Tom, uma coisa é conversar sentados num bar, num certo grau de intimidade,
e outra conversar numa lista pública que impossibilita a comunicação
corporal e onde não é dado, unanimemente, o benefício da confiança.
De todo modo, não conheço o suficiente para achar certo ou errado. Mas se
quer saber o que acho sobre fundar um capítulo para formar uma comunidade,
posse dizer que acredito que haja um engano de estratégia. Abs

Em 11 de novembro de 2011 17:44, Everton Zanella Alvarenga <
everton...@gmail.com> escreveu:

> Em 11 de novembro de 2011 17:35, nevio carlos de alarcão
> <nevinhoalar...@gmail.com> escreveu:
> > A WMF utiliza diversos meios para encorajar o voluntariado off line. A
> OKF
> > fez ou vai fazer o mesmo?
>
> Névio, a OKFn Brasil está em formação e ainda não chegamos nesse nível
> de maturidade em que se encontra a WMF, nem mesmo a da Wikimedia
> Brasil, também em formação, mas que já tem uma comunidade ao seu
> redor, na minha opinião.
>
> Como falei, o mais importante, no momento, é formar uma comunidade em
> torno dos focos que eu propus e outras pessoas deram um ajuda.
> Inclusive, pode levantar justamente esse ponto se acha que começamos
> errado (acha?).
>
> Não conheço, na verdade, esses meios da WMF para os voluntários off
> line. Seria legal pegar um projero da OKFn específico e começar
> analisar como funciona. Uma coisa que sugeri no programa de
> embaixadores da Wikipédia, por exemplo, seria usarem estudantes de
> iniciação científica para ajudarem os professores que participarão do
> projeto.
>
> _______________________________________________
> WikimediaBR-l mailing list
> WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
> https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
>



-- 
{+}Nevinho
Venha para o Movimento Colaborativo http://sextapoetica.com.br !!
_______________________________________________
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l

Responder a