Prezado Leamartine

     Que esta encontre o ilustre, combativo e insigne batalhador em plena 
atividade
pela causa da democracia da nação brasileira!

      Declaro bem alto e com bom som, e para quem se dignar a me ouvir (ou 
melhor,
ler), que minha frase não tem patente. Pode usá-la como está (nesse caso,
aceito ser citado, para não fugir às responsabilidades), pode diminuí-la e
pode expandí-la (nesses casos, apreciaria que não se deformasse o sentido). E
quem construir outra frase, texto, artigo ou livro sobre ela, pode (eu diria,
deve) assiná-la como seu autor.

       Sua versão expandida está ótima e dentro de nosso espírito 
'denunciatório'.
Peço que a espalhe com seu próprio nome. Fica me devendo apenas 'um chopes e
dois pastel' quando eu for ao Rio, à guisa de inspirador.

        Aproveito para fazer algumas pequenas sugestões, no seu próprio texto -
creio que ficou um pouco mais didático.

        Abraço


        Walter Del Picchia - S.Paulo/SP

----------------------------------------------------
 COM OBSERVAÇÕES:

 UMA PIADA EM PORTUGAL

 A votação eletrônica no Brasil, além de fraudável, é uma agressão à
 inteligência do povo brasileiro.

 Obriga o eleitor a fornecer o seu título eleitoral para que o número seja
 registrado em um teclado diretamente ligado às urnas eletrônicas (que são
computadores fantasiados) [OS SINAIS ')' E '('  DEVEM FICAR GRUDADOS ÀS 
PALAVRAS]
antes dele votar naquela mesma urna, afirmando, descaradamente, que o voto é
secreto.

 É uma asneira tão grande, que os portugueses devem estar nos dando o troco e
 contando piadas de como o brasileiro é atrasado [OU BURRO, OU IDIOTA, OU .., 
POIS
ACHO 'ESTULTO' MUITO LITERÁRIO]

 Como se não bastasse, SUPRIMIRAM A IMPRESSÃO PARALELA DO VOTO, o que dificulta 
a
fiscalização dos candidatos, sob a alegação de que aqueles computadores 
fantasiados
são totalmente invioláveis (!!). Como resultado, o eleitor vê a foto do 
candidato
escolhido mas não sabe para quem foi seu voto. Evidentemente, só quem tem a
intenção de fraudar é que faz questão de eliminar as provas.

 Apenas um povo submisso e de nádegas flácidas, um verdadeiro rebanho de
 carneirinhos como o nosso, agüenta estas ofensas com total alienação e sem um
 pingo de revolta.

 (Leamartine)

=================================================================
> Estimado Professor Walter Del Picchia,
>
>
> Considerei esplêndida sua idéia de fazer um panfleto ridicularizando a
> configuração das Urnas Eletrônicas Atuais e sei que tiveras um trabalho
> danado para reduzir o texto ao mínimo possível.
>
>
> Contudo, em minha opinião particular, o deboche atrai o povo brasileiro à
> leitura integral do texto e, por conseguinte, creio que um texto mais
> completo continuaria atraente ao nosso povo e prestaria maior
> esclarecimento.
>
>
>  Portanto, sugiro um texto maior e mais elucidativo, como abaixo:
>
>
>
> UMA PIADA EM PORTUGAL
>
>
> A votação eletrônica no Brasil, além de fraudável, é uma agressão à
> inteligência do povo brasileiro.
>
>
> Obriga o brasileiro a fornecer o seu título eleitoral para que o número seja
> registrado em um teclado diretamente ligado às urnas eletrônicas (
> computadores fantasiados ) antes dele votar naquela mesma urna, afirmando,
> descaradamente, que o voto é secreto.
>
>
> É uma asneira tão grande, que os portugueses devem estar nos dando o troco e
> contando piadas de como o brasileiro é estulto.
>
>
> Como se não bastasse, SUPRIMIRAM A IMPRESSÃO PARALELA DO VOTO que extermina
> a possibilidade de uma fiscalização dos candidatos, sob a alegação de que
> aqueles computadores fantasiados são totalmente invioláveis. Resultado, o
> eleitor vê a foto do candidato escolhido mas não sabe para que foi seu voto.
> Evidentemente, só quem tem a intenção de fraudar é que faz questão de
> eliminar as provas.
>
>
> Só um povo submisso e de nádegas flácidas, um verdadeiro rebanho de
> carneirinhos como o nosso agüenta estas ofensas com total alienação e sem um
> pingo de revolta.
>
>
>
> ( Walter Del Picchia )
>
>
>
>
>
>
>
> Se me autorizares, farei a reprodução do panfleto para distribuí-lo com o
> Manifesto dos Professores durante o lançamento do livro no Rio de Janeiro.
>
>
>
> POR UMA URNA ELETRÔNICA REALMENTE SEGURA, subscrevo-me
>
>
>
> Atenciosamente,
>
>
>
> Leamartine Pinheiro de Souza
>
> 21 255708714 -  <mailto:[EMAIL PROTECTED]> [EMAIL PROTECTED]
>
> Rua Conde de Baependi 78, Ap 1310
>
> Flamengo, Rio de Janeiro, RJ
>
> 22231-140
>
>  De: [EMAIL PROTECTED] [mailto:[EMAIL PROTECTED] Em
> nome de Walter Del Picchia
> Enviada em: quarta-feira, 24 de agosto de 2005 02:05
> Para: voto-eletronico@pipeline.iron.com.br; [EMAIL PROTECTED]
> Cc: [EMAIL PROTECTED]; [EMAIL PROTECTED]
> Assunto: [Voto Seguro] Pensamento
>
>
>      Pessoal
>
>
>      Esse pensamento tem tido sucesso nos 'comícios' que tenho feito por aí
> sobre a
> nossa fraudável e 100% insegura urna eletrônica. Quem quiser pode usá-lo e
> sugiro ao Castelani incluí-lo em seu blog
> (http://spaces.msn.com/members/paulocastelani). Convido a cúpula do TSE a
> achar
> algum contra-argumento:
>
> ----------
> A votação eletrônica no Brasil, além de fraudável, é uma agressão à
> inteligência do
> povo brasileiro. Obrigar o eleitor a fornecer o número de seu título
> eleitoral e
> registrá-lo num computador (urna eletrônica), logo antes dele votar no mesmo
> computador, e afirmar que o voto é secreto, é uma asneira tão grande, que os
> portugueses devem estar contando como piada de brasileiro. Só um povo
> submisso, de
> nádegas flácidas e carneirinho como o nosso agüentaria uma ofensa dessas sem
> se
> revoltar (Walter Del Picchia).
> -----------
>
>      Abraço
>
>      Walter Del Picchia
>
>================================
______________________________________________________________
O texto acima e' de inteira e exclusiva responsabilidade de seu
autor, conforme identificado no campo "remetente", e nao
representa necessariamente o ponto de vista do Forum do Voto-E

O Forum do Voto-E visa debater a confibilidade dos sistemas
eleitorais informatizados, em especial o brasileiro, e dos
sistemas de assinatura digital e infraestrutura de chaves publicas.
__________________________________________________
Pagina, Jornal e Forum do Voto Eletronico
        http://www.votoseguro.org
__________________________________________________

Responder a