcional a
 competência do escritor.
 Você subiu um bocado no meu conceito, se é que isso
 vale alguma coisa.

 ---

 DR

 - Original Message -
 From: ELIZABETH KOSLOVA [EMAIL PROTECTED]
 To: [EMAIL PROTECTED]
 Sent: Wednesday, November 24, 1999 1:41 PM
 Subject: Re: [naval] off-topic MAA-1 Piranha.


  bom andreas, aqui esta a ultima parte do que
 conheço
  sobre o piranha. Espero que goste.
 

---
 
  Aqui os dados sobre o piranha que conclui:
 
  Peso: 90Kg (calculado)
 
  Ogiva: 20Kg (fornecido)
 
  Raio letal da ogiva: 10-12 metros (calculado)
 
  Espoleta de proximidade: laser ativa (estimada
 analise
  de foto)
 
  Peso do propergol: 33.5Kg
 
  Peso da célula:  36.5Kg (calculado, estimado
 analise
  de foto)
 
  Alcance: 6.5 - 7.3 Kg (calculado)
 
  Coeficiente aerodinâmico de penetração:  0.24
 
  Diâmetro do corpo: 15cm (estimado, analise de
 foto)
 
  Tempo de missão ( Duração do combustível do
 gerador de
  gás): 40 segundos (estimado)
 
   Material do sensor: InSb (fornecido)
 
  Velocidade de rastreio: 35º/seg (fornecido)
 
  Angulo de visada: 37º (fornecido)
 
  Refrigeração do sensor:  nitrogênio liquido
 (estimado)
 
  Velocidade da reticula do buscador: 140Hz
 (estimado)
 
  Bom estes são os dados que consegui em
 publicações, eu
  chamei de fornecidos, oque que tive que calcular
  matematicamente chamei de calculado, e os que tive
 que
  intuir seja pelas analises das fotos dele, ou
 pelos
  padrões de outros mísseis do mesmo porte.
 
  De uma maneira bem geral o projeto do piranha é
  bastante modesto, não tem nenhum item que
 represente
  um novo conceito ou que seja algum diferencial em
  relação a outro míssil.
 
  O projeto aerodinâmico é praticamente o mesmo do
  SIDEWINDER modelo L, sendo o PIRANHA com um peso
 fixo,
  (célula + OGIVA) maior que o míssil americano é
 seguro
  afirmar que ele não tem uma capacidade de manobra
  maior que o AIM-9L.
 
  Quando a capacidade all aspect estar presente ou
 não
  no modelo minha opniao é a seguinte:
 
  Apesar do sistema sensor empregar a mesma técnica
 e
  material presentes no AIM-9L, ou seja sensor IR de
  InSb nada indica que uma capacidade all aspect
 tenha
  sido atingida.
 
  A pista que sustenta esta hipótese é o tamanho da
  ogiva ser de 20Kg, um valor quase o dobro dos
  similares.
 
  Oque determina o alcance de um míssil IR é a
  quantidade de combustível que ele pode transportar
 e
  que tem reflexos no peso final, ou a distancia
 máxima
  que o sistema de busca pode adquirir o alvo.
 
  O aumento de combustível traz reflexos sobre o
 peso da
  célula e também sobre a capacidade de manobra,
 logo
  indica a necessidade de uma ogiva maior para
 compensar
  o problema da manobra e por consseguencia mais
 peso de
  célula.. até o ponto que isto atinge seu ponto de
  equilíbrio.
 
  A melhoria do sistema de busca é o grande objetivo
 da
  equipe de desenvolvimento.
 
  No caso do PIRANHA com um ogiva de 20Kg, caso ela
  fosse reduzida para 12, poderiam ser acrescidos
  mais 8 Kg no combustível melhorando a capacidade
 de
  manobra e ainda assim a ogiva seria 8% maior que a
 do
  PHYTON III por exemplo,  com o alcance subindo
 para
  até 9Km.
 
  Mas o porque isto não foi feito, basicamente
 porque o
  sistema de busca não tem uma resposta adequada
 para um
  alvo a 9Km logo esta sobra de combustível não se
  justifica, ou entao a precisão de busca é menor a
 tal
  ponto de requerer  uma ogiva de raio letal maior,
  sendo esta segunda hipótese menos provável.
 
  Posso afirmar que o PIRANHA possa ter alguma
  possibilidade de engajamento frontal porem a uma
  distancia muito menor, de no máximo uns 3 - 3.5 Km
  ainda assim em condições de sol pela costas e com
 um
  DEEP GROND (cenário IR de fundo) muito frio, coisa
 que
  só

[naval] Juan Sebastian de Elcano

1999-11-26 Por tôpico Dario Renato



A belíssima goleta de quatro mastros da Marinha 
Espanhola

Juan Sebastian de Elcano




Re: [naval] [off-topic] Filmes Valiosos

1999-11-24 Por tôpico Dario Renato

Pois é, o Brasil não é tão provinciano, Pedrão, as vezes até eu me
surpreendo.
Este filme passou no MAM várias vezes nos meus tempos de faculdade, não
perdi uma! Finalmente foi exibido pela TVE durante um carnaval ((!) - como
eu gosto do carnaval da TVE!) Foi quando eu gravei na mesma fita com
"Intolerance".

Justamente por conta desta ligação com a Klan, o filme e o próprio Griffth
são calorosamente discutidos até hoje. Mas nada tira o mérito desta obra de
arte espetacular. E, neste particular o mais importante: é o primeiro filme
da história a levar ideologia ao espectador. Não discuto se é correto ou
não, assim como não discuto a correção de filmes como "O Triunfo da Vontade"
mas sim a sua importância artística, histórica e social.

Uma coisa que eu gostaria de saber em primeira mão, Pedro. Sua esposa é
japonesa e você é um cara que conhece o Japão, como é que os japoneses
encaram o talento de Akira Kurosawa? Já ouvi falar que ele não é muito bem
visto por se utilizar de elementos muito ocidentais nos seus filmes. Isso é
verdade? Realmente custo a crer.

---
DR



- Original Message -
From: Pedro M. Calmon [EMAIL PROTECTED]
To: [EMAIL PROTECTED]
Sent: Wednesday, November 24, 1999 4:14 AM
Subject: Re: [naval] [off-topic] Filmes Valiosos



  - O nascimento de uma nação - "The Birth of a
  Nation" - de David Wark
  Griffth


   "The Birth of a Nation" foi um dos filmes mais
 sinistros que eu ja' tive a oportunidade de assitir.
 Ate' hoje lembro da cena dos encapuzados  da Ku-Klux-
 Klan  cavalganda galantemente pela noite para salvar a
 pobre donzela branca das maos dos "negros
 estupradores". Absolutamente bizarro. Nao sabia que
 esse filme se encontrava disponivel no Brasil.

 =
 Pedro M. Calmon
 PO BOX 2248
 Thibodaux, LA 70310
 USA
 PHONE (504)449-1682
 FAX   (209)755-5642
 ICQ: 48463895
 __
 Do You Yahoo!?
 Thousands of Stores.  Millions of Products.  All in one place.
 Yahoo! Shopping.
 ==
 Lista naval
 Para sair desta lista mande mensagem para:
 [EMAIL PROTECTED]
 sem nada no Subject
 e com o comando a seguir no corpo da msg:
 "unsubscribe naval" (sem aspas)
 ==



==
Lista naval
Para sair desta lista mande mensagem para:
[EMAIL PROTECTED]
sem nada no Subject
e com o comando a seguir no corpo da msg:
"unsubscribe naval" (sem aspas)
==



Re: [naval] [off-topic] Filmes Valiosos

1999-11-24 Por tôpico Dario Renato



O filme é de 1915, Alex. E não estranhe, é muito atual até 
hoje! Griffth foi um visionário da lanterna mágica e inventou quase toda a base 
da narrativa cinematográfica.
Este filme passava muito no MAM. Agora não sei, mas talvez 
você consiga uma cópia na Videoteca do Cineclube Estação Botafogo. Se tiver, não 
se acanhe: faça uma cópia pirata sem dor de consciência. Seus filhos agradecerão 
um dia.

Aliás vou cantar a pedrinha:

Quem tiver facilidade com Inglês pode conseguir todos 
estes filmes e muitas outras jóias na Video Online ou outras Video Stores da 
Net:

http://www.videoexpress.com/



- Original Message - 
From: Alex Bengtsson [EMAIL PROTECTED]
To: [EMAIL PROTECTED]
Sent: Wednesday, November 24, 1999 8:08 PM
Subject: Re: [naval] [off-topic] Filmes 
Valiosos
 De que ano é esse filme? Não conheço 
esse... Achei aquele "Savior" bem sinistro tambem. Aquele soldado dando 
pontapés na barriga de uma grávida quase me deu vontade de 
vomitar.   - Original Message - From: 
Pedro M. Calmon [EMAIL PROTECTED] To: [EMAIL PROTECTED] Sent: 
Wednesday, November 24, 1999 4:14 AM Subject: Re: [naval] [off-topic] 
Filmes Valiosos  - O nascimento 
de uma nação - "The Birth of a   Nation" - de David Wark 
  Griffth"The Birth 
of a Nation" foi um dos filmes mais  sinistros que eu ja' tive a 
oportunidade de assitir.  Ate' hoje lembro da cena dos 
encapuzados da Ku-Klux-  Klan cavalganda galantemente 
pela noite para salvar a  pobre donzela branca das maos dos 
"negros  estupradores". Absolutamente bizarro. Nao sabia que 
 esse filme se encontrava disponivel no Brasil.   
=  Pedro M. Calmon  PO BOX 2248  
Thibodaux, LA 70310  USA  PHONE (504)449-1682 
 FAX (209)755-5642  ICQ: 48463895  
__  Do You 
Yahoo!?  Thousands of Stores. Millions of Products. All 
in one place.  Yahoo! Shopping.  
==  Lista naval 
 Para sair desta lista mande mensagem para:  [EMAIL PROTECTED]  
sem nada no Subject  e com o comando a seguir no corpo da 
msg:  "unsubscribe naval" (sem aspas)  
==  
== Lista naval Para 
sair desta lista mande mensagem para: [EMAIL PROTECTED] sem 
nada no Subject e com o comando a seguir no corpo da msg: 
"unsubscribe naval" (sem aspas) 
== 


Re: [naval] off-topic MAA-1 Piranha.

1999-11-24 Por tôpico Dario Renato

Bonito. Sabe que esta sua análise é muito bem equilibrada? E tem também um
mérito raro em textos de técnicos: é de fácil digestão. Ouvi uma vez que a
compreensão do texto é diretamente proporcional a competência do escritor.
Você subiu um bocado no meu conceito, se é que isso vale alguma coisa.

---

DR

- Original Message -
From: ELIZABETH KOSLOVA [EMAIL PROTECTED]
To: [EMAIL PROTECTED]
Sent: Wednesday, November 24, 1999 1:41 PM
Subject: Re: [naval] off-topic MAA-1 Piranha.


 bom andreas, aqui esta a ultima parte do que conheço
 sobre o piranha. Espero que goste.
 ---

 Aqui os dados sobre o piranha que conclui:

 Peso: 90Kg (calculado)

 Ogiva: 20Kg (fornecido)

 Raio letal da ogiva: 10-12 metros (calculado)

 Espoleta de proximidade: laser ativa (estimada analise
 de foto)

 Peso do propergol: 33.5Kg

 Peso da célula:  36.5Kg (calculado, estimado analise
 de foto)

 Alcance: 6.5 - 7.3 Kg (calculado)

 Coeficiente aerodinâmico de penetração:  0.24

 Diâmetro do corpo: 15cm (estimado, analise de foto)

 Tempo de missão ( Duração do combustível do gerador de
 gás): 40 segundos (estimado)

  Material do sensor: InSb (fornecido)

 Velocidade de rastreio: 35º/seg (fornecido)

 Angulo de visada: 37º (fornecido)

 Refrigeração do sensor:  nitrogênio liquido (estimado)

 Velocidade da reticula do buscador: 140Hz (estimado)

 Bom estes são os dados que consegui em publicações, eu
 chamei de fornecidos, oque que tive que calcular
 matematicamente chamei de calculado, e os que tive que
 intuir seja pelas analises das fotos dele, ou pelos
 padrões de outros mísseis do mesmo porte.

 De uma maneira bem geral o projeto do piranha é
 bastante modesto, não tem nenhum item que represente
 um novo conceito ou que seja algum diferencial em
 relação a outro míssil.

 O projeto aerodinâmico é praticamente o mesmo do
 SIDEWINDER modelo L, sendo o PIRANHA com um peso fixo,
 (célula + OGIVA) maior que o míssil americano é seguro
 afirmar que ele não tem uma capacidade de manobra
 maior que o AIM-9L.

 Quando a capacidade all aspect estar presente ou não
 no modelo minha opniao é a seguinte:

 Apesar do sistema sensor empregar a mesma técnica e
 material presentes no AIM-9L, ou seja sensor IR de
 InSb nada indica que uma capacidade all aspect tenha
 sido atingida.

 A pista que sustenta esta hipótese é o tamanho da
 ogiva ser de 20Kg, um valor quase o dobro dos
 similares.

 Oque determina o alcance de um míssil IR é a
 quantidade de combustível que ele pode transportar e
 que tem reflexos no peso final, ou a distancia máxima
 que o sistema de busca pode adquirir o alvo.

 O aumento de combustível traz reflexos sobre o peso da
 célula e também sobre a capacidade de manobra, logo
 indica a necessidade de uma ogiva maior para compensar
 o problema da manobra e por consseguencia mais peso de
 célula.. até o ponto que isto atinge seu ponto de
 equilíbrio.

 A melhoria do sistema de busca é o grande objetivo da
 equipe de desenvolvimento.

 No caso do PIRANHA com um ogiva de 20Kg, caso ela
 fosse reduzida para 12, poderiam ser acrescidos
 mais 8 Kg no combustível melhorando a capacidade de
 manobra e ainda assim a ogiva seria 8% maior que a do
 PHYTON III por exemplo,  com o alcance subindo para
 até 9Km.

 Mas o porque isto não foi feito, basicamente porque o
 sistema de busca não tem uma resposta adequada para um
 alvo a 9Km logo esta sobra de combustível não se
 justifica, ou entao a precisão de busca é menor a tal
 ponto de requerer  uma ogiva de raio letal maior,
 sendo esta segunda hipótese menos provável.

 Posso afirmar que o PIRANHA possa ter alguma
 possibilidade de engajamento frontal porem a uma
 distancia muito menor, de no máximo uns 3 - 3.5 Km
 ainda assim em condições de sol pela costas e com um
 DEEP GROND (cenário IR de fundo) muito frio, coisa que
 só ocorre a grande altura.

 O argumento de que uma ogiva de 20Kg é uma escolha
 desejável para aumentar o raio letal não se sustenta,
 pois ela acaba comprometendo muitos outros parâmetros
 mais  importantes como capacidade de manobra e
 alcance. Um sistema de guiagem que se propõe a ser all
 aspect tem que garantir uma distancia do alvo
 suficientemente pequena para que uma ogiva de 10 - 12
 Kg tenha eficiência letal, como tem sido em mísseis
 como o PHYTON, MAGIC, SIDEWINDER, não estamos em
 hipótese alguma reinventando a roda com esta historia
 de colocar ogiva grande.

 Como falei em um outro mail o PIRANHA é
 estruturalmente independente (secção de controle, de
 ogiva e de  propulsor) oque presumisse casar com a
 seguinte estratégia: Desenvolver a capacidade de
 engajamento frontal com o tempo, e mudar a os módulos
 básicos com o tempo para conciliar as necessidades de
 ogiva - combustível, conforme o sistema de guiagem vai
 se tornando melhor.

 Uma estratégia bastante interessante já que em 1993
 quando o programa caiu na mão da MECTRON e esta vendo
 que o programa estava sendo tocado a 17 anos,
 

[naval] Teste

1999-11-23 Por tôpico Dario Renato



Maldição! Cadê os meus e-mails?


[naval] [off-topic] Filmes Valiosos

1999-11-23 Por tôpico Dario Renato




Ednardo,Sei que voc quer um novo panorama de filmes de 
guerra que fujam um pouco aotdio dos filmes comerciais e ufanistas 
mais comuns. Ok, mas tenha cuidado!Ao assistir alguns destes filmes sua vida 
pode mudar... ou pelo menos suaforma de ver o cinema.- Nada 
de novo no front - All quiet on the western front de 
LewisMillestone- Asas - Wings de William 
Wellman- O mar cruel - The cruel sea de Leslie 
Normam e Charles Frend- Alexandre Nevski - Aleksandr 
Nevski de Sergei Eisenstein- O encouraado 
Potenkin - Bronenosets Potyomkin de Serguei Eisenstein- 
Outubro - Oktyabar de Serguei Eisenstein- 
Apocalipse Now - de Francis Ford Coppola- Adeus 
meninos - Au revoir les enfants de Lois Malle- 
O imprio do sol - Empire of the sun - de 
Steven Spielberg- Esperana e Glria - Hope and 
Glory - de John Boorman- Ran - Ran 
Akira Kurosawa- A sombra do samurai - 
Kagemusha Akira Kurosawa- Branco e negro a 
cores - Black and White in color de Jean-Jacques 
Annaud- A grande Iluso - La Grande 
Ilusion de Jean Renoir- Henrique V - Henry 
V (eu prefiro a verso de Sir Lawrence Olivier)- 
Ricardo III - (aqui voc pode escolher: o do Olivier ou 
do Ian Mackelen,ambos so demais! Cada um a seu modo muito 
particular.)- Dr. Strangelove - Dr Strangelove or: How I 
Learned to stop to worryingand love the bomb de Stanley 
Kubrick- Glria - Glory de Edward 
Zwick- O nascimento de uma nao - The Birth of 
a Nation - de David WarkGriffth- Daqui a cem anos 
- Things to come de Alexander Korda e William 
CameronMenzies- A Arquitetura da Destruio - 
The architecture of doom de Peter Cohen 
- O Triunfo da Vontade - Triunph des Willens 
de Leni RiefensthalP. S. - Esta lista estava trs vezes 
mais longa quando achei que deviatesourar. Sealgum se 
interessar, a gente continua.___D R


[naval] Off toppic: Denise - chegou a fita de Bio War!

1999-11-22 Por tôpico Dario Renato

Oi Denise,
Você não respondeu o meu E-mail então estou te mandando dentro da lista.

Lembra da fita sobre guerra biológica que minha amiga ficou de trazer? Pois
chegou, só que está uma droga! :( Mesmo assim se você quiser eu faço uma
cópia. Me responde em PVT que eu acho que tem algo errado com o seu
endereço.

---
DR

==
Lista naval
Para sair desta lista mande mensagem para:
[EMAIL PROTECTED]
sem nada no Subject
e com o comando a seguir no corpo da msg:
"unsubscribe naval" (sem aspas)
==