Luiz Augusto,

todas as suas reflexões são muito importantes, pois o que pretendo agora é
discutir o multilinguismo no ciberespaço em um dos capítulos de minha tese,
com o intuito de que as discussões sirvam como conteúdo para o debate sobre
o tema entre indígenas e demais envolvidos.
Tenho conhecimento de comunidades que poderiam editar wikis. Mas esse tema
deve ser melhor discutido pelas pessoas dessas comunidades.
Existem comunidades que falam a língua indígena e o português, outras que
falam somente a língua indígena e outras que buscam fortalecer a sua língua
indígena que encontra-se em estado de obsolescência. Ainda existem
comunidades que falam várias línguas indígenas e ainda o português. No
Brasil existem muitos escritores indígenas que podem escrever em português
e na língua indígena.

O foco que imagino ser interessante no momento seria abrir o debate com
participação dos indígenas. Realizei algumas buscas na wikipedia e
encontrei alguns registros de palavras indígenas e seus significados e
também de páginas e pessoas indígenas, como por exemplo:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_povos_ind%C3%ADgenas_do_Brasil
http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_l%C3%ADnguas_ind%C3%ADgenas_do_Brasil
http://pt.wikipedia.org/wiki/Azelene_Kaingang
http://pt.wikipedia.org/wiki/Caingangues

Sobre a escolha de quais saberes poderiam ser registrados em wiki isso irá
depender de cada comunidade, considerando as questões que você aponta sobre
a apoderação. O item 1 que você cita  (visão de mundo, história/trajetória
da população, crenças) imagino ser muito frutífero para o fortalecimento
das línguas indígenas, pois o ato de envolver as pessoas em um trabalho
colaborativo de escrita já seria uma forma de trabalhar a língua de maneira
funcional, em que as pessoas de "dentro da comunidade" poderiam ver a sua
língua na enciclopédia mundial (Wikipedia) e as de "fora da comunidade"
poderiam "reconhecer" ou "visualizar" a escrita daquelas línguas. O que não
implica a necessidade da língua ter de estar na wikipedia para ser
reconhecida como língua existente, obviamente. Seria um dos recursos de
fortalecimento.

Agradeço as suas contribuições e vamos continuar as discussões, abraço


Em 23 de março de 2014 19:27, Luiz Augusto <lugu...@gmail.com> escreveu:

> Olá, Chandra,
>
> Posso te fazer umas perguntas antes de tentar ajudar a responder as suas?
>
> Abraçar 274 idiomas de uma só vez eu imagino ser infelizmente impossível.
> Por conta disso, dentre esses 274 idiomas, você tem contato ou conhecimento
> com a comunidade de algum em específico que tenha predisposição e/ou
> estrutura pra editar em wikis?
>
> Esses com predisposição falam/escrevem "apenas" na língua indígena ou
> também em língua portuguesa?
>
> Mesmo escolhendo um ou mais idiomas, o trabalho continua homérico.
> Precisamos seguir na procura de um foco.
>
> As populações desses idiomas teriam predisposição (ou poderiam ter
> predisposição despertada) em que, exatamente? Em desenvolver uma
> enciclopédia com os saberes "ocidentais" em seu idioma local? Em registrar
> seus saberes específicos?
>
> O mais comum, até o momento, tem sido desenvolver enciclopédias
> "ocidentais" em idiomas locais. Não que isso seja exatamente o mais fácil
> ou recomendável (eu pessoalmente acho que não).
>
> Para efeitos desta conversação, vamos separar os saberes dessas populações
> em dois blocos (apesar de que, para eles, dificilmente exista essa
> separação):
>
> 1) Saberes que alguém tomar conhecimento não implique, necessariamente, na
> possibilidade de apoderações (visão de mundo, história/trajetória da
> população, crenças);
>
> 2) Saberes que alguém tomar conhecimento pode despertar vontade de
> apoderação (conhecimentos biomedicinais, estilos de artesanato, músicas).
>
> Esses do primeiro bloco eu imagino que seja mais fácil usar a Wikimedia
> como plataforma de registro. Esses do segundo bloco requerem alguma cautela.
>
> Independentemente de formas de licenciamento adotadas pela Wikimedia, o
> ato de registrar os saberes desse segundo bloco é uma forma de estabelecer
> comunicação. As próprias populações falarem com alguém sobre seus
> conhecimentos (um visitante, alguém que passe por etnógrafo etc) já abre
> margem para apoderações. Infelizmente eu não consigo, ao menos no momento,
> imaginar uma forma de comunicar/registrar tais saberes sem riscos de
> apoderações.
>
> Eu pessoalmente tenho condições de tentar te ajudar (e procurar ajuda a
> nível de voluntários Wikimedia) ou no que eu acho menos fácil e
> recomendável (enciclopédia "ocidental" em idioma local), ou nos saberes que
> listei do primeiro bloco.
>
> Esses do segundo bloco eu não tenho como tentar ajudar (a menos que seja
> algo como instalar wikis "dentro" de um centro de pesquisas/comunidade,
> acessível apenas a tal população), apesar de reconhecer a validade do tema
> e ter interesse pessoal em ver desdobramentos. Tenho minhas desconfianças
> se alguém da Wikimedia, voluntário ou não, conseguiria chegar em um nível
> mais adequado de ajuda para nosso segundo bloco.
>
> Luiz
>
>
> 2014-03-23 0:24 GMT-03:00 Everton Zanella Alvarenga <
> everton.alvare...@okfn.org>:
>
> Oi Chandra,
>>
>> sem responder suas interessantes perguntas, coincidentemente estava com
>> uma aba aberta aqui nesse texto, que acho que está conectado com a sua
>> pesquisa:
>>
>> Indigenous Peoples and the Commons, Preston Hardison (December, 2006)
>>
>> http://wo.ala.org/tce/wp-content/uploads/2008/10/ip-and-the-commons.pdf
>>
>> Eu não sei responder às perguntas de pronto, mas será que esse artigo
>> ajuda de alguma forma?
>>
>> Tom
>>
>>
>> Em 22 de março de 2014 23:15, Chandra Viegas 
>> <chandravie...@gmail.com>escreveu:
>>
>>> Olá para todos!
>>>
>>>
>>>
>>> Venho abrir um debate sobre a INCLUSÃO DAS LÍNGUAS INDÍGENAS BRASILEIRAS
>>> na Wikimedia. Conforme o último senso realizado pelo IBGE no ano de 2010 *a
>>> população indígena do Brasil é de 896,9 mil, tem 305 etnias e fala 274
>>> idiomas.*
>>>
>>>
>>>  A presença destas línguas no ciberespaço é de suma importância para o
>>> reconhecimento e para a valorização. As ações que envolvem esse processo de
>>> inclusão fazem parte da política linguística desejada no Brasil. Para que
>>> as línguas estejam no ciberespaço é importante que a elaboração de todo o
>>> conteúdo e da decisão de inclusão, ou não, envolva os respectivos falantes
>>> das comunidades. As pessoas das comunidades linguísticas podem fazer
>>> parcerias com universidades, escolas, laboratórios de informática, ou podem
>>> criar o conteúdo em suas próprias comunidades, ou onde se encontrarem. Para
>>> continuar o debate, já iniciado pelo Mateus Nobre com a língua
>>> *Nheengatu*, venho apresentar algumas reflexões e perguntas para os
>>> interagentes da lista. Observação: a Oona sugeriu que se começasse pela
>>> língua oral, incluindo vídeos, áudios e imagens na (
>>> commons.wikimedia.org*). e *propondo a transcrição colaborativa dos
>>> materiais. Seguem as questões:
>>>
>>> 1-    1-   Quais são as etapas necessárias para se incluir uma língua
>>> na wikimedia? Para incluir na wikipedia seria o mesmo procedimento? Lembro
>>> que li em algum lugar que era necessário ter uma amostra de textos. A
>>> intenção é incluir as línguas dentro do menu de opções.
>>>
>>> 2-    2-  Quais são as opções de direitos autorais das imagens, textos,
>>> vídeos? Já que alguns indígenas disseram que empresas já usaram imagens
>>> gráficas sem a permissão deles e outra preocupação é com os conhecimentos
>>> relacionados com as ervas medicinais, sementes, etc, que sofrem com a
>>> biopirataria, em que muitas vezes empresas internacionais ou nacionais
>>> registram a patente sem considerar a propriedade indígena.
>>>
>>> O  Observação: Pretendo incluir as discussões geradas aqui em minha tese
>>> de doutorado a ser defendida em maio, citando as respectivas contribuições
>>> de cada pessoa da lista.
>>>
>>> O    Abraços
>>>
>>> Chandra Wood Viegas
>>>
>>>
>>> _______________________________________________
>>> WikimediaBR-l mailing list
>>> WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
>>> https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
>>>
>>>
>>
>>
>> --
>> Everton Zanella Alvarenga (also Tom)
>> OKF Brasil - Rede pelo Conhecimento Livre
>> http://br.okfn.org
>>
>> _______________________________________________
>> WikimediaBR-l mailing list
>> WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
>> https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
>>
>>
>
> _______________________________________________
> WikimediaBR-l mailing list
> WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
> https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l
>
>
_______________________________________________
WikimediaBR-l mailing list
WikimediaBR-l@lists.wikimedia.org
https://lists.wikimedia.org/mailman/listinfo/wikimediabr-l

Responder a