Oi, Sérgio.

Em 10 de março de 2013 09:26, Sérgio Storch <sergiosto...@gmail.com> escreveu:
> Tom, sou fã das soluções da Wikimedia e as divulgo.

Muito legal o seu entusiasmo.

> Mas não são as mais fáceis. Há dezenas de ferramentas wiki. Para uso em sala
> de aula, por exemplo, o Wikispaces é a mais popular. Para uso em gestão de
> projetos, as mais profissionais são o SocialText e o Atlassian Confluence.
> Para wiki-sites simples, o Google Sites é muito usado (chamava-se Jotspot
> antes de ser adquirido pela Google).

Estou ciente das dezenas de ferramentas wiki, veja

http://en.wikipedia.org/wiki/Comparison_of_wiki_software

http://www.wikimatrix.org/

> Continuo sustentando a defesa do Atlassian Confluence. É de uma empresa,
> sim, mas o código é aberto. E não acho que ser de uma empresa deva ser o
> fator predominante na escolha. Para nonprofits o licenciamento é gratuito. A
> maior vantagem é a rapidez com que se abrem e organizam as páginas.

Acredito que ser de uma empresa e de uma organização sem fins
lucrativos é um fator que pesa. Não deve ser o predominante, mas pesa.
Enquanto uma organização sem fins lucrativos pode ser uma visão e uma
missão alinhada com nossos propósitos, o objetivo de uma empresa (ou a
maior parte delas, ao menos), é maximizar o lucro de indivíduos. Por
exemplo, a Wikimedia Foundation tem "a missão da Fundação Wikimedia é
empoderar e engajar pessoas pelo mundo para coletar e desenvolver
conteúdo educacional sob uma licença livre ou no domínio público, e
para disseminá-lo efetivamente e globalmente." [1]

Já usei o confluence numa empresa que trabalhei. Eu era a pessoa que
mais documentava os projetos devido a experiência anterior com
plataformas wiki. Certa vez fui tentar editar e a licença havia
expirado. Tive que ficar anotando tudo no meu computador, até que meu
chefe voltasse de uma viagem - ele era o único com acesso a
administração do site. Para ser sincero, não vi muita vantagem do
ponto de vista técnico.

E uma das coisas legais no caso da Wikiversidade, que já vem sendo
usada por outras organizações sem fins lucrativos, é que é possível
temos o editor visual, que já vem sendo testado na Wikipédia em
inglês. [2] Portanto quanto mais gente usar os sistemas wiki da
Wikimedia Foundation, cuja missão, acredito, está alinhada com a
nossa, mais rápido será o progresso desse software.

[1] http://wikimediafoundation.org/wiki/Miss%C3%A3o

[2] 
http://blog.wikimedia.org/2013/01/28/help-us-test-and-investigate-visualeditor/


> Podemos formar um subgrupo para a análise funcional e técnica de ambos,
> wikiversity vs confluence, e decidir com base em um espectro maior de
> fatores.

Acredito ser bastante oportuno organizarmos uma oficina sobre o wiki,
mostrar que não é nenhum bixo de sete cabeças, como fizemos
recentemente em homenagem ao dia das mulheres. Vejam

http://blog.wikimedia.org/2013/03/08/wikipedia-editing-workshop-in-brazil-honors-international-womens-day/

A Fernando, que está de testemunho, em um dia de oficina conseguiu
fazer esse trabalho sensacional no verbete sobre o direito das
mulheres. Trabalho esse importantíssimo, pois veja a estatística de
acessos do verbete

http://stats.grok.se/pt/latest90/Direitos_da_mulher

Saltou em pouco tempo de pouco menos 100 acessos até um pico de
aproximadamente 1500, com uma melhoria considerável na qualidade. Quem
sabe se o grupo aprender numa oficina, via Wikiversidade, a superar
essa pequena barreira tecnológica da edição do wiki, não poderemos ter
gente contribuindo para melhorar a qualidade da Wikipédia lusófona.
Aliás, você melhorou os verbetes relacionados ao projeto que começou a
construir com os voluntários da Wikimedia Brasil, Sergio?

http://br.wikimedia.org/wiki/Conhecimento_%C3%A9_s%C3%B3_o_come%C3%A7o

Abraços,

Tom

-- 
Everton Zanella Alvarenga (also Tom)
OKFN Brasil - Rede pelo Conhecimento Livre
http://br.okfn.org

_______________________________________________
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l

Responder a