Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-23 Por tôpico Béria Lima
Não sabia que a lista da WMBR regia também e-mails privados e e-mails
enviados para outras listas de discussão.

Queres a senha do meu e-mail para saber para quem mais mandei mails e se
foram ou não ofensivos?
_
*Béria Lima*
http://wikimedia.pt/(351) 925 171 484

*Imagine um mundo onde é dada a qualquer pessoa a possibilidade de ter
livre acesso ao somatório de todo o conhecimento humano. Ajude-nos a
construir esse sonho. http://wikimedia.pt/Donativos*


2011/11/23 Rodrigo P. wikiozymand...@gmail.com

 Hora dos meus dois shekalim:

 A Béria pediu um motivo para terem mandado ela ir tomar naquele lugar.
 Então aproveito o email e peço para ela dizer porque me mandou a m* na
 lista do Iberocoop (o que valeu uma reprimenda daquela comunidade) e me
 xingou em três emails particulares na semana passada por causa desta lista.
 Então não temos coitados: o Argenton foi exagerado, mas quanto tempo temos
 ações por parte da usuária que tem incomodado boa parte da comunidade ?

 A idéia do Tom é totalmente viável: acho que uma listinha de recomendações
 pode ser votada pela comunidade na wiki. Comunidade que digo, aqueles que
 participam das discussoes e atividades, que assinaram a famigerada Carta ou
 a Lista de Interessados e que não tenham interesses escusos com a
 comunidade. Lá pode-se incluir ofensas pessoais, mas também incluir fazer e
 falar as coisas sem consenso da comunidade. Agrada a gregos e troianos.

 Rodrigo


 ___
 WikimediaBR-l mailing list
 WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
 https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l

___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-23 Por tôpico Nevio
Jo, se pareceu dar guarida ao menino, desculpa, nao foi essa a intenção, acho 
que ele se perde nos discursos apaixonados, mas consigo ver motivos para sua 
revolta. Muito inabilmente foi ele quem primeiro denunciou a manobra de fazer 
alterações nas páginas da WMBr buscando sacarrolhar um chapter para o Brasil. 
Naquela ocasião, o Argenton teve uma reação tão insensata que  o atentado a 
nossa autonomia, à carta de princípios passou despercebido. Apenas compreendo, 
mas não compactuo com as coisas erradas que você notou.
Abraço, Névio


Enviado do meu iPad

No dia 22/11/2011, às 23:00, João jolo...@gmail.com escreveu:

 Primeiro a resposta ao Nevio: Me espanta você dar guarida a esse tipo de 
 comportamento do menino, acho que vc não leu tudo. não é tanto pelo palavrão, 
 é mais por apontar o dedo na cara dos outros, não é função dele fazer isso, 
 não é a primeira vez que ele faz isso. E a pergunta da Beria a você é 
 pertinente: o que ela fez?
 
 Vinicius, é bom ter você por aqui, conheço o seu trabalho na Wikipédia e 
 fiquei contente com sua participação. 
 Queria que mais gente da Wikipédia viesse e encontrasse uma recepção melhor 
 que a dada a D.Luiza Teles, muito mai recebida. 
 Espero que vir da W. não se torne demérito e não te atinjam com isso como 
 fizeram com ela. 
 
  
 
 Jo Lorib
 pt.wikipédia.o
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Em 22 de novembro de 2011 21:07, Vinicius Siqueira vini_...@hotmail.com 
 escreveu:
 Tendemos a ser muito mais tolerantes com os nossos próprios erros do que com 
 os erros dos outros. É muito fácil criticarmos os atos (ou não-atos) alheios 
 e nos absolvermos de nossa própria culpa. Precisamos rever esse comportamento 
 de modo a criarmos um ambiente realmente colaborativo, no qual reconhecer uma 
 falha não seja tão agressivo ao nosso orgulho. É preciso aprendermos a pensar 
 e a agir em grupo e deixarmos nossos interesses e picuinhas pessoais de lado.
 
 Acredito que qualquer insatisfação com o comportamento de outro deve ser 
 discutida de maneira respeitosa e proponha que busquemos, primeiro, resolver 
 isso em particular para depois trazer nossa opinião para o grupo. Isso seria 
 muito benéfico. Afinal, relevar tudo é difícil, desestimulante e contribui 
 para a criação de um ambiente de desconfiança, de relações acabrunhadas, que, 
 definitivamente, é incompatível com o projeto a que nos propomos. Além disso, 
 devemos estar preparados para receber críticas (não trabalhamos sozinhos nem 
 em benefício próprio e exclusivo) e para absorver a opinião do outro (sem 
 prejuízo da própria vaidade) ou para justificar as nossas ações com cuidado e 
 respeito. Esse é um projeto que, para mim, foi, sobretudo, de crescimento 
 pessoal e não fosse pelas críticas, alertas e conversas sinceras que tive com 
 diversos parceiros ao longo de todo o tempo que me dediquei à Wikipédia, não 
 poderia ter sido tão produtivo em minha vida. 
 
 Precisamos mudar a nossa maneira de interagir aqui para não trazermos ou 
 perpetuarmos nesse projeto o estado de beligerância que se instalou na 
 pt.wikipedia e que afastou tantos voluntários de lá. É certo que não queremos 
 para nós o destino que a pt.wikipedia construiu para si e que hoje pode ser 
 claramente percebido: fuga de bons usuários, ambiente refratário a novos 
 voluntários, falta de estímulo para participar e uma série de outros fatores 
 decorrentes da dificuldade dos usuários em conviver bem e em aceitar-se uns 
 aos outros.
 
 Não precisamos concordar em tudo, basta que saibamos respeitar as 
 divergências e que debatamos com lucidez e clareza as nossas ideias com 
 relação a determinado pensamento, prática, opinião etc. Não vamos nos render 
 ao discurso fácil de culpar um ou outro pelos fracassos obtidos, já que somos 
 incapazes, muitas vezes, de reconhecer o sucesso de alguém. Somos um grupo e 
 o fracasso de um é o fracasso do grupo inteiro que não agiu a tempo de 
 evitá-lo.
 
 Por fim, sou da opinião de que excessos como os cometidos nos últimos e-mails 
 não são justificáveis e não devem reincidir. Essas assertivas pessoais com 
 conteúdo ofensivo e agressivo em nada contribuem. Só fizeram intensificar as 
 minhas preocupações quanto ao rumo de nossas relações internas. Lembro que 
 sem um grupo forte e unido não conseguiremos nada efetivo.
 
 Desculpas pelo desabafo, mas acredito muito nesse projeto e não gostaria de 
 ver todo o nosso esforço (muito ínfimo da minha parte, mas sei que muitos já 
 trabalharam bastante aqui) reduzido a nada por conta do destempero 
 (apropriando-me da palavra utilizada pelo Nevio) de alguns (no plural porque 
 não vem de uma única parte).
 
 Vinicius
 
 From: nevinhoalar...@gmail.com
 Date: Tue, 22 Nov 2011 20:22:34 -0200
 To: wikimediabr-l@lists.wikimedia.org
 Subject: Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha 
 saída e censura interna.
 
 
 Me desculpe, João, mas devo dizer que entendo a revolta do Argenton. Dá pra 
 entender o destempero dele diante da

Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-23 Por tôpico Rodrigo Tetsuo Argenton

Ah, esqueci de dizer Pietro, não fui em quem fiz política, e não estou
fazendo nenhum juízo de valor, se gosta, como tem demonstrado, fazer
política para ficar bem visto a todos, sinta-se livre, não afetando a
comunidade eu realmente não me importo, só disse que eu não farei e
que deixo para você.

___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-23 Por tôpico Everton Zanella Alvarenga
Teles, eu vejo problema com baixaria. E por isso sugeri regras para
essa lista - deveria ter feito antes, tenho certa responsabilidade
nisso. Quando eu era moderador era mais para ajudar filtrando spams e
aprovando mensagens externas importantes (pode não parecer, mas isso
dá um trabalhão - pelo menos para mim dava). Inclusive, pelo histórico
da lista no começo, me propus a fazer apenas isso, pois não queriam
intermediar algumas discussões pelo tom raivoso delas, muito menos
baixarias. Quando começaram a surgir emails disruptivos (isso faz mais
de ano já), não soube o que fazer e saí da moderação, apenas passando
a filtrar a mensagem do usuário para a lixeira.

O grupo, por si só, não consegue se moderar, infelizmente - participo
de listas de email onde isso é possível. Espero que uma atitude seja
tomada ou, de fato, perderemos muita gente por causa de uns poucos.

Tom

Em 23 de novembro de 2011 04:41, Lucas Teles
salvadore...@hotmail.com escreveu:

 Não entendo o motivo de tolerar tantos absurdos como a mensagem anterior.
 Mantenham um usuário disruptivo no grupo e perderão 50. O bom da Wikipédia é
 que se isso é feito por lá o bloqueio é imediato (menos que isso na
 verdade). Aqui parecem não ver problema com tamanha baixaria e até mesmo
 acusações de crime e ameaça de agressão. Se eu fosse moderador, teríamos um
 usuário a menos nessa lista agora mesmo. Ninguém é obrigado a aturar
 agressões daqueles que possuem dificuldades de relacionamento.

___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-23 Por tôpico Pietro Roveri
A política consiste no ato do ajuste dos próprios anseios aos anseios dos 
outros, fazemos política o tempo todo. A diferença está na forma, novamente, e 
não no conteúdo. Cachorros fazem política latindo, pessoas fazem política 
debatendo polidamente. Pare de latir e venha conversar.
Abraços,

Pietro





 De: Rodrigo Tetsuo Argenton rodrigo.argen...@gmail.com
Para: wikimediabr-l@lists.wikimedia.org 
Enviadas: Quarta-feira, 23 de Novembro de 2011 9:45
Assunto: Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha 
saída e censura interna.
 

Ah, esqueci de dizer Pietro, não fui em quem fiz política, e não estou
fazendo nenhum juízo de valor, se gosta, como tem demonstrado, fazer
política para ficar bem visto a todos, sinta-se livre, não afetando a
comunidade eu realmente não me importo, só disse que eu não farei e
que deixo para você.

___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-23 Por tôpico Jader Rodrigues Simões
Agressão só gera mais agressão. É hora de parar. 
Somos pessoas e não cães. Se existe um mínimo de consideração pelos
outros membros, por favor, parem.

Apoiado, Pietro.



Em Qua, 2011-11-23 às 03:53 -0800, Pietro Roveri escreveu:
 A política consiste no ato do ajuste dos próprios anseios aos anseios
 dos outros, fazemos política o tempo todo. A diferença está na forma,
 novamente, e não no conteúdo. Cachorros fazem política latindo,
 pessoas fazem política debatendo polidamente. Pare de latir e venha
 conversar.
 Abraços,
 
 
 Pietro
 
 
 
 
 
 
 __
 De: Rodrigo Tetsuo Argenton rodrigo.argen...@gmail.com
 Para: wikimediabr-l@lists.wikimedia.org 
 Enviadas: Quarta-feira, 23 de Novembro de 2011 9:45
 Assunto: Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura,
 minha saída e censura interna.
 
 
 Ah, esqueci de dizer Pietro, não fui em quem fiz política, e não estou
 fazendo nenhum juízo de valor, se gosta, como tem demonstrado, fazer
 política para ficar bem visto a todos, sinta-se livre, não afetando a
 comunidade eu realmente não me importo, só disse que eu não farei e
 que deixo para você.
 
 ___
 WikimediaBR-l mailing list
 WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
 https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
 
 
 
 ___
 WikimediaBR-l mailing list
 WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
 https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l

-- 
Jader Rodrigues Simões
Gestão em Tecnologia da Informação



___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-23 Por tôpico Rodrigo Tetsuo Argenton

 A política consiste no ato do ajuste dos próprios anseios aos anseios dos 
 outros, fazemos política o tempo todo. A diferença está na forma, novamente, 
 e não no conteúdo. Cachorros fazem política latindo, pessoas fazem política 
 debatendo polidamente. Pare de latir e venha conversar.
 Abraços,

 Pietro

Conversei o ano todo e no que deu?


Agressão só gera mais agressão. É hora de parar.
Somos pessoas e não cães. Se existe um mínimo de consideração pelos
outros membros, por favor, parem. 

Por incrível que pareça, concordo, mas o que me levou as agressões? Se
não eliminarmos a causa agora, vamos ter que aturar por mais quantos
anos? Eu estou aguentando desde 2008, você está a menos tempo na lista
e já está bem incomodado, imagine aguentar ataques e agressões
gratuitas desde 2008...

Façam algo a respeito das ações dela, que a comunidade ficará em paz,
é uma fórmula simples, eu tenho consideração, eu só agredi quem vem me
agredindo, não faço ataques randômicos e ataques à comunidade, então
se quer fazer algo para parar, faça,
http://br.wikimedia.org/wiki/Wikimedia:%C3%81gora/Exclus%C3%A3o_de_ferramenta#Vota.C3.A7.C3.A3o,
comece mostrar mesmo sua indignação.


___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-23 Por tôpico Everton Zanella Alvarenga
Pelo histórico da lista, só vai parar se uma atitude for tomada. Pedir
por favor não será suficiente. Não há respeito algum pelo grupo quando
colocam-se no topo como deuses e desqualificam a opinião de muitos.

Um dia desses postei uma reflexão na nesses sites de rede social por
causa das violências físicas que ocorreram na USP e muitos devem ter
acompanhando. Me preocupa muito essa situação, pois lá, um ambiente
onde o debate civilizado e racional deveria ser o moto, não foi
possível a solução de um impasse através do diálogo, resultando no uso
da violência - aqui estamos na violência verbal e se nada for feito,
poderá ir além disso, não duvido.

Repetindo parte do que disse lá nesse post. Relembrando um trecho do
comecinho da História do Pensamento Ocidental, do Russell, cogito se
o desejo ou impulso por atos violentos não mudará com o tempo. Ele
menciona sobre a linguagem ter sido desenvolvida através de atividades
comuns em grupo, cujo objetivo fundamental é possibilitar por em
prática um propósito comum. A noção básica aqui, diz ele, é o acordo.
Quando nos comunicamos, eventualmente chegamos a concordar, ainda que
concordamos que discordamos. Porém, nossos ancestrais, resolviam uma
situação de impasse fazendo o uso da força - ao nos desvencilharmos do
nosso interlocutor, ele não poderá mais nos contradizer. Uma
alternativa é insistir na discussão do assunto, sendo esse o caminho
da ciência e da filosofia.

Vendo algumas posturas diante de situações de conflito recentes num
ambiente onde a discussão inteligente poderia ser o moto [estava me
referindo a USP], tanto no âmbito da (tentativa de) discussão de
idéias, quanto no embate físico resultante da falta de acordo, me
questiono o quanto progredimos em relação a nossos ancestrais e se
essa tendência a violência poderá diminuir com o tempo.

Talvez num livro daqui a cem anos, se a humanidade ainda estiver por
aqui, alguém poderá relatar o dia em que seus ancestrais, ao discordar
de uma idéia, tentava calar o outro ou partia para o ataque verbal.

Infelizmente, não me parece que insistir em algumas discussões seja
possível em alguns casos e uns dias de reflexão para algumas pessoas,
justificando as razões, são necessários.

Tom

Em 23 de novembro de 2011 10:02, Jader Rodrigues Simões
jrsim...@debianadmins.com.br escreveu:
 Agressão só gera mais agressão. É hora de parar.
 Somos pessoas e não cães. Se existe um mínimo de consideração pelos
 outros membros, por favor, parem.

 Apoiado, Pietro.

___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-23 Por tôpico Rodrigo Tetsuo Argenton
Ué, tem pessoas buscando um consenso:
http://br.wikimedia.org/wiki/Wikimedia:%C3%81gora#Recomenda.C3.A7.C3.B5es_para_os_membros_da_lista_de_discuss.C3.A3o_e_outros_meios_de_discuss.C3.A3o_da_WMBR

E tem gente reclamando, como sempre.


E já falei isso pro Castelo e falo isso para você Tom, não é o
histórico da lista, faça uma analise fria, sem e com, veja se é um
comportamento da lista, ou de uma pessoa.

Eu fiz, e falei o resultado para o Castelo. Está na lista.

Não culpe o todo, ache o erro.

___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-23 Por tôpico Jader Rodrigues Simões
Oi, Tom. Eu sou incorrigivelmente crédulo no ser humano. Vou tentar
argumentar até o último segundo.

Mesmo em situações limite, enquanto seres racionais, somos capazes de
encontrar soluções e sobreviver. A natureza nos fez assim.

Não acredito em afirmações fatalistas (o mundo vai acabar, temos que
expulsar fulano, etc.) quando temos inteligência de sobra para conseguir
novas formas de trabalhar onde não exista necessidade de excluir
pessoas. Basta vontade, motivação adequada e direcionamento.

Além do mais, em um grupo se conquista apoio, influência a opinião das
pessoas e isso, quer queira ou não, é política. As decisões são tomadas
no consenso e não no grito, sem emoção. 

A proposta Wikimedia é incluir e não excluir. Para divergir da proposta,
você precisa ter argumentos muito bons e muito apoio, mas não é o que
esta sendo apresentado.

Todos tem o direito de manter suas opiniões, mas se querem que algo
aconteça, faça pelos meios corretos, respeitando as pessoas. O grupo não
pode ser movido pelo interesse individual de poucos. 

Não é racional responder à provocações.

Qualquer discussão a respeito da minha opinião pessoal, pode continuar
no meu e-mail : jrsim...@debianadmins.com.br. 

Estou aberto a críticas e sugestões, e para que o grupo não seja escudo
de uma discussão irrelevante, tais assuntos podem ser endereçados para
lá. 

Atenciosamente.
 
Em Qua, 2011-11-23 às 04:11 -0800, Rodrigo Tetsuo Argenton escreveu:
 
  A política consiste no ato do ajuste dos próprios anseios aos anseios dos 
  outros, fazemos política o tempo todo. A diferença está na forma, 
  novamente, e não no conteúdo. Cachorros fazem política latindo, pessoas 
  fazem política debatendo polidamente. Pare de latir e venha conversar.
  Abraços,
 
  Pietro
 
 Conversei o ano todo e no que deu?
 
 
 Agressão só gera mais agressão. É hora de parar.
 Somos pessoas e não cães. Se existe um mínimo de consideração pelos
 outros membros, por favor, parem. 
 
 Por incrível que pareça, concordo, mas o que me levou as agressões? Se
 não eliminarmos a causa agora, vamos ter que aturar por mais quantos
 anos? Eu estou aguentando desde 2008, você está a menos tempo na lista
 e já está bem incomodado, imagine aguentar ataques e agressões
 gratuitas desde 2008...
 
 Façam algo a respeito das ações dela, que a comunidade ficará em paz,
 é uma fórmula simples, eu tenho consideração, eu só agredi quem vem me
 agredindo, não faço ataques randômicos e ataques à comunidade, então
 se quer fazer algo para parar, faça,
 http://br.wikimedia.org/wiki/Wikimedia:%C3%81gora/Exclus%C3%A3o_de_ferramenta#Vota.C3.A7.C3.A3o,
 comece mostrar mesmo sua indignação.
 
 
 ___
 WikimediaBR-l mailing list
 WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
 https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l

-- 
Jader Rodrigues Simões
Gestão em Tecnologia da Informação



___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-22 Por tôpico Everton Zanella Alvarenga
Eu, pelo contrário, por causa da Wikimedia Brasil, conheci pessoas
fantásticas, que nem preciso listá-las, e com um espírito voltado a
colaboração que pouco vi durante meus vários anos de faculdade, motivo
que me deixava triste em diversos momentos na época. E ainda acho que
vamos encontrar muitas pessoas além das que já contribuem para ampliar
o acesso ao conhecimento livre - fico muito otimista com programas
como o embaixadores, que pode ser estendido num futuro não muito
distante para as escolas.

Algumas coisas daquela que me chateavam naquela época ainda existe
aqui, como guerras de ego, mas me parece impossível que isso não
exista quando envolvemos muitas pessoas. E temos que saber conviver
com nossos problemas, pois nunca seremos perfeitos.

Enfim, só faltava o email longo, além do chilique anterior. Não
adiantou pedir por favor. C'est la vie.

Tom

___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-22 Por tôpico Rodrigo Tetsuo Argenton
q.e.d. tem gente idiota nesse lugar, que gosta de ofender, mas esqueci
que há pessoas mais idiotas, 
http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri/?comments_popup=5903#comment-22126.

Foda-se, vou destratar todo mundo que eu não gosto, e mandar o Tom
tomar no cu, então Tom vai tomar no cu, tenho muito o que fazer para
ficar me preocupando se você gosta de mim ou não.

Jo o mesmo pra você.

Não sou de fazer política e estou engolindo todas as merdas que vocês
falam. Acabou.

Tem gente que consegue ser mais idiota que vocês e eu tenho um
compromisso para que esses não estreguem o movimento.

E Béria, se segure.

___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-22 Por tôpico Béria Lima
Oh Nevio que eu fiz de tão horrivel assim que vale a pena o outro mandar as
pessoas tomarem no **?
_
*Béria Lima*
http://wikimedia.pt/(351) 925 171 484

*Imagine um mundo onde é dada a qualquer pessoa a possibilidade de ter
livre acesso ao somatório de todo o conhecimento humano. Ajude-nos a
construir esse sonho. http://wikimedia.pt/Donativos*


2011/11/22 Nevio nevinhoalar...@gmail.com

 Me desculpe, João, mas devo dizer que entendo a revolta do Argenton. Dá
 pra entender o destempero dele diante da aparente aprovação das atitudes
 nada louváveis da sua contraparte lusitana.
 Névio


 Enviado do meu iPad

 No dia 22/11/2011, às 19:35, João jolo...@gmail.com escreveu:

 Sabe Rodrigo, é dificil entender  você.

 O que eu disse naquela mensagem que tanto lhe desagradou é que esta na
 hora de você repensar suas atitudes aqui neste grupo, pois você está
 prejudicando todo mundo com esse tipo de atitude.
 Não foi nenhuma agressão verbal, não sei o que você entendeu.
 Se foi oito minutos e meio depois da sua, foi por que foi ai que vi a
 mensagem, não por um complô ou por vingança de algo no passado, sem teorias
 da conspiração, please.
 Esse chororó de '' eu trabalho e me sacrifico, os outros são vagabundos''
 não tem vez com voluntários, para com isso,
 Eu que sei o tempo livre que tenho e o quanto disponibilizo para a wiki, o
 quanto eu trabalho para ganhar a vida, como vai minha saúde, etc.
 Pode me xingar, mas não é você que vai me avaliar não.
 Mude, por favor.
 *
 Jo Lorib*
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Usu%C3%A1rio:Jo_Loribpt.wikipédia.orghttp://pt.wikip%C3%A9dia.org















 Em 22 de novembro de 2011 13:06, Rodrigo Tetsuo Argenton 
 rodrigo.argen...@gmail.com
 rodrigo.argen...@gmail.com escreveu:

 q.e.d. tem gente idiota nesse lugar, que gosta de ofender, mas esqueci
 que há pessoas mais idiotas,
 http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri/?comments_popup=5903#comment-22126
 http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri/?comments_popup=5903#comment-22126
 .

 Foda-se, vou destratar todo mundo que eu não gosto, e mandar o Tom
 tomar no cu, então Tom vai tomar no cu, tenho muito o que fazer para
 ficar me preocupando se você gosta de mim ou não.

 Jo o mesmo pra você.

 Não sou de fazer política e estou engolindo todas as merdas que vocês
 falam. Acabou.

 Tem gente que consegue ser mais idiota que vocês e eu tenho um
 compromisso para que esses não estreguem o movimento.

 E Béria, se segure.

 ___
 WikimediaBR-l mailing list
  WikimediaBR-l@lists.wikimedia.orgWikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
  https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
 https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


 ___
 WikimediaBR-l mailing list
 WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
 https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


 ___
 WikimediaBR-l mailing list
 WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
 https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-22 Por tôpico Vinicius Siqueira

Tendemos a ser muito mais tolerantes com os nossos próprios erros do que com os 
erros dos outros. É muito fácil criticarmos os atos (ou não-atos) alheios e nos 
absolvermos de nossa própria culpa. Precisamos rever esse comportamento de modo 
a criarmos um ambiente realmente colaborativo, no qual reconhecer uma falha não 
seja tão agressivo ao nosso orgulho. É preciso aprendermos a pensar e a agir em 
grupo e deixarmos nossos interesses e picuinhas pessoais de lado.

Acredito que qualquer insatisfação com o comportamento de outro deve ser 
discutida de maneira respeitosa e proponha que busquemos, primeiro, resolver 
isso em particular para depois trazer nossa opinião para o grupo. Isso seria 
muito benéfico. Afinal, relevar tudo é difícil, desestimulante e contribui para 
a criação de um ambiente de desconfiança, de relações acabrunhadas, que, 
definitivamente, é incompatível com o projeto a que nos propomos. Além disso, 
devemos estar preparados para receber críticas (não trabalhamos sozinhos nem em 
benefício próprio e exclusivo) e para absorver a opinião do outro (sem prejuízo 
da própria vaidade) ou para justificar as nossas ações com cuidado e respeito. 
Esse é um projeto que, para mim, foi, sobretudo, de crescimento pessoal e não 
fosse pelas críticas, alertas e conversas sinceras que tive com diversos 
parceiros ao longo de todo o tempo que me dediquei à Wikipédia, não poderia ter 
sido tão produtivo em minha vida. 

Precisamos mudar a nossa maneira de interagir aqui para não trazermos ou 
perpetuarmos nesse projeto o estado de beligerância que se instalou na 
pt.wikipedia e que afastou tantos voluntários de lá. É certo que não queremos 
para nós o destino que a pt.wikipedia construiu para si e que hoje pode ser 
claramente percebido: fuga de bons usuários, ambiente refratário a novos 
voluntários, falta de estímulo para participar e uma série de outros fatores 
decorrentes da dificuldade dos usuários em conviver bem e em aceitar-se uns aos 
outros.

Não precisamos concordar em tudo, basta que saibamos respeitar as divergências 
e que debatamos com lucidez e clareza as nossas ideias com relação a 
determinado pensamento, prática, opinião etc. Não vamos nos render ao discurso 
fácil de culpar um ou outro pelos fracassos obtidos, já que somos incapazes, 
muitas vezes, de reconhecer o sucesso de alguém. Somos um grupo e o fracasso de 
um é o fracasso do grupo inteiro que não agiu a tempo de evitá-lo.

Por fim, sou da opinião de que excessos como os cometidos nos últimos e-mails 
não são justificáveis e não devem reincidir. Essas assertivas pessoais com 
conteúdo ofensivo e agressivo em nada contribuem. Só fizeram intensificar as 
minhas preocupações quanto ao rumo de nossas relações internas. Lembro que sem 
um grupo forte e unido não conseguiremos nada efetivo.

Desculpas pelo desabafo, mas acredito muito nesse projeto e não gostaria de ver 
todo o nosso esforço (muito ínfimo da minha parte, mas sei que muitos já 
trabalharam bastante aqui) reduzido a nada por conta do destempero 
(apropriando-me da palavra utilizada pelo Nevio) de alguns (no plural porque 
não vem de uma única parte).

Vinicius

From: nevinhoalar...@gmail.com
Date: Tue, 22 Nov 2011 20:22:34 -0200
To: wikimediabr-l@lists.wikimedia.org
Subject: Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha 
saída e censura interna.

Me desculpe, João, mas devo dizer que entendo a revolta do Argenton. Dá pra 
entender o destempero dele diante da aparente aprovação das atitudes nada 
louváveis da sua contraparte lusitana. Névio

Enviado do meu iPad
No dia 22/11/2011, às 19:35, João jolo...@gmail.com escreveu:

Sabe Rodrigo, é dificil entender  você.

O que eu disse naquela mensagem que tanto lhe desagradou é que esta na hora de 
você repensar suas atitudes aqui neste grupo, pois você está prejudicando todo 
mundo com esse tipo de atitude.


Não foi nenhuma agressão verbal, não sei o que você entendeu.
Se foi oito minutos e meio depois da sua, foi por que foi ai que vi a mensagem, 
não por um complô ou por vingança de algo no passado, sem teorias da 
conspiração, please.


Esse chororó de '' eu trabalho e me sacrifico, os outros são vagabundos'' não 
tem vez com voluntários, para com isso, 

Eu que sei o tempo livre que tenho e o quanto disponibilizo para a wiki, o 
quanto eu trabalho para ganhar a vida, como vai minha saúde, etc. 
Pode me xingar, mas não é você que vai me avaliar não.
Mude, por favor. 



Jo Lorib
pt.wikipédia.org































Em 22 de novembro de 2011 13:06, Rodrigo Tetsuo Argenton 
rodrigo.argen...@gmail.com escreveu:


q.e.d. tem gente idiota nesse lugar, que gosta de ofender, mas esqueci

que há pessoas mais idiotas, 
http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri/?comments_popup=5903#comment-22126.





Foda-se, vou destratar todo mundo que eu não gosto, e mandar o Tom

tomar no cu, então Tom vai tomar no cu, tenho muito o que fazer para

ficar me preocupando se você gosta de mim ou não

Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-22 Por tôpico João
Primeiro a resposta ao Nevio: Me espanta você dar guarida a esse tipo de
comportamento do menino, acho que vc não leu tudo. não é tanto pelo
palavrão, é mais por apontar o dedo na cara dos outros, não é função dele
fazer isso, não é a primeira vez que ele faz isso. E a pergunta da Beria a
você é pertinente: o que ela fez?

Vinicius, é bom ter você por aqui, conheço o seu trabalho na Wikipédia e
fiquei contente com sua participação.
Queria que mais gente da Wikipédia viesse e encontrasse uma recepção melhor
que a dada a D.Luiza Teles, muito mai recebida.
Espero que vir da W. não se torne demérito e não te atinjam com isso como
fizeram com ela.

* http://pt.wikipedia.org/wiki/Usu%C3%A1rio:Jo_Lorib

Jo Lorib*
pt.wikipédia.org http://pt.wikipedia.org/wiki/Usu%C3%A1rio:Jo_Lorib















Em 22 de novembro de 2011 21:07, Vinicius Siqueira
vini_...@hotmail.comescreveu:

  Tendemos a ser muito mais tolerantes com os nossos próprios erros do que
 com os erros dos outros. É muito fácil criticarmos os atos (ou não-atos)
 alheios e nos absolvermos de nossa própria culpa. Precisamos rever esse
 comportamento de modo a criarmos um ambiente realmente colaborativo, no
 qual reconhecer uma falha não seja tão agressivo ao nosso orgulho. É
 preciso aprendermos a pensar e a agir em grupo e deixarmos nossos
 interesses e picuinhas pessoais de lado.

 Acredito que qualquer insatisfação com o comportamento de outro deve ser
 discutida de maneira respeitosa e proponha que busquemos, primeiro,
 resolver isso em particular para depois trazer nossa opinião para o grupo.
 Isso seria muito benéfico. Afinal, relevar tudo é difícil, desestimulante e
 contribui para a criação de um ambiente de desconfiança, de relações
 acabrunhadas, que, definitivamente, é incompatível com o projeto a que nos
 propomos. Além disso, devemos estar preparados para receber críticas (não
 trabalhamos sozinhos nem em benefício próprio e exclusivo) e para absorver
 a opinião do outro (sem prejuízo da própria vaidade) ou para justificar as
 nossas ações com cuidado e respeito. Esse é um projeto que, para mim, foi,
 sobretudo, de crescimento pessoal e não fosse pelas críticas, alertas e
 conversas sinceras que tive com diversos parceiros ao longo de todo o tempo
 que me dediquei à Wikipédia, não poderia ter sido tão produtivo em minha
 vida.

 Precisamos mudar a nossa maneira de interagir aqui para não trazermos ou
 perpetuarmos nesse projeto o estado de beligerância que se instalou na
 pt.wikipedia e que afastou tantos voluntários de lá. É certo que não
 queremos para nós o destino que a pt.wikipedia construiu para si e que hoje
 pode ser claramente percebido: fuga de bons usuários, ambiente refratário a
 novos voluntários, falta de estímulo para participar e uma série de outros
 fatores decorrentes da dificuldade dos usuários em conviver bem e em
 aceitar-se uns aos outros.

 Não precisamos concordar em tudo, basta que saibamos respeitar as
 divergências e que debatamos com lucidez e clareza as nossas ideias com
 relação a determinado pensamento, prática, opinião etc. Não vamos nos
 render ao discurso fácil de culpar um ou outro pelos fracassos obtidos, já
 que somos incapazes, muitas vezes, de reconhecer o sucesso de alguém. Somos
 um grupo e o fracasso de um é o fracasso do grupo inteiro que não agiu a
 tempo de evitá-lo.

 Por fim, sou da opinião de que excessos como os cometidos nos últimos
 e-mails não são justificáveis e não devem reincidir. Essas assertivas
 pessoais com conteúdo ofensivo e agressivo em nada contribuem. Só fizeram
 intensificar as minhas preocupações quanto ao rumo de nossas relações
 internas. Lembro que sem um grupo forte e unido não conseguiremos nada
 efetivo.

 Desculpas pelo desabafo, mas acredito muito nesse projeto e não gostaria
 de ver todo o nosso esforço (muito ínfimo da minha parte, mas sei que
 muitos já trabalharam bastante aqui) reduzido a nada por conta do
 destempero (apropriando-me da palavra utilizada pelo Nevio) de alguns (no
 plural porque não vem de uma única parte).

 Vinicius

 --
 From: nevinhoalar...@gmail.com
 Date: Tue, 22 Nov 2011 20:22:34 -0200
 To: wikimediabr-l@lists.wikimedia.org
 Subject: Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura,
 minha saída e censura interna.


 Me desculpe, João, mas devo dizer que entendo a revolta do Argenton. Dá
 pra entender o destempero dele diante da aparente aprovação das atitudes
 nada louváveis da sua contraparte lusitana.
 Névio


 Enviado do meu iPad

 No dia 22/11/2011, às 19:35, João jolo...@gmail.com escreveu:

 Sabe Rodrigo, é dificil entender  você.

 O que eu disse naquela mensagem que tanto lhe desagradou é que esta na
 hora de você repensar suas atitudes aqui neste grupo, pois você está
 prejudicando todo mundo com esse tipo de atitude.
 Não foi nenhuma agressão verbal, não sei o que você entendeu.
 Se foi oito minutos e meio depois da sua, foi por que foi ai que vi a
 mensagem, não por um complô ou por

Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-22 Por tôpico Jader Rodrigues Simões
Srs.

Acredito que todos concordaram com a carta de princípios, mas só para
lembrar:

Os voluntários da Wikimedia Brasil compartilham os seguintes valores:
O sonho de unir precede a iniciativa de afastar;
O gesto de compartilhar precede o interesse de apropriar;
A liberdade de criar precede a possibilidade de controlar;
A vontade de ouvir precede o ato de falar;
O desafio de compreender precede a oportunidade de criticar.

Uma reflexão mais profunda e sincera sobre esses valores pode mostrar o
quão infrutíferas são essas considerações, qualquer que seja o sentido
que tomem. 

É inacreditável como os princípios estão se perdendo por conta de
opiniões individuais que não coadunam com o espirito do trabalho a que,
enquanto grandes mentes, se propõe.

Peço humildemente, reconsiderem e hajam de acordo com aquilo a que se
propuseram. Infelizmente, o que tenho presenciado na lista não demostra
que todos estão alinhados com a proposta e isso é muito triste. Espero,
sinceramente, que esta não seja a realidade do grupo.

Jader Simões.


Em Ter, 2011-11-22 às 22:24 +, Béria Lima escreveu:
 Oh Nevio que eu fiz de tão horrivel assim que vale a pena o outro
 mandar as pessoas tomarem no **?
 _
 Béria Lima
 (351) 925 171 484
 
 Imagine um mundo onde é dada a qualquer pessoa a possibilidade de ter
 livre acesso ao somatório de todo o conhecimento humano. Ajude-nos a
 construir esse sonho.
 
 
 2011/11/22 Nevio nevinhoalar...@gmail.com
 Me desculpe, João, mas devo dizer que entendo a revolta do
 Argenton. Dá pra entender o destempero dele diante da aparente
 aprovação das atitudes nada louváveis da sua contraparte
 lusitana. 
 Névio
 
 
 Enviado do meu iPad
 
 No dia 22/11/2011, às 19:35, João jolo...@gmail.com
 escreveu:
 
 
 
 
  Sabe Rodrigo, é dificil entender  você.
  
  O que eu disse naquela mensagem que tanto lhe desagradou é
  que esta na hora de você repensar suas atitudes aqui neste
  grupo, pois você está prejudicando todo mundo com esse tipo
  de atitude.
  Não foi nenhuma agressão verbal, não sei o que você
  entendeu.
  Se foi oito minutos e meio depois da sua, foi por que foi ai
  que vi a mensagem, não por um complô ou por vingança de algo
  no passado, sem teorias da conspiração, please.
  Esse chororó de '' eu trabalho e me sacrifico, os outros são
  vagabundos'' não tem vez com voluntários, para com isso, 
  Eu que sei o tempo livre que tenho e o quanto disponibilizo
  para a wiki, o quanto eu trabalho para ganhar a vida, como
  vai minha saúde, etc. 
  Pode me xingar, mas não é você que vai me avaliar não.
  Mude, por favor. 
  
  Jo Lorib
  pt.wikipédia.org
  
  
  
  
  
  
  
  
  
  
  
  
  
  
  
  Em 22 de novembro de 2011 13:06, Rodrigo Tetsuo Argenton
  rodrigo.argen...@gmail.com escreveu:
  q.e.d. tem gente idiota nesse lugar, que gosta de
  ofender, mas esqueci
  que há pessoas mais idiotas,
  
 http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri/?comments_popup=5903#comment-22126.
  
  Foda-se, vou destratar todo mundo que eu não gosto,
  e mandar o Tom
  tomar no cu, então Tom vai tomar no cu, tenho muito
  o que fazer para
  ficar me preocupando se você gosta de mim ou não.
  
  Jo o mesmo pra você.
  
  Não sou de fazer política e estou engolindo todas as
  merdas que vocês
  falam. Acabou.
  
  Tem gente que consegue ser mais idiota que vocês e
  eu tenho um
  compromisso para que esses não estreguem o
  movimento.
  
  E Béria, se segure.
  
  ___
  WikimediaBR-l mailing list
  WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
  https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
  
  
  
  ___
  WikimediaBR-l mailing list
  WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
  https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
  
 
 ___
 WikimediaBR-l mailing list
 WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
 https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
 

Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-22 Por tôpico João Ribeiro
Que seja, Jader, que seja assim
*
Jo Lorib*
pt.wikipédia.org http://pt.wikipedia.org/wiki/Usu%C3%A1rio:Jo_Lorib



Em 22 de novembro de 2011 23:01, Jader Rodrigues Simões 
jrsim...@debianadmins.com.br escreveu:

 Srs.

 Acredito que todos concordaram com a carta de princípios, mas só para
 lembrar:

 Os voluntários da Wikimedia Brasil compartilham os seguintes valores:
O sonho de unir precede a iniciativa de afastar;
O gesto de compartilhar precede o interesse de apropriar;
A liberdade de criar precede a possibilidade de controlar;
A vontade de ouvir precede o ato de falar;
O desafio de compreender precede a oportunidade de criticar.

 Uma reflexão mais profunda e sincera sobre esses valores pode mostrar o
 quão infrutíferas são essas considerações, qualquer que seja o sentido
 que tomem.

 É inacreditável como os princípios estão se perdendo por conta de
 opiniões individuais que não coadunam com o espirito do trabalho a que,
 enquanto grandes mentes, se propõe.

 Peço humildemente, reconsiderem e hajam de acordo com aquilo a que se
 propuseram. Infelizmente, o que tenho presenciado na lista não demostra
 que todos estão alinhados com a proposta e isso é muito triste. Espero,
 sinceramente, que esta não seja a realidade do grupo.

 Jader Simões.


 Em Ter, 2011-11-22 às 22:24 +, Béria Lima escreveu:
  Oh Nevio que eu fiz de tão horrivel assim que vale a pena o outro
  mandar as pessoas tomarem no **?
  _
  Béria Lima
  (351) 925 171 484
 
  Imagine um mundo onde é dada a qualquer pessoa a possibilidade de ter
  livre acesso ao somatório de todo o conhecimento humano. Ajude-nos a
  construir esse sonho.
 
 
  2011/11/22 Nevio nevinhoalar...@gmail.com
  Me desculpe, João, mas devo dizer que entendo a revolta do
  Argenton. Dá pra entender o destempero dele diante da aparente
  aprovação das atitudes nada louváveis da sua contraparte
  lusitana.
  Névio
 
 
  Enviado do meu iPad
 
  No dia 22/11/2011, às 19:35, João jolo...@gmail.com
  escreveu:
 
 
 
 
   Sabe Rodrigo, é dificil entender  você.
  
   O que eu disse naquela mensagem que tanto lhe desagradou é
   que esta na hora de você repensar suas atitudes aqui neste
   grupo, pois você está prejudicando todo mundo com esse tipo
   de atitude.
   Não foi nenhuma agressão verbal, não sei o que você
   entendeu.
   Se foi oito minutos e meio depois da sua, foi por que foi ai
   que vi a mensagem, não por um complô ou por vingança de algo
   no passado, sem teorias da conspiração, please.
   Esse chororó de '' eu trabalho e me sacrifico, os outros são
   vagabundos'' não tem vez com voluntários, para com isso,
   Eu que sei o tempo livre que tenho e o quanto disponibilizo
   para a wiki, o quanto eu trabalho para ganhar a vida, como
   vai minha saúde, etc.
   Pode me xingar, mas não é você que vai me avaliar não.
   Mude, por favor.
  
   Jo Lorib
   pt.wikipédia.org http://pt.xn--wikipdia-f1a.org
  
  
  
  
  
  
  
  
  
  
  
  
  
  
  
   Em 22 de novembro de 2011 13:06, Rodrigo Tetsuo Argenton
   rodrigo.argen...@gmail.com escreveu:
   q.e.d. tem gente idiota nesse lugar, que gosta de
   ofender, mas esqueci
   que há pessoas mais idiotas,
  
 http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri/?comments_popup=5903#comment-22126
 .
  
   Foda-se, vou destratar todo mundo que eu não gosto,
   e mandar o Tom
   tomar no cu, então Tom vai tomar no cu, tenho muito
   o que fazer para
   ficar me preocupando se você gosta de mim ou não.
  
   Jo o mesmo pra você.
  
   Não sou de fazer política e estou engolindo todas as
   merdas que vocês
   falam. Acabou.
  
   Tem gente que consegue ser mais idiota que vocês e
   eu tenho um
   compromisso para que esses não estreguem o
   movimento.
  
   E Béria, se segure.
  
   ___
   WikimediaBR-l mailing list
   WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
  
 https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
  
  
  
   ___
   WikimediaBR-l mailing list
   WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
   https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
  
 
  

Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-22 Por tôpico Pietro Roveri
Acabei de ver que entrei para a lista, não do dedo na cara, mas do pé no peito.
http://br.wikimedia.org/w/index.php?title=Usu%C3%A1rio:Rodrigo_Tetsuo_Argentonoldid=17528
Abraços,

Pietro




 De: João jolo...@gmail.com
Para: Mailing list do Capítulo brasileiro da Wikimedia. 
wikimediabr-l@lists.wikimedia.org 
Enviadas: Terça-feira, 22 de Novembro de 2011 23:00
Assunto: Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha 
saída e censura interna.
 

Primeiro a resposta ao Nevio: Me espanta você dar guarida a esse tipo de 
comportamento do menino, acho que vc não leu tudo. não é tanto pelo palavrão, é 
mais por apontar o dedo na cara dos outros, não é função dele fazer isso, não é 
a primeira vez que ele faz isso. E a pergunta da Beria a você é pertinente: o 
que ela fez?

Vinicius, é bom ter você por aqui, conheço o seu trabalho na Wikipédia e fiquei 
contente com sua participação. 
Queria que mais gente da Wikipédia viesse e encontrasse uma recepção melhor que 
a dada a D.Luiza Teles, muito mai recebida. 
Espero que vir da W. não se torne demérito e não te atinjam com isso como 
fizeram com ela. 



Jo Lorib
pt.wikipédia.org
















Em 22 de novembro de 2011 21:07, Vinicius Siqueira vini_...@hotmail.com 
escreveu:

Tendemos a ser muito mais tolerantes com os nossos próprios erros do que com os 
erros dos outros. É muito fácil criticarmos os atos (ou não-atos) alheios e nos 
absolvermos de nossa própria culpa. Precisamos rever esse comportamento de modo 
a criarmos um ambiente realmente colaborativo, no qual reconhecer uma falha não 
seja tão agressivo ao nosso orgulho. É preciso aprendermos a pensar e a agir em 
grupo e deixarmos nossos interesses e picuinhas pessoais de lado.

Acredito que qualquer insatisfação com o comportamento de outro deve ser 
discutida de maneira respeitosa e proponha que busquemos, primeiro, resolver 
isso em particular para depois trazer nossa opinião para o grupo. Isso seria 
muito benéfico. Afinal, relevar tudo é difícil, desestimulante e contribui 
para a criação de um ambiente de desconfiança, de relações acabrunhadas, que, 
definitivamente, é incompatível com o projeto a que nos propomos. Além disso, 
devemos estar preparados para receber críticas (não trabalhamos sozinhos nem 
em benefício próprio e exclusivo) e para absorver a opinião do outro (sem 
prejuízo da própria vaidade) ou para justificar as nossas ações com cuidado e 
respeito. Esse é um projeto que, para mim, foi, sobretudo, de crescimento 
pessoal e não fosse pelas críticas, alertas e conversas sinceras que tive com 
diversos parceiros ao longo de todo o tempo que me dediquei à Wikipédia, não 
poderia ter sido tão
 produtivo em minha vida. 

Precisamos mudar a nossa maneira de interagir aqui para não trazermos ou 
perpetuarmos nesse projeto o estado de beligerância que se instalou na 
pt.wikipedia e que afastou tantos voluntários de lá. É certo que não queremos 
para nós o destino que a pt.wikipedia construiu para si e que hoje pode ser 
claramente percebido: fuga de bons usuários, ambiente refratário a novos 
voluntários, falta de estímulo para participar e uma série de outros fatores 
decorrentes da dificuldade dos usuários em conviver bem e em aceitar-se uns 
aos outros.

Não precisamos concordar em tudo, basta que saibamos respeitar as divergências 
e que debatamos com lucidez e clareza as nossas ideias com relação a 
determinado pensamento, prática, opinião etc. Não vamos nos render ao discurso 
fácil de culpar um ou outro pelos fracassos obtidos, já que somos incapazes, 
muitas vezes, de reconhecer o sucesso de alguém. Somos um grupo e o fracasso 
de um é o fracasso do grupo inteiro que não agiu a tempo de evitá-lo.

Por fim, sou da opinião de que excessos como os cometidos nos últimos e-mails 
não são justificáveis e não devem reincidir. Essas assertivas pessoais com 
conteúdo ofensivo e agressivo em nada contribuem. Só fizeram intensificar as 
minhas preocupações quanto ao rumo de nossas relações internas. Lembro que sem 
um grupo forte e unido não conseguiremos nada efetivo.

Desculpas pelo desabafo, mas acredito muito nesse projeto e não gostaria de 
ver todo o nosso esforço (muito ínfimo da minha parte, mas sei que muitos já 
trabalharam bastante aqui) reduzido a nada por conta do destempero 
(apropriando-me da palavra utilizada pelo Nevio) de alguns (no plural porque 
não vem de uma única parte).

Vinicius




From: nevinhoalar...@gmail.com
Date: Tue, 22 Nov 2011 20:22:34 -0200
To: wikimediabr-l@lists.wikimedia.org
Subject: Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha 
saída e censura interna.



Me desculpe, João, mas devo dizer que entendo a revolta do Argenton. Dá pra 
entender o destempero dele diante da aparente aprovação das atitudes nada 
louváveis da sua contraparte lusitana. 
Névio


Enviado do meu iPad

No dia 22/11/2011, às 19:35, João jolo...@gmail.com escreveu:


Sabe Rodrigo

Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-22 Por tôpico Rodrigo Tetsuo Argenton
João Ribeiro, não sei se finge de cego ou se não quer ver
http://br.wikimedia.org/wiki/Wikimedia:%C3%81gora#Exclus.C3.A3o_de_ferramenta
isso é que Béria tem feito, além de no email que você vem me dizer
para mudar de postura é mais uma coisa idiota que a sua adorada fez. E
pior, a mesma tinha acabado de travar uma discussão inútil,
desgastando dois voluntários, provocando o afastamento e atrasos nos
processos mais uma vez. Eu não atrasos processos, concluí hoje a
tradução do estatuto, fiz mudanças necessárias, então minha postura é
muito melhor do que a porcaria de postura que você defende, que você
alimenta, que você permite.

A Sra Teles foi muito bem acolhida, mas mandou para lista emails que
não tinham sentido algum, e quando foi indagada sobre o que estava
falando surtou e saiu. Depois houve comentários a respeito. Houve até
apoio da parte lúcida do email. Como isso é destrato eu realmente não
sei.

E Jader, :D ai ai, Jader, sabe quantos emails educados e pedidos
educados foram feitos para que a postura fosse contida, sabe que a
comunidade fez? Cagou e andou para os pedidos. Agora quando eu falo
cu, mando alguém tomar no cu, ai, bom ai eu sou apedrejado, atacado,
sabe quantas vezes a gente pediu que ela seguisse a carta ou seguisse
o rumo dela? Hehheheh ai ai, você não vai conseguir o que quer se
tiver ela de do grupo. Pode ver no histórico dessa lista, das listas
da Foundation, da Wikimedia Portugal, na Wikipédia, a postura a mesma,
e aqui, aqui o pessoal gosta de fazer merda e alimentar essa situação,
estão pouco se fudendo com a Carta. Em verdade, dois ou três levavam a
Carta a sério. Pode ver que eu mesmo tentei, coloquei pedaços da Carta
como argumentos para o afastamento da usuária problema, e o que
fizeram? Vieram falar que eu estava errado. Olhe esse primeiro link
deste email, eu não saiu atacando todo mundo, acusando o grupo de usar
a marca para autopromoção, digo para funcionários da WMF que eles são
demagogos, mentirosos, eu nunca disse que a Wikimedia Brasil estava
querendo virar uma ONG para lavar dinheiro, nunca acusei ninguém de me
excluir de um encontro, eu nunca roubei dinheiro destinado a ir no
evento, porque estava acusando de ser excluído, e destinei para
passeios particulares. Sabe, isso nem é metade da postura que o João
Ribeiro vem defendendo ao longo desses anos, e outros voluntários
também, que não afastam quem deveriam afastar, por ser um cancro no
grupo.

Ainda vem ser fazer de vítima, que que eu fiz de tão ruim, porra,
quer mais do que roubar, mentir, denigrir, difamar, ameaçar, atrasar
processos, acusar voluntários de homofobia, de crimes como lavagem de
dinheiro para pessoas que nem conhecem o grupo, e ainda eu sou o que
deve mudar de postura? Se é essa postura que querem, formem uma
quadrilha.


___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l


Re: [Wikimedia Brasil] Resposta ao pedido de revisão postura, minha saída e censura interna.

2011-11-22 Por tôpico Lucas Teles


Não entendo o motivo de tolerar tantos absurdos como a mensagem anterior. 
Mantenham um usuário disruptivo no grupo e perderão 50. O bom da Wikipédia é 
que se isso é feito por lá o bloqueio é imediato (menos que isso na verdade). 
Aqui parecem não ver problema com tamanha baixaria e até mesmo acusações de 
crime e ameaça de agressão. Se eu fosse moderador, teríamos um usuário a menos 
nessa lista agora mesmo. Ninguém é obrigado a aturar agressões daqueles que 
possuem dificuldades de relacionamento.

Teles



 Date: Tue, 22 Nov 2011 19:46:59 -0800
 From: rodrigo.argen...@gmail.com
 To: wikimediabr-l@lists.wikimedia.org
 Subject: Re: [Wikimedia Brasil]   Resposta ao pedido de revisão postura, 
 minha saída e censura interna.
 
 João Ribeiro, não sei se finge de cego ou se não quer ver
 http://br.wikimedia.org/wiki/Wikimedia:%C3%81gora#Exclus.C3.A3o_de_ferramenta
 isso é que Béria tem feito, além de no email que você vem me dizer
 para mudar de postura é mais uma coisa idiota que a sua adorada fez. E
 pior, a mesma tinha acabado de travar uma discussão inútil,
 desgastando dois voluntários, provocando o afastamento e atrasos nos
 processos mais uma vez. Eu não atrasos processos, concluí hoje a
 tradução do estatuto, fiz mudanças necessárias, então minha postura é
 muito melhor do que a porcaria de postura que você defende, que você
 alimenta, que você permite.
 
 A Sra Teles foi muito bem acolhida, mas mandou para lista emails que
 não tinham sentido algum, e quando foi indagada sobre o que estava
 falando surtou e saiu. Depois houve comentários a respeito. Houve até
 apoio da parte lúcida do email. Como isso é destrato eu realmente não
 sei.
 
 E Jader, :D ai ai, Jader, sabe quantos emails educados e pedidos
 educados foram feitos para que a postura fosse contida, sabe que a
 comunidade fez? Cagou e andou para os pedidos. Agora quando eu falo
 cu, mando alguém tomar no cu, ai, bom ai eu sou apedrejado, atacado,
 sabe quantas vezes a gente pediu que ela seguisse a carta ou seguisse
 o rumo dela? Hehheheh ai ai, você não vai conseguir o que quer se
 tiver ela de do grupo. Pode ver no histórico dessa lista, das listas
 da Foundation, da Wikimedia Portugal, na Wikipédia, a postura a mesma,
 e aqui, aqui o pessoal gosta de fazer merda e alimentar essa situação,
 estão pouco se fudendo com a Carta. Em verdade, dois ou três levavam a
 Carta a sério. Pode ver que eu mesmo tentei, coloquei pedaços da Carta
 como argumentos para o afastamento da usuária problema, e o que
 fizeram? Vieram falar que eu estava errado. Olhe esse primeiro link
 deste email, eu não saiu atacando todo mundo, acusando o grupo de usar
 a marca para autopromoção, digo para funcionários da WMF que eles são
 demagogos, mentirosos, eu nunca disse que a Wikimedia Brasil estava
 querendo virar uma ONG para lavar dinheiro, nunca acusei ninguém de me
 excluir de um encontro, eu nunca roubei dinheiro destinado a ir no
 evento, porque estava acusando de ser excluído, e destinei para
 passeios particulares. Sabe, isso nem é metade da postura que o João
 Ribeiro vem defendendo ao longo desses anos, e outros voluntários
 também, que não afastam quem deveriam afastar, por ser um cancro no
 grupo.
 
 Ainda vem ser fazer de vítima, que que eu fiz de tão ruim, porra,
 quer mais do que roubar, mentir, denigrir, difamar, ameaçar, atrasar
 processos, acusar voluntários de homofobia, de crimes como lavagem de
 dinheiro para pessoas que nem conhecem o grupo, e ainda eu sou o que
 deve mudar de postura? Se é essa postura que querem, formem uma
 quadrilha.
 
 
 ___
 WikimediaBR-l mailing list
 WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
 https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
  ___
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l