RE: [PSL-Brasil] M$ e microchips deidentificaçà £o humana

2006-09-28 Por tôpico Marco \Kiko\ Carnut
Omar,

 Esses chips têm duas finalidades alegadas atualmente:
 
 1- suposta utilidade médica, pois conteria os dados do 
 paciente, remédio que toma, etc;
 
 2- monitoramento mesmo. Segundo se sabe já há algumas dúzias 
 de figuras ilustres que utilizam-no contra seqüestros por exemplo.
 
 Procure por Verichip no Google. É de assustar.

Assutador? Talvez... esses chips podem soar novidade, mas nem o são.
Já somos marcados de várias outras maneiras, muitas com o nosso
consentimento, disfarçadas de outras formas. 

Exemplo trivial: o cartão de fidelidade do supermercado. Eles não
estão terrivelmente interessados em nos dar pontinhos pra depois
trocarmos por prêmios de queima-de-estoque. Você provavelmente
sabe que o que eles realmente querem é atrelar nosso nome ao que a
gente compra, para que eles possam estudar nossos hábitos de consumo
e ajustar os preços de acordo. O desconforto recorrente de perceber
que cada vez que a gente vai fazer a feira padrão no supermercado
ele sai ligeiramente mais caro é um resultado direto disso.

Rastreamento por chips soa assustador?  Muitos de nós já carregamos
hoje chips que nos rastreiam. Ele costuma ser conhecido pelo nome de
telefone celular. Algumas empresas de telecom já demonstraram a
capacidade de localizar com razoável precisão a área em que você
está baseado na triangulação dos sinais do seu celular. E, naturalmente,
se alguém colocar (ou já tiver colocado) algum chip no celular para
facilitar sobremaneira esse processo, acho que vai demorar um pouco
para alguém notar.

Rastreamento por chips soa assustador? Nem tanto se você está assustado
com outras coisas, como seqüestros. Parece-me que a maioria das
pessoas cede com prazer sua privacidade por qualquer promessa vã de
segurança. Ao meu ver, para a maioria das pessoas, privacidade não
está nem perto do topo da lista de prioridades.

Sob esse prisma, esse chips e os tão falados RFIDs podem ser encarados
apenas como o próximo passo lógico/evolutivo.

Não me entendam mal. Não sou tecnófobo. Bem ao contrário. Queria
só ilustrar que o que nos parece assustador pode, para outros ou
até para nós mesmos em um outro momento, soar perfeitamente normal,
especialmente se vier no pacote junto com alguma conveniência
inegável, tal como falar com alguém à distância sem fios ou pelo
mero ato de sair da loja nossa conta bancária já seria debitada
com o que levamos da loja (eu mesmo ia adorar... odeio filas!)

O que isso tem a ver com software livre? Se dependesse de mim,
haveria alguma maneira da gente especificar e exigir que os
dispositivos só façam aquilo que a gente quer e nada além do que
a gente quer. Isso envolveria soluções técnicas e políticas...
e seria bem mais fácil se o software (e o hardware... e muitas
outras coisas do aespecto humano) fossem abertos.

Utopia? Talvez. Provavelmente, até. Mas eu também não achava,
há 10 anos atrás, que o movimento de software livre fosse tão
longe tão rápido. Se eu errei naquela previsão, quem sabe não
posso estar errado nessa? :)

-K.

___
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista:
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil


Re: [PSL-Brasil] M$ e microchips deidentificaçà £o humana

2006-09-27 Por tôpico Omar Kaminski

Esses chips têm duas finalidades alegadas atualmente:

1- suposta utilidade médica, pois conteria os dados do paciente, remédio que 
toma, etc;


2- monitoramento mesmo. Segundo se sabe já há algumas dúzias de figuras 
ilustres que utilizam-no contra seqüestros por exemplo.


Procure por Verichip no Google. É de assustar.

[]s


- Original Message - 
From: adomendes [EMAIL PROTECTED]
To: [EMAIL PROTECTED]; Projeto Software Livre BRASIL 
psl-brasil@listas.softwarelivre.org

Sent: Thursday, September 28, 2006 1:26 AM
Subject: Re: [PSL-Brasil] M$ e microchips deidentificação humana



Não, não é possível. Só faltava essa.
Bem, que eu vi que saiu a P. Peck falando algo a respeito do lançamento 
desta tecnologia... Teria sido na Expointer. Ah, sim foi. É aonde já estão 
chiapando e monitorando os animais.


Nossa, aonde vamos parar, chips proprietários nos bois.

Vida de gado, povo marcado...

Estava resolvendo problemas na empresa sobre minha aposentadoria. E fiquei 
desconfiado, queriam que eu fizesse exames, assinasse coisas assim. Me 
revoltei. Chega de controle. Chega de chips.



Quoting Heverton Clay [EMAIL PROTECTED]:



Participo de uma lista em Cuba, a qual não pode ser divulgada,
pois os contra-revolucionários podem fazer mal uso deste veículo
de articulação, porem, replico a vcs um trecho de mail que traz
um tema que restringe a liberdade humana.

ATENÃ?ÃfO:

O crescente uso de microchips de identificação implantados no
corpo
humano, que servem tanto para o controle de funcionários como para
ter
acesso ao histórico médico de seus portadores, tem gerado
polêmica nos
Estados Unidos. 


___
PSL-Brasil mailing list
PSL-Brasil@listas.softwarelivre.org
http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/psl-brasil
Regras da lista: 
http://twiki.softwarelivre.org/bin/view/PSLBrasil/RegrasDaListaPSLBrasil